Brasília

do desenho ‘utópico’ de cidade ‘harmoniosa’ ao pesadelo de metrópole desigual e segregadora de ‘periferias’

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.3958643

Palavras-chave:

Brasil, Brasília, Espaço urbano, Planejamento urbano, Zona urbana

Resumo

Este artigo analisa o projeto e desenho inaugural de Brasília como cidade nova, harmoniosa e coesa pela perspetiva crítica, tendo em vista o processo de afastamento e/ou expulsão do Plano Piloto não só de indígenas como doutras classes e grupos étnico-raciais marginalizados, designadamente migrantes operários originários doutros Estados, reais obreiros materiais da cidade monumental, originando a formação de cidades periféricas ‘desordenadas’, sem transportes adequados, sem infraestruturas e equipamentos mínimos e com condições habitacionais precárias. O projeto da cidade de Brasília como nova capital do Brasil, alegadamente construída para integrar o Centro-Oeste com o litoral e impulsionar o desenvolvimento, correspondeu à criação de condições duma nova fase de expansão agroindustrial e modernização capitalista do país mas implicando a reprodução de desigualdades socio-espaciais, o que exige indagar sobre os fatores exógenos e endógenos dos processos de dependência, subalternização e segregação socio-espacial das cidades-satélites e seus residentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manuel Carlos Silva, Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais, Universidade do Minho

Doutorado cum laude em Ciências Sociais, Culturais e Políticas na Universidade de Amesterdão, Diretor do Curso de Sociologia (1995-98) e do Departamento de Sociologia (2000-2002), Diretor do Centro de Investigação em Ciências Sociais na Universidade Minho (2002-2014), Presidente da Associação Portuguesa de Sociologia (2010-12), é professor catedrático e membro integrado do CICS.Nova_UMinho e professor visitante no CEAM da Universidade Nacional de Brasília. Distinguido com o Prémio Sedas Nunes pela obra sobre o campesinato “Resistir e adaptar-se” (Afrontamento 1998), coordenou projetos de investigação sobre relações interétnicas, toxicodependência, prostituição, desigualdades de género e habitação básica. Publicou, em (co)autoria, 25 livros, 66 capítulos de livros e 76 artigos em revistas nacionais e internacionais sobre o rural-urbano, desenvolvimento e desigualdades sociais (de classe, étnicas e género).

Maria de Fátima Rodrigues Makiuchi, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Universidade de Brasília

Bacharel em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986). Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993) e Doutora em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília (2005). Coordenadora do Observatório das Políticas Culturais (PPGDSCI/Ceam). Professora e pesquisadora da Universidade de Brasília. Integra o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (PPGDSCI). Possui interesse e atua nos seguintes temas de pesquisa: Políticas Públicas e Desenvolvimento (em particular políticas de educação e cultura), Participação Social e Redes Sociais Colaborativas.

Referências

BAPTISTA, Luís. Cidade e Habitação Social. Oeiras: Edições Celta, 1999.

BAPTISTA, Luís. Urbanização, ruralidade e suburbanidade: conceitos e realidades, In: C. BALSA (org.). Relações sociais de espaço: homenagem a Jean Remy. Lisboa: Colibri/Ceos, 2006. p. 55-66.

BARTH, Frederic. Ethnic Groups and Boundaries. The Social Organization of Cultural Difference. Oslo: Bergen/Tromso, 1980.

BECKER, Howard. Outsiders. Studies in the Sociology of Deviance. Nova Iorque: The Free Press, 1968.

BERTHOLINI, F.; RENNÓ, L. e CRUZ, B. Redes de Políticas e Políticos na Área Metropolitana de Brasília. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 137-151

BESSA, L. F. M. e BOULLOSA, R. F. A metrópole é uma só? Reflexões sobre a governança metropolitana de Brasília. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 121-135.

BESSA, L. F. M. e NASCIMENTO, W. M. Preto no Brano da política habitacional de Brasília: a intersecção das pautas étnico-raciais e de direito à moradia. In: SILVA, M.C.; BAPTISTA, L.V.; RODRIGUES, J. F. e VASCCONCELOS, A. M. (orgs). Espaço urbano e Habitação Básica como Primeiro Direito. Vila Nova de Famalicão: Húmus, 2020. p. 239-256.

BONETTI, Michel. Revalorisation des quartiers en crise: de la rehabilitation à la gestion urbaine integrée. Sociedade e Território, n. 20, p. 17-25, 1994.

BOURDIEU, P. La distinction. Critique sociale du jugement. Paris: Minuit, 1979.

