O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original, inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista;
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word ou OpenOffice;
  • URLs para as referências foram informadas quando possível;
  • Foi realizado o pagamento pela taxa de submissão (ver Diretrizes para Autores);
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Recomendamos a leitura atenta e completa das Diretrizes para Autores. O não cumprimento das normas editoriais a seguir descritas, implicará na rejeição do texto pela equipe editorial.

A revista Sustentabilidade em Debate (SeD), de caráter interdisciplinar, publica textos sobre a sustentabilidade em suas diversas dimensões. Seu objetivo é ampliar o debate científico sobre o desenvolvimento sustentável e criar um canal direto de pesquisa, nas mais variadas escalas territoriais, sobre temas afins, tais como: gestão ambiental, conflitos socioambientais, saúde e meio ambiente, governança ambiental, mudanças climáticas, tecnologias e processos produtivos sustentáveis.

Para submissão de textos, que devem ser inéditos e que não tenham sido objeto de submissões simultâneas a outras revistas, os autores devem observar as informações e normas descritas abaixo.

 TAXA DE SUBMISSÃO

 A partir de 01/01/2019, SeD passará a cobrar uma taxa de submissão dos trabalhos, no valor de R$ 150 reais, a ser depositada na conta da Produtora e Editora de Livros IABS EIRELI. Dados bancários:

Banco do Brasil

Ag 3129-1

C/c: 29.723-2.

CNPJ: 12.663.087/0001-66

O comprovante de pagamento deverá ser anexado como “documento suplementar”, no momento de submissão do trabalho. Esse pagamento é uma forma de contribuição para o funcionamento da revista, que é de livre acesso.

Obs: O não pagamento da taxa de submissão implicará em rejeição do processo de avaliação.

IDIOMAS

A partir do ano de 2018, SeD adotou a política de internacionalização, visto que, dentre os seus objetivos, pretende fazer com que os trabalhos publicados na revista se tornem cada vez mais visíveis e acessíveis a leitores de todo o mundo. Para implementar essa diretriz, a partir de 01/01/2019, os textos publicados serão majoritária e progressivamente em inglês.

Trabalhos em português, francês e espanhol serão, excepcionalmente, publicados, à escolha dos editores. De qualquer forma, textos aceitos para publicação, que não estejam em inglês, deverão ser traduzidos (por conta dos autores) para essa língua. Nesses casos, disponibilizaremos no site as duas versões, na língua original e na língua inglesa.

Obs: As traduções para o inglês dos artigos aceitos para publicação em SeD (em português, francês ou espanhol) deverão seguir o rigor acadêmico, ou seja, não aceitamos traduções feitas por softwares do tipo Google Translator. A má qualidade da versão em inglês poderá implicar em rejeição da publicação por parte dos editores da revista.

DECLARAÇÃO DE ÉTICA

Recomenda-se também a leitura da Declaração sobre ética e más práticas de publicação.

A autoria do artigo deve ser limitada àqueles que fizeram uma contribuição significativa para a concepção, desenho, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como coautores. Se outras pessoas participaram de certos aspectos substantivos do projeto de pesquisa, devem ser creditados ou listados apenas como colaboradores, em uma nota.

O autor correspondente deve garantir que todos os coautores estejam incluídos no local apropriado do manuscrito; deve garantir, também, que todos os coautores viram e aprovaram a versão final do documento e concordaram com a sua submissão para avaliação e eventual publicação em SeD.

No ato de submissão, devem ser fornecidos um resumo da biografia, o vínculo e afiliação institucional (indicando cidade, estado e país da instituição), endereços de e-mail de todos os coautores.

Uma vez recebido o manuscrito, os editores de SeD estabelecerão contato sobre o andamento do processo de avaliação com o autor correspondente.

TIPOS DE TEXTOS QUE PODEM SER SUBMETIDOS  

  • Textos que passam por avaliação anônima dupla: artigos, ensaios e resultados de pesquisa;
  • Textos que passam somente por avaliação da equipe editorial: resenhas, entrevistas, debates e galerias.

