Narrativas sobre a RDA

impressões dos catalogadores da UFMG

Autores

  • Paulo Marcelo Carvalho Holanda Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, Programa de Pós-graduação em Gestão & Organização do Conhecimento, Belo Horizonte, MG Brasil https://orcid.org/0000-0002-8351-0430
  • Cintia de Azevedo Lourenço Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, Programa de Pós-graduação em Gestão & Organização do Conhecimento, Belo Horizonte, MG Brasil https://orcid.org/0000-0002-2172-7300

DOI:

https://doi.org/10.26512/rici.v14.n3.2021.38550

Palavras-chave:

Resource Descripton and Access, RDA, Cataloguing, AACR-2

Resumo

Este artigo apresenta parte dos resultados de uma dissertação de mestrado com o objetivo de entender como os catalogadores das bibliotecas da UFMG percebem à RDA. É apresentada a fundamentação teórica e seu esboço para contrução do bloco temático sobre a Impressão geral da norma RDA, as categorias e subcategorias criadas, as narrativas e impressões dos catalogadores, tendo objetivos exploratórios, descritivos, qualitativos, bibliográficos, utilizando a entrevista semiestruturada e a análise de conteúdo. Os resultados apontam a limitação de entendimento de descrição de recursos da AACR2 em relação à RDA, limitação de entendimento da continuação da AACR2 com a RDA, pouco conhecimento dos grupos FRBR e da correspondência de dados RDA com outros esquemas de codificação. Esta pesquisa possibilitou entender como os catalogadores das bibliotecas da UFMG estão percebendo alguns aspectos da norma RDA, sendo necessário o conhecimento das regras, a necessidade de aprendizagem, estudo continuado da norma e sua demonstração prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Marcelo Carvalho Holanda, Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, Programa de Pós-graduação em Gestão & Organização do Conhecimento, Belo Horizonte, MG Brasil

Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Gestão e Organização do Conhecimento - PPG-GOC na Escola de Ciência da Informação da UFMG. Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Possui Pós-graduação, Lato Sensu, especialização em Gestão de Bibliotecas Públicas pela AVM Faculdade Integrada (AVM) em 06/2015. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Biblioteconomia.

Cintia de Azevedo Lourenço, Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, Programa de Pós-graduação em Gestão & Organização do Conhecimento, Belo Horizonte, MG Brasil

Bacharel em Biblioteconomia pela PUC de Campinas e concluiu o mestrado em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas em 1998 e o doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais em 2005. Atualmente é Professora Associada na Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais. Pesquisadora participante dos Grupos de Pesquisa: MHTX e RECRI. Atua na área de Ciência da Informação, com ênfase em Biblioteconomia, na área de Organização da Informação - Catalogação, Classificação do conhecimento e organização da informação na web.

Referências

ASSUMPÇÃO, F. S.; SANTOS, P. L. V. A. da C. Resource Description and Access (RDA): objetivos, características e desenvolvimento do novo padrão para descrição de recursos e acesso. 2009. Disponível em: http://docs.fabricioassumpcao.com/2009-assumpcao-santos-resource-description-and-access.pdf Acesso em 11 mar. 2019.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

BARBOSA, Alice Príncipe. Novos rumos da catalogação. Rio de Janeiro: BNG/Brasilart, 1978.

BIBFRAME: Bibliographic Framework Initiative. 2016. Disponível em: https://www.loc.gov/bibframe/docs/bibframe2-model.html Acesso em 07 fev. 2019.

CAVALCANTI, Larissa Andrade Batista. Recursos: Descrição e Acesso (RDA): uma análise dos elementos centrais, 2013. 106 f. Monografia apresentada ao curso de Biblioteconomia da Universidade de Brasília (UNB), 2013. Disponível em: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/7289/1/2013_LarissaAndradeBatistaCavalcanti.pdf Acesso em 31 ago. 2019.

CHEN, P. Modelagem de dados: a abordagem entidade-relacionamento para projeto lógico. Tradução de Cecília Camargo Bartalotti. São Paulo: Mcgraw Hill, 1990.

FIUZA, M. M. A catalogação bibliográfica até o advento das novas tecnologias. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, v. 16, n. 1, 1987. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/87034 Acesso em 29 ago. 2019.

LIBRARY OF CONGRESS. Bibliographic framework as a Web of data: Linked Data Model and supporting services. Washington, 2012. Disponível em: http://www.loc.gov/bibframe/pdf/MARCld-report-11-21-2012.pdf Acesso em 7 fev. 2019.

MARINGELLI, Isabel Ayres. LRM: Library Reference Model. Palestra proferida pela Sophia: Softwares para gestão de escola e bibliotecas. São Paulo: FESP, 2020. 1 vídeo (90 min.). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=C4D2b3qS0Og&t=3806s Acesso em: 7 dez. 2020

Metada Object Description (MODS): history. 2018. Disponível em: http://www.loc.gov/standards/mods/ Acesso em 26 maio 2018.

MEY, Eliane Serrão Alves. Introdução a catalogação. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1995.

MEY, E. S. A.; SILVEIRA, N. C. Catalogação no plural. Brasília: Briquet de Lemos, 2009.

OLIVER, Chris. Introdução à RDA: um guia básico. Brasília: Briquet de Lemos, 2011.

SILVA, Eliana Barboza de Oliveira; SERRA, Liliana Giusti; CASSARES, Norma Cianflone Cassares; VALENCIA, Maria Cristina Palhares. Conceituação e aplicação do novo padrão para descrição bibliográfica Resource Description and Access (RDA). Revista CRB-8 Digital. São Paulo, v. 1, n. 5, p. 113-123, jan. 2012. Disponível em: https://fabricioassumpcao.com/blog/wp-content/uploads/2012/02/conceituacao-aplicacao-padrao-rda.pdf Acesso em 03 set. 2019.

SIMIONATO, A. C. Representação, acesso, uso e reuso da imagem digital. 2012. 141 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2012. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/93646/simionato_ac_me_mar.pdf?sequence=1&isAllowed=y Acesso: 26 maio 2018.

SOUZA, Marcia Izabel Fugisawa; VENDRUSCULO, Laurmar Gonçalves; MELO, Geane Cristina. Metadados para a descrição de recursos de informação eletrônica: utilização do padrão Dublin Core. Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n. 1, p. 93-102, jan./abr. 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v29n1/v29n1a10.pdf Acesso em 14 jan. 2019.

STANECK, José Luiz Barroso. O uso do padrão “Metadata Object Description Schema” (MODS) na descrição de recursos musicais: aplicação a um conjunto de partituras de Francisco Mignone. 2007. Dissertação (Mestrado em Música) - Programa de Pós-Graduação em Música, Centro de Letras e Artes, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.repositorio-bc.unirio.br:8080/xmlui/handle/unirio/11859 Acesso em 03 abr. 2018.

Downloads

Publicado

2021-10-08

Como Citar

Holanda, P. M. C., & Lourenço, C. de A. (2021). Narrativas sobre a RDA: impressões dos catalogadores da UFMG. Revista Ibero-Americana De Ciência Da Informação, 14(3), 866–886. https://doi.org/10.26512/rici.v14.n3.2021.38550

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.