BOURDIEU, P. Razões Práticas: Sobre a Teoria da Acção. Oeiras: Celta, 1997.

BOURDIEU, P. As estruturas sociais da economia. Porto: Campo de Letras, 2006.

BRANDÃO, Alexandre. Brasília Metropolitana – Desintegração ou não-Integração?. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 35-46.

CARMO, C. M.V.; HERNANDEZ, L. S. BISNETO, M.M.V. e MAKIUCHI, M. F. R. Concentração e Desigualdades: um olhar para a política de financiamento à cultura do Distrito Federal. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 227-240.

CAPARRÓS, Martín. El hambre. Madrid: Anagrama, 2015.

CASTELLS, Manuel. La cuestión urbana. Madrid: Siglo XXI, 1982.

CASTELLS, Manuel. Lutas urbanas e poder político. Porto: Afrontamento, 1976.

CHOMBART de LAUWE, P. H. A organização social no meio urbano. In: VELHO, O.G. (org). O Fenómeno Urbano. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1987. p. 114-133.

CODEPLAN. Projeções populacionais para as RAs do Distrito Federal 2010-2020. Brasília: Companhia de Planejamento do Distrito Federal, 2018. Disponível em: <http://www.codeplan.df.gov.br/demografia/>. Acesso em: 01 dez. 2019.

COSTA, António Firmino. Sociedade de Bairro. Dinâmicas Sociais da identidade cultural. Oeiras: Celta Editora, 1999.

COSTA, Lúcio. O urbanista defende a sua vivência. In: COSTA, L. (org) Registro de uma vivência. São. Paulo: Empresa das Artes, 1995.

COSTA, Lúcio. Governo do Distrito Federal. In: Brasília 57-85 (do plano piloto ao Plano Piloto). Brasília: GDF, 1985.

COSTA, Lúcio. Relatório do Plano Piloto de Brasília. Brasília: ArPDF/Codeplan/Depha, 1991.

CORSEUIL, C. H., FRANCA, M. e POLOPONSKY, K. Trabalho informal entre os jovens brasileiros: considerações sobre a evolução no período 2001-2013. In: SILVA, E.R.A. e BOTELHO, R.U. (orgs). Dimensões da experiência juvenil brasileira e novos desafios às políticas públicas. Brasília: Ipea, 2016.

CREENSHAW, Kimberlé. Race Reform and Retrenchment. Transformation and Legitimation in antidiscrimination Law. In: BACK, L. e SOLOMOS, J. (orgs), Theories of Race and Racism. Londres e Nova Iorque: Routledge, 2000. p.549-560.

CRUCES, G.; HAM, A. e VIOLAS, M. Scarring effects of youth unemployment and informality: evidence from Argentina and Brazil. Brasília: (?) (policopiado), 2012.

CRUZ, Bruno de O. Área metropolitana de Brasília e o mercado de trabalho. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019.

DAVIS, Angela. Mulheres, Raça e Classe. São Paulo: Boitempo, 2016.

DAVIS, Mike. Planeta favela. São Paulo: Boitempo, 2006.

DELGADO, Manuel. El espacio público como ideología. Madrid: Los Libros de la Catarata, 2010.

DEWEY, John. The Public and Its Problems. Nova Iorque: Henry Holt, 1927.

DIAS, T. S.; VASCONCELOS, A. M. N.; BARBOSA, L. C. S.;

MOURA, L. B. A. As juventudes da metrópole. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 275-290.

DURKHEIM, Émile. A Divisão Social do Trabalho. Lisboa: Presença, 1977.

ELIAS, Norbert. The Established and the Outsiders. Londres: Frank Cass e Co., 1965.

ENGELS, Friedrich. O problema da habitação. Lisboa: Estampa, 1975.

FARIA, Carlos Vieira. As Cidades na Cidade. Movimentos sociais urbanos em Setúbal, 1966-1995. Lisboa: Esfera do Caos, 2009.

FERREIRA, Vitor Matias. Os movimentos urbanos e o S.A.A.L.: a ambiguidade e os equívocos. A Ideia, n. 24, 1982. p. 17-34.

FERREIRA, I. C.B. O processo de urbanização e a Produção do Espaço Metropolitano de Brasília. In: PAVIANI, A. (org). Brasília, Ideologia e Realidade: o espaço urbano em questão. São Paulo: Ed. Projeto, 1985.

FERREIRA, I.C.B. e STEINBERGER, M. O modelo de gestão de Brasília e as Políticas Urbanas Nacionais. Cadernos Metrópole. Rio de Janeiro, n. 14, p. 63-83, 2005.