1) Textos que passam por avaliação interna (aceitação pelos editores, para início do processo de revisão por pares) e externa (double blind peer review)

Os textos em forma de artigos, ensaios ou resultados de pesquisa sobre o tema da sustentabilidade em suas diversas dimensões: ambiental, social, econômica, cultural, institucional e outras, quer sejam submetidos para dossiês temáticos, quer como textos da categoria Varia;

Nota 1: A respeito do ineditismo, SeD se dispõe a examinar trabalhos que tenham sido publicados em anais de eventos, desde que tal informação conste em nota associada diretamente ao título.

Nota 2: Os artigos científicos que envolvem pesquisas com seres humanos devem atender aos princípios e procedimentos da Comissão Nacional de Ética (CONEP) e do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), definidos nas Resoluções 466/2012 e 510/2016 do Conselho Nacional de Saúde/Ministério da Saúde.

2. Textos que passam apenas pela avaliação da equipe editorial de SeD:

2.1) Resenhas (ver orientações específicas abaixo);

2.2) Entrevista (geralmente associada a um dossiê temático)*. 

2.3) Debate (geralmente associado a um dossiê temático)*. 

2.4) Galeria de imagens*

 *Nesse casos, recomenda-se consultar os editores de SeD antes da elaboração do material e de sua submissão no sistema da revista (ver orientações específicas abaixo).

AUTORIA/AFILIAÇÃO
No caso de submissão de artigos, ensaios, resultados de pesquisa e resenhas, solicitamos que o primeiro autor tenha, no mínimo, o título de Mestre. Artigos submetidos em que o primeiro autor ainda não tenha essa titulação serão rejeitados pela equipe editorial.

No momento de submissão dos trabalhos, os autores (todos), nos campos apropriados do item "Metadados", devem informar, obrigatoriamente, a sua maior titulação e outras informações acadêmicas que considerem relevantes (local: Resumo da biografia), bem como a afiliação institucional, informando a cidade, o estado e o país da instituição (local: Instituição). No caso de texto multiautoral é preciso indicar qual o autor correspondente. 

Nota: Os autores são bem-vindos a assumirem também o papel de avaliadores na revista. No entanto, ressaltamos a necessidade de possuir o título de Doutor. 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

No momento de submissão do artigo, solicitamos, como requisito obrigatório, que sejam inseridas as referências bibliográficas utilizadas no texto.

DECISÕES DA COMISSÃO EDITORIAL

a) os trabalhos submetidos serão apreciados pelos editores executivos de SeD. Se tiverem potencial de publicação e fizerem parte do primeiro grupo de textos (artigos, ensaios e resultados de pesquisa), serão então encaminhados para pareceristas indicados pela Comissão Editorial, que emitirão pareceres por meio do sistema de avaliação anônima dupla (double blind peer review);

b) os autores serão notificados pelos editores de SeDsobre a aceitação ou recusa dos seus textos, com base nos pareceres recebidos;

c) eventuais sugestões de modificações de estrutura e/ou de conteúdo que se façam necessárias serão notificadas ao(s) autor(es), que se encarregará(ão) de fazê-las e de reenviar os textos no prazo etabelecido pela equipe editorial. A expectativa é de que os autores atendam a todas as exigências dos pareceristas e, quando não acharem a indicação pertinente, que justifiquem por escrito o não acatamento de alguma proposição. Caso o(s) autor(es) não se manifestem sobre as correções dentro do prazo estipulado, o trabalho será rejeitado e o processo de avaliação será arquivado.

d) não serão permitidos acréscimos ou modificações nos textos aceitos depois que o(s) autor(es) tiver(em) sido(s) informado(s) sobre a aceitação do trabalho.

 

NORMAS DE PUBLICAÇÃO

Todos os textos submetidos à SeD devem ser apresentados em formato eletrônico, digitados em processadores de texto, como Microsoft Word, ou compatível com ele.

SEÇÃO VARIA: ARTIGOS – ENSAIOS – RESULTADOS DE PESQUISA

a) Textos como artigos, ensaios e resultados de pesquisa, sempre inéditos, devem conter de 30 mil a 50 mil caracteres (incluídos os espaços). Essa contagem inclui a listagem bibliográfica, notas, anexos etc.

b) os títulos terão no máximo 20 palavras. Os autores devem escolher um título que expresse o conteúdo do trabalho e que possibilite a localização do texto em uma busca pela internet. Ele deve ser escrito apenas com a primeira letra em caixa alta. Não sendo nome próprio, as demais letras devem estar em caixa baixa (ver exemplo abaixo). Vale ainda ressaltar que os autores devem escrever o título na língua do texto e em uma segunda língua. Se o texto for escrito em português, o trabalho deve conter um título em português e inglês. Se o texto for escrito em inglês, francês ou espanhol, o autor deve inserir o título na língua do texto e sua versão em português;

O título deve ser colocado no texto do trabalho, digitado em fonte Arial, tamanho 16, destacado em negrito, alinhado à direita, com espaçamento simples entre as linhas. O título em inglês deve vir logo abaixo do título em português, também com tamanho 16, fonte Arial, mas sem negrito. Deve ser destacado com itálico;

Ex: 

Risco de retrocesso na legislação brasileira sobre o uso de agrotóxico 

The risk of backtraking on brasilian pesticide regulation

c) os textos devem estar digitados em fonte Arial, tamanho 12, com margens esquerda e superior de 3,0 cm e margens direita e inferior de 2,0 cm, e com espaçamento entre linhas de 1,5;

d) usar negritos para destacar palavras e trechos de textos; usar itálicos para palavras estrangeiras; usar sublinhados em endereços URL. Recomenda-se parcimônia no uso de negritos.

e) o texto deve ser submetido em cor preta e não deve conter subtítulos ou trechos em outras cores. 

f) o uso de numeração dos subtítulos não deve conter mais de dois níveis (ex.: 3.1). A partir desse nível, o(s) autores(s) devem usar subtítulos, digitados em itálico. A Introdução e a Conclusão devem ser numeradas.

g) a folha de rosto dos artigos, ensaios ou resultados de pesquisa deve conter: i) título; ii) para cada autor, nome, vínculo(s) institucional(is) (nome da instituição por extenso), maior titulação (obs: pós-doutorado ou curso em andamento não são titulações), cidade, estado, país e endereço eletrônico. Deve ser digitada em fonte Arial, tamanho 12. Se houver mais de um autor, o autor correspondente deve ser claramente identificado. Ele será o responsável pela submissão e por todos os contatos posteriores com os editores de SeD;

h) Resumo e Abstract (em inglês) dos artigos e ensaios devem ser digitados em fonte Arial, tamanho 12, justificados, com espaçamento simples entre as linhas, contendo de 100 a 150 palavras cada um. Eles devem ser inseridos na própria página do artigo. 

Obs.: Quando os resumos e abstracts forem traduzidos por softwares do tipo Google Translator, os textos submetidos serão imediatamente devolvidos ao(s) autor(es). Considerando o caráter científico da revista, as traduções devem acompanhar o rigor acadêmico. Vale ressaltar que muitos autores têm seus trabalhos rejeitados sumariamente quando não levam em consideração este aspecto. O Abstract não é uma mera formalidade, é o cartão de visita do texto aos que não leem em português; 

i) artigos e ensaios devem ser acompanhados por quatro a seis palavras-chave, escritas (em português e inglês), separadas por ponto e vírgula, digitadas em fonte Arial, tamanho 12, dispostas logo abaixo do Resumo e do Abstract, respectivamente. (Obs.: as palavras-chaves não são meras formalidades. Assim como o título e o resumo, são também cartões de visita do texto). Recomenda-se escolher termos que sejam ilustrativos do conteúdo do texto, como conceitos, lugares, métodos).

j) as ilustrações, tabelas, gráficos, figuras e similares devem ser enviados em arquivos individuais, separados do texto principal e dos demais componentes – em formatos como Jpeg ou Giff, com uma resolução mínima de 600 dpi. Os locais de inserção desses componentes devem estar assinalados no corpo do texto, onde devem constar também as respectivas legendas, autorias, títulos e fontes, digitadas em Arial, tamanho 10, com espaçamento simples entre as linhas. No caso de uso de imagens (fotos, mapas, gráficos) de outros autores, é preciso se certificar se são de domínio público ou solicitar autorização para a reprodução;

k) para as referências ou chamadas bibliográficas a serem colocadas no corpo do texto, SeD adota o sistema autor-data -página, também chamado de sistema parentético. A indicação da fonte é feita pelo último sobrenome do autor ou pelo nome por extenso da instituição responsável pela publicação, até o primeiro sinal de pontuação, seguido da data de publicação do documento (ano) e da(s) página(s) da citação (apenas nos casos de citações textuais). Os três componentes devem ser separados uns dos outros por vírgulas e devem estar entre parênteses. Vide os exemplos abaixo: 

 - Referência no texto, com citação direta:

Bobbio (1995, p. 30) nos lembra, ao comentar esta situação, que os “juristas medievais justificavam formalmente a validade do direito romano ponderando que este era o direito do Império Romano que tinha sido reconstituído por Carlos Magno com o nome de Sacro Império romano.”