FURTADO, B. A., MATION, L.F. e MONASTERIO, L. Fatos estilizados das finanças públicas municipais metropolitanas brasileiras entre 2000 e 2010. In: FURTADO, B.A. ; KRAUSE, C. e FRANÇA, K.C.B. (orgs). Território Metropolitano, Políticas Municipais. Brasília: IPEA, 2013. p.291-311.

GANS, H. J. The Urban Villagers. Group and Class in the Life of Italian-Americans. Nova Iorque: The Free Press, 1962.

GASPAR, Jorge. Da observação de Lisboa: alguns apontamentos. Philosophica, n. 4, p. 47-58, 1994.

GOFFMAN, Erving. Estigma. Notas sobre a Manipulação da Identidade Deteriorada. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1988.

HALL, Edward T. A Dimensão Oculta. Lisboa: Relógio d’Água, 1986.

HANNERZ, Ulf. Explorer la ville. Paris: Minuit, 1983.

HARVEY, David. Urbanismo y desigualdad social. Madrid: Siglo XXI, 1977.

HARVEY, David. A condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1992.

HARVEY, David. O enigma do capital: E as crises do capitalismo. Lisboa: Bizâncio, 2011.

HOOKS, Bell. Racism and Feminism. In: BACK, L. e SOLOMOS, J. (orgs), Theories of Race and Racism. Londres e Nova Iorque: Routledge, 2000. p. 373-388.

IBGE. Coordenação de População e Indicadores Sociais. Projeções da População do Brasil e Unidades da Federação por sexo e idade: 2010-2060. Rio de Janeiro: IBGE, 2018.

IPHAN. Brasília, a cidade que inventei. Relatório do Plano Piloto de Brasília. Brasília: Instituto do Patrimonio Historico e Artistico Nacional, 2014. 3ª edição.

JATOBÁ, S. U. S. Brasília: até que ponto se fragmentou a utopia modernizante?. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 183-196.

KAGEYAMA, ngela. Alguns efeitos sociais da modernização agrícola. In: Verdades e Contradições. São Paulo: Caités, 1987. p. 99-123.

KOHL, Daniel. Os diferenciais previdenciários intraocupacionais no Brasil. 2008, 145 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Economia). Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

LEDRUT, Raymond. Sociologie Urbaine. Paris: PUF, 1968.

LEFEBVRE, Henri. Le droit à la ville. Paris: Anthropos, 1968.

LEFÉVRE, Christian. Gouverner les metrópoles. L’ improbable Gouvernement Metropolitain, Revue Sociologie et Sociétés, v. XLV, n. 2, 2013. p. 223-242.

LOPES, João Teixeira. Novas questões de sociologia urbana: conteúdos e «orientações» pedagógicas. Porto: Afrontamento, 2002.

LYNCH, Kevin. A imagem da cidade. Lisboa: Edições 70, 1982.

McCALL, Leslie. The complexity of intersectionality. Signs, v. 30, n. 3, p. 1771-1800. 2005.

MAKIUCHI, M. F. R.; RIBEIRO, M. e ARTEAGA, P. E. M. Política Cultural no Distrito Federal: Território, Descentralização e Participação. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 241-253.

MARX, Karl. O Capital. Lisboa: Delfos, 1974.

MATHIEU, Márcia R. de A. Brasília, é uma cidade só? O impacto das medidas preservacionistas do Plano Piloto na expansão dos espaços urbanos da área metropolitana de Brasília. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 197-209.

MOURA, L. B.A.; CRUZ, R. C. S.; BEZERRA, P. A.; BORGES, G. V. e VASCONCELOS, A. M. N. A Pessoa idosa na área metropolitana de Brasília: oportunidades e desafios. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 303-317.

NEWBY, Howard. Urbanización y estructura de clases rurales: reflexiones en torno al estudio de un caso. Agricultura y Sociedad, n. 14, p. 9-48, 1980.

NOCKO, Larissa e COITINHO, Renato C. Metrópole em tempos de crise: Finanças públicas na área metropolitana de Brasília. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p.73-91.

NOGUEIRA, Conceição. A teoria da interseccionalidade nos estudos de género e sexualidades: condições de produção de ‘novas possibilidades’ no projeto de uma psicologia feminista crítica. In: BRIZOLA, A.L. et al. (orgs). Práticas sociais, políticas públicas e direitos humanos. Florianopolis: Abrapso/Nuppe/CFH/UFSC, 2013.

OLIVEIRA, Francisco. A economia brasileira: crítica da razão dualista. Petrópolis: Vozes, 1987.

PAHL, R. E. The Rural-Urban Continuum. Sociologia Ruralis, v. VI, n. 3-4, p. 299-329, 1966.