- Referência na lista de referências:

BOBBIO, N. O Positivo Jurídico: lições de filosofia do direito. São Paulo: Ícone, 1995.

- Referência no texto, em paráfrase:

Merrian e Caffarella (1991) observam que a localização dos recursos tem um papel crucial no processo de aprendizagem autodirigida.

Vale lembrar que quando a referência aparecer no final do parágrafo, o(s) sobrenome(s) do autor(es) deve ser grafado em caixa alta e inseridos entre parênteses. Ex.: "(...). A localização dos recursos tem um papel crucial no processo de aprendizagem autodirigida (MERRIAM e CAFFARELLA, 1991).

 - Na lista de referências deve constar:

MERRIAN, S.; CAFFARELLA, R. Learning in adulthood: a comprehensive guide. San Francisco: Jossey-Bass, 1991.

 - Referência no texto, com citação direta:

“A comunidade tem que poder ser intercambiada em qualquer circunstância, sem quaisquer restrições estatais, pelas moedas dos outros Estados-membros” (COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS, 1992, p. 34).

 - Na lista de referências deve constar:

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPÉIAS. União Europeia. Luxemburgo: Serviço das Publicações Oficiais das Comunidades Europeias, 1992.

l) para compor a lista de referências bibliográficas, SeDadota o sistema alfabético, no qual as referências são reunidas ao final do trabalho e dispostas em ordem alfabética dos últimos sobrenomes dos primeiros autores de cada referência. As chamadas no texto devem obedecer às formas adotadas e descritas no item “k”. A lista de referências não deve ser numerada e deve seguir os exemplos abaixo, conforme Norma 6023 da ABNT, com os títulos sempre destacados em itálico:

 ARAUJO, U. A. M. Máscaras inteiriças Tukuna: possibilidades de estudo de artefatos de museu para o conhecimento do universo indígena. 1985. 102 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais). Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, São Paulo, 1986.

GURGEL, C. Reforma do Estado e Segurança Pública. Política e Administração, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 15-21, set. 1997.

KELLY, R. Electronic publishing at APS: its not just online journalism. APS News Online, Los Angeles, Nov. 1996. Disponível em: (site). Acesso em: 25 nov. 1998.

NAVES, P. Lagos andinos dão banho de beleza. Folha de S. Paulo, São Paulo, 28 jun. 1999. Folha Turismo, Caderno 8, p. 13.

ROMANO, G. Imagens da juventude na era moderna. In: LEVI, G.; SCHMIDT, J. (Org.). História dos jovens 2. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p. 7-16.

SOUZA, L. S.; BORGES, A. L.; REZENDE, J. O. Influência da correção e do preparo do solo sobre algumas propriedades químicas do solo cultivado com bananeiras. In: REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 21., 1994, Petrolina. Anais... Petrolina: EMBRAPA, CPATSA, 1994. p. 3-4. 

WEBER, M. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Pioneira, 1999.

Obs.: Mesmo que na bibliografia apareçam mais de uma obra do mesmo autor(a), solicitamos que o sobrenome e nome do autor seja escrito por completo. Evitar traços. Ex.

Evitar:
ZHOURI, A. Megaprojects, epistemological violence and environmental conflicts in Brazil. Waterlat-Gobocit Working Paper Series, v. 2, p. 1-109, 2015.

________.Mapping Environmental Inequalities in Brazil: mining, environmental conflicts and impasses of mediation. Desigualdades. Net Working Papers, v. 75, p. 1-39, 2014.

Utilizar:

ZHOURI, A. Megaprojects, epistemological violence and environmental conflicts in Brazil. Waterlat-Gobocit Working Paper Series, v. 2, p. 1-109, 2015.

ZHOURI, A. Mapping Environmental Inequalities in Brazil: mining, environmental conflicts and impasses of mediation. Desigualdades. Net Working Papers, v. 75, p. 1-39, 2014.

m) notas ao texto devem ser evitadas ao máximo. Quando forem usadas, devem ser exclusivamente explicativas e numeradas sequencialmente em algarismos arábicos. Devem ser dispostas ao final do texto (no formato de endnotes), antes das referências bibliográficas (não colocar como nota de rodapé).

n) a revisão ortográfica e gramatical dos originais submetidos deve ser feita pelos autores antes da submissão. Os editores se reservam o direito de rejeição sumária dos textos que tenham sido submetidos sem verificação prévia da qualidade ortográfica e gramatical;

o) os textos, devidamente formatados e revistos, devem ser encaminhados em arquivo digital à editoria de SeD, exclusivamente por meio do site da revista. Não serão aceitas submissões enviadas como anexos de mensagens de e-mail ou por via postal.

p) os editores de SeD estarão empenhados para informar os autores sobre a aceitação ou não de seus trabalhos no prazo de 90 dias. No entanto, esse prazo pode ser ampliado quando ocorrerem atrasos alheios à vontade dos editores. 

Para que possamos identificar os trabalhos submetidos à seção Varia, no momento de submissão, os autores devem escolher seção “Varia”.

SEÇÃO RESENHAS

As informações e diretrizes editoriais relacionadas às resenhas devem ser observadas tanto por aqueles que recebem convites de SeD para escrever resenhas, quanto por aqueles que pretendem submeter espontaneamente esse tipo de trabalho para a revista.

Informações gerais sobre as resenhas a serem publicadas em SeD

Tal como fazem muitas outras revistas científicas, SeD publica resenhas que comentam e avaliam livros, relatórios de pesquisa de grande impacto, materiais multimídia, softwares, filmes, DVDs etc. A sua utilidade reside na capacidade de sintetizar informações, apreciações críticas e comentários sobre obras representativas do campo da sustentabilidade. Boas resenhas ajudam pesquisadores a se informar sobre as obras avaliadas e a se decidir pela consulta direta delas. 

Elas devem resumir o escopo, o objetivo e o conteúdo da obra e, muito especialmente, o seu posicionamento dentro da literatura pertinente. Além disso, devem avaliar criticamente métodos, dados, abordagem, qualidade da escrita, organização textual e resultados das obras – ressaltando pontos fortes e fracos. Resenhas não devem criticar as obras pelo que elas não se propuseram a fazer, mas sim pelo alcance ou não dos seus objetivos expressos. 

As resenhas devidamente revistas e aprovadas pelos editores e autores serão publicadas na seção “Resenhas” de cada número de SeD. Estarão, tal como todo o conteúdo de SeD, sujeitos ao livre acesso via Internet, por meio do site da revista. 

Obras selecionadas para serem resenhadas

Livros e demais produções resenháveis são, em princípio, selecionados pelos editores e membros da equipe de produção editorial e de Conselho Científico de SeD. A escolha incide principalmente sobre produções novas e recentes (publicadas pela primeira vez até três anos antes da data corrente), com conteúdo pertinente à temática da sustentabilidade. Em alguns casos, reedições de textos de grande impacto podem ser selecionadas como objetos de resenhas. Produções com mais de três anos de publicação original não são consideradas recentes e dificilmente são selecionados. Obras antigas traduzidas de uma língua para outra podem até ter sido publicadas recentemente na segunda língua, sem ser, no entanto, produções recentes; por isso, em geral, traduções recentes de obras antigas não são selecionadas.

Convidado para escrever resenhas

 Professores e pesquisadores com doutorado, doutorandos e mestres podem ser convidados pela editoria de resenhas de SeD para resenhar obras selecionadas. Todas as resenhas assim encomendadas passarão pela avaliação dessa editoria, que tomará a decisão final sobre a publicação do texto, podendo inclusive solicitar aos resenhistas mudanças, cortes ou acréscimos, ou decidir pela sua não publicação.

Submissões voluntárias/espontâneas

SeD aceita submissões voluntárias, mas com algumas condições. As obras a serem assim resenhadas devem ser recentes e devem estar inseridas na temática da sustentabilidade. O autor da resenha, além de ter, no mínimo, o título de Mestre, deve ter uma experiência acadêmica com o tema da obra que pretende resenhar.