PARK, Robert. A cidade: sugestões para a investigação do comportamento humano no meio urbano. In: VELHO, O. G. (org). O fenómeno urbano. Rio de Janeiro: Guanabara. 1987. p.26-67.

PAVIANI, Aldo. A metrópole terciária: evolução urbana socio-espacial. In: PAVIANI, A. (org), Brasília 50 anos: da capital a metrópole. São Paulo: Editora Universidade de Brasília, 2010.

PAVIANI, Aldo. Área Metropolitana de Brasília a integrar: o desafio do desemprego e da descentralização de atividades. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 47-58.

PAVIANI, Aldo. Crescimento urbano e espaço de pertencimento à Capital Federal. Correio Braziliense, Brasília, 11 mai. 2018. Caderno Opinião.

PEREIRA, Virgílio. Classe e culturas de classe das famílias portuenses. Classes sociais e ‘modalidades de estilização de vida’ na cidade do Porto. Porto: Afrontamento, 2005.

PEREIRA, Patrícia, BAPTISTA, Luís V. e NUNES, João Sedas. Editorial. Forum Sociológico, n. 21, 2011.p. 7-9

PERES, Janaína. L. P. e BESSA, Luiz Fernando. Brasília, capital-patrimônio: sinergia para o desenvolvimento sustentável. In: GIOMETI, A.B.R. e DAVID, C.M. (orgs). Um descortinar sobre patrimônio e desenvolvimento sustentável no século XXI, vol. I. Curitiba: Editora CRV, 2016. p. 231-252.

PERES, Janaína L. P. A cidade é uma só? Brasília e os perigos de uma resposta única. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019. p. 211-225.

PRONI, M. W. e GOMES, D. Precariedade ocupacional: uma questão de gênero e raça”. Estudos Avançados. São Paulo, v. 29, n. 85, p. 137-151, 2015.

QUEIRÓS, João P. No Centro, à margem. Estudo sociológico das intervenções habitacionais no centro do Porto e das suas consequências sociais. Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2014.

REMY, Jean e VOYÉ, Liliane. La Ciudad y la Urbanización. Madrid: Estudios de la Administración Local, 1976.

REZENDE, F. e GARSON, S. Financing metropolitan áreas in Brazil: political, institutio Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços nal and legal obstacles and emergence of new proposals for improving coordination. Revista de Economia Contemporânea, Rio de Janeiro, v.10, n. 1, 2006. p. 5-34.

RIBEIRO, Fernando Bessa, PORTELA, José e GERRY, Chris. A terra dos heróis: espaço urbano e vida comercial em Manjacaze (Moçambique). Análise Social, v. XLIV (4.º), n. 193, p. 825-847, 2009.

RODRIGUES, Fernando Matos e SILVA, Manuel Carlos. Cidade, Habitação e Participação. O processo SAAL na ilha da Bela Vista. Porto: Afrontamento, 2015.

SANTOS, Boaventura de Sousa. O Estado, o Direito e a Questão Urbana. Revista Crítica de Ciências Sociais, n. 9, p. 9-86, 1982.

SANTOS, Milton. Metamorfoses do espaço habitado. Fundamentos teórico e metodológico de Geografia. São Paulo: Hucitec, 1988.

SANTOS, Milton. A Natureza do Espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

SASSEN, Saskia. The Global City. Nova Iorque: Princeton University Press, 2001.

SCOTT, James. Domination and the Arts of Resistance: Hidden Transcripts. New Haven: Yale University Press, 1990.

SENNET, Richard. Capitalism and the City: Globalization, Flexibility and Indifference”. In: KAZEPOV, Y. (org.), Cities of Europe: Changing Contexts, Local Arrangements and the Challenge to Social Cohesion. Oxford: Blackwell, 2005. p. 109-122.

SILVA, José Graziano. A modernização dolorosa – Estrutura agrária, fronteira agrícola e trabalhadores rurais no Brasil. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.

SILVA, Manuel Carlos. Resistir e adaptar-se. Constrangimentos e estratégias camponesas no noroeste de Portugal. Porto:Afrontamento, 1998.

SILVA, Manuel Carlos. Dos modelos tradicionais a um olhar poliédrico sobre a cidade. Encontro Temático Intercongressos Cidades e culturas: novas políticas, novas urbanidades. Lisboa: Associação Portuguesa de Sociologia, 2004. p. 54-66.