Recomendamos que os proponentes entrem em contato com a editoria de resenhas de SeD antes de escreverem a resenha. A editoria confirmará ou não o interesse da revista pela obra. Adicionalmente, os próprios autores de obras pertinentes podem propor, via e-mail para a editoria executiva de SeD, que elas sejam resenhadas. A editoria decidirá se a obra será resenhada e, em caso positivo, selecionará o resenhista e lhe enviará o convite. O mesmo vale para exemplares de obras enviadas diretamente por editoras. Nesses três casos, caso as obras indicadas sejam aprovadas, o resenhista, o autor ou a editora deverá enviar um exemplar da obra resenha ao endereço postal de SeD.

Formatação

a) As resenhas devem ter no máximo 12 mil caracteres (incluídos os espaços), em fonte Arial, tamanho 12, com margens esquerda e superior de 3,0 cm e margens direita inferior de 2,0 cm e com espaçamento entre linhas de 1,5;

b) o título da resenha (em português e inglês) deve ser diferente do título da obra e deverá aparecer no topo da primeira página, alinhado à direita, digitado em fonte Arial, tamanho 16, em negrito, com espaçamento simples entre linhas;

c) O nome e demais dados do autor(a) devem vir duas linhas abaixo do título da resenha, alinhado à direita, digitados em fonte Arial, tamanho 10, com espaçamento simples entre as linhas. Abaixo do nome completo do autor, deve-se inserir as seguintes informações: maior titulação do autor, afiliação institucional, cidade, estado e país da instituição e endereço eletrônico.

d) Na sequência, deve aparecer a referência da obra resenhada, justificada, em fonte Arial, tamanho 12, com espaçamento simples entre as linhas, de acordo com o modelo a seguir: 

Nome e sobrenome do autor. Título do livro - subtítulo. Local da editora, editora, ano da publicação. Número de páginas. [tradutor, quando houver]. Número de ISBN. Preço. Informar se constam bibliografia, notas, índice remissivo, figuras etc. Se a obra resenhada for uma tradução, fornecer os dados da edição original.

 SEÇÃO DOSSIÊ

 O Dossiê é composto idealmente de 5 seções, sendo estas: Artigos científicos, Entrevista, Debate, Galeria e Resenhas.

 Artigos Científicos

 SeD trabalha com um número mínimo de 5 a 6 artigos publicados por Dossiê. Isso significa que os editores convidados devem tentar assegurar pelo menos 8 a 10 submissões, pois há possibilidades de rejeições, atrasos e desistências. Cada artigo deverá ser avaliado por dois pareceristas, que deverão ser doutores e aprovados conjuntamente pelos editores convidados e pela equipe de SeD.

 Os artigos submetidos para o Dossiê devem seguir as mesmas regras editoriais especificadas para os artigos da seção Varia.

 Todo o procedimento – submissão de artigos científicos, convites aos avaliadores, envio dos artigos aos pareceristas e avaliação – deverá ser feito via site, com acompanhamento e apoio da equipe editorial da revista.

 Para que possamos identificar os artigos submetidos ao Dossiê, no momento de submissão, os autores devem escolher a seção “Dossiê”.

Entrevista

Em relação à Entrevista, a indicação do entrevistado(a) é feita pelos editores do Dossiê e as recomendações de SeD são as seguintes: (i) que seja alguém que não tenha participado recentemente de alguma publicação de SeD; (ii) que não seja autor, coautor ou avaliador de algum artigo previsto para o Dossiê.

Geralmente, a Entrevista é feita via e-mail, com perguntas escritas enviadas pelos editores convidados e respostas dadas por escrito pelo entrevistado. Mas, é possível também gravar a entrevista e transcrever. Fica a critério dos editores responsáveis.

Galeria

Galeria é composta por imagens originais e de qualidade (fotos, mapas, gráficos etc.) e por um texto científico (não muito longo), em portuguê e inglês, para acompanhar as imagens. Os editores do Dossiê devem sugerir um tema e ele deve ser complementar ao tema do Dossiê. A  autoria pode ser dos próprios editores convidados ou de alguém externo ao Dossiê.

Resenhas

Não são obrigatórias, mas podem enriquecer e dar mais lastro às demais seções. As resenhas para o Dossiê seguem as mesmas regras de submissão e publicação indicadas na seção Resenhas.

Prazos/cronograma

O Dossiê, com todas as suas seções, deve estar pronto um mês antes da publicação da edição. 

 

 

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.