SILVA, Manuel Carlos. Espaço, tempo e sociedade: alguns elementos de reflexão. In: BALSA, C. e FARIA, C. (orgs), A Cidade como Artefacto. Lisboa: Colibri e Universidade Nova de Lisboa, 2006. Em homenagem a Jean Remy

SILVA, Manuel Carlos. Socio-Antropologia rural e urbana. Fragmentos da sociedade portuguesa (1960-2010). Porto: Afrontamento, 2012.

SILVA, Manuel Carlos, BAPTISTA. Luís Vicente, RIBEIRO, Fernando Bessa, FELIZES, Joel e VASCONCELOS, Ana Maria Nogales (orgs). Espaço urbano e Habitação Básica como Primeiro Direito. Vila Nova de Famalicão: Húmus, 2021

SOROKIN, Pitirim e ZIMMERMAN, Carle. Principles of Rural-Urban Sociology. Nova Iorque: Henry Holt, 1929.

SOUSA, Aline Perfeito de. Desigualdades nas trajetórias entre meninos e meninas nos anos finais do ensino fundamental da Ride-DF: uma análise dos dados do Censo Escolar 2012-2016. 2017. v, 81 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.

THRIFT, Nigel e WILLIAMS, Peter. Class and Space. The Making of Urban Society. Londres: Routledge & Kegan Paul, 1988.

TOPALOV, Christian. Le logement en France. Histoire d’une merchandise impossible. Paris: Press de la FNSP, 1987.

VELHO, Octavio. Sociedade e agricultura. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.

VASCONCELOS, A. M. N.; FERREIRA, I. C. B.; MACIEL, S. B.; GOMES, M. M. F.; CATALÃO, I. Da utopia à realidade: uma análise dos fluxos migratórios para o aglomerado urbano de Brasília. In: Anais do XV Encontro Nacional de Estudos Populacionais. Caxambu: ABEP, 2006.

VASCONCELOS, Ana Maria Nogales et al. As crianças e adolescentes do DF: um retrato a partir do PDAD 2015. Brasília: Estudo Codeplan, 2017.

VASCONCELOS, A. M. N.; BARBOSA, L. C. S.; CRUZ, R. C. S. e MOURA, L. B. A. Marcadores de desigualdades no nascer e no crescer na Metrópole. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019a. p. 257-273.

VASCONCELOS, A. M.; PEREIRA, J.; e DUTRA, K. T. A vida adulta na metrópole e as desigualdades no mundo do trabalho. In: VASCONCELOS, A. M.; MOURA, L.; JATOBÁ, S.; CRUZ, R.; MATHIEU, M. e PAVIANI, A. (orgs). Território e sociedade: as múltiplas faces da Brasília metropolitana. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2019b. p. 291-301.

VASCONCELOS, A. M. N. A ocupação urbana e as políticas de habitação na área metropolitana de Brasília, Brasil. In: SILVA, M.C.; BAPTISTA, L.V.; RODRIGUES, F.M.; FELIZES, J. e VASCONCELOS, A.M. N. (orgs). Espaço urbano e Habitação Básica como Primeiro Direito. Vila Nova de Famalicão: Húmus, 2020. p. 223-238.

VELLOSO, M.S. e JATOBÁ, S. U. Novas áreas de centralidade e mobilidade urbana no Distrito Federal. Revista Brasília em Debate, n. 13, p. 9-15, 2016.

WALBY, Sylvia. Gender Transformation. Londres: Routledge, 1997.

WANDERLEY, Maria de Nazareth B. O mundo rural como espaço de vida: Reflexões sobre a propriedade da terra, agricultura familiar e ruralidade. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2009.

WCR (World Cities Report). Urbanization and development: emerging futures key findings and messages. Nairobi: United Nations Human Settlements Programme (UNHabitat), 2016.

WEBER, Max. Economy and Society I. California: University of California Press, 1978.

WIRTH, Louis. O urbanismo como modo de vida. In: VELHO, O. G. (org). O fenómeno urbano. Rio de Janeiro: Guanabara, 1987. p. 90-113.

ZUCKIN, Sara. Gentrification: Culture and Capital in Urban Core. Annual Review of Sociology, 13, p. 129-147, 1987.

Downloads

Publicado

2021-03-09

Como Citar

Silva, M. C., Macedo Bessa, L. F., Nogales Vasconcelos, A. M., Rodrigues Makiuchi, M. de F., & Bessa Ribeiro, F. (2021). Brasília: do desenho ‘utópico’ de cidade ‘harmoniosa’ ao pesadelo de metrópole desigual e segregadora de ‘periferias’. Revista Do CEAM, 6(2), 34–59. https://doi.org/10.5281/zenodo.3958643

Artigos Semelhantes

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.