Direito, emancipação e cidadania: a experiência do projeto Promotoras Legais Populares no embate à violência contra a mulher e na transformação de realidades

Autores

  • Bruna Santos Costa Universidade de Brasília
  • Fernanda Truite Pereira Lima Universidade de Brasília
  • Juliana Manhães Mendes Universidade de Brasília
  • Laura Carneiro de Mello Senra Universidade de Brasília
  • Luna Borges Pereira Santos Universidade de Brasília
  • Mariana Cintra Rabelo Universidade de Brasília
  • Renata Cristina de F. G. Costa Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Direito. Extensão. Empoderamento. Gênero.

Resumo

O artigo fala sobre o Projeto de Extensão Promotoras Legais Populares, grupo que debate e discute temas relacionados ao direito, à discriminação de gênero, cidadania etc. O objetivo primordial do grupo é fornecer às mulheres ”“ de diferentes contextos socioculturais ”“maior conhecimento e maior senso crítico sobre seus direitos, que são constantemente sobrepostos e esquecidos dentro de uma sociedade machista. O projeto se funda, principalmente, em três bases teóricas: na visão mais ampliada do direito, na educação jurídica popular e nas ações afirmativas em gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Santos Costa, Universidade de Brasília

Graduanda do curso deM Direito da UnB.

Fernanda Truite Pereira Lima, Universidade de Brasília

Graduanda do curso de Psicologia da UnB e bolsista do Programa de Ensino Tutoria- PET.

Juliana Manhães Mendes, Universidade de Brasília

Graduanda do curso de Psicologia da UnB e bolsista do Programa de Ensino Tutorial-PET. 

Laura Carneiro de Mello Senra, Universidade de Brasília

Graduanda do curso de Direito da UnB.

Luna Borges Pereira Santos, Universidade de Brasília

Graduanda do curso de Direito da UnB.

Mariana Cintra Rabelo, Universidade de Brasília

Graduanda do curso de Antropologia da UnB.

 

Renata Cristina de F. G. Costa, Universidade de Brasília

Graduanda do curso de Direito da UnB.

Referências

BANDEIRA, Lourdes e SIQUEIRA, Deis. A perspectiva feminista no pensamento moderno contemporâneo. In: Feminismos e Gênero. Revista Sociedade e Estado. V. VII/2, n. 3, p. 266. Brasília: UnB/
Depto. de Sociologia, 1997.
BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1988.
FARIA, Nalu. Para a erradicação da violência doméstica e sexual. In: SOF ”“ Sempre viva organização
feminista (org.) Feminismo e a luta das mulheres: análise e debates. P. 25. São Paulo: SOF, 2005.
FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? Tradução de Rosiska Darcy de Oliveira. 8. ed., p. 28. Rio
de Janeiro: Paz e Terra, 1985.
IPAS BRASIL. Rio de Janeiro, 1994. Disponível em: http://www.ipas.org.br/12direitos.html. Consultado dia 05/05/2009
LYRA FILHO, Roberto. Desordem e Processo. Porto Alegre: S. A. Fabris, p. 312. 1986.
PISCITELLI, Adriana. Reflexões em torno do gênero e feminismo. In: COSTA, Cláudia de Lima e SCHIMIDT, Simone P. (Orgs.). Poéticas e Políticas Feministas. P. 45. Florianópolis: Editora das Mulheres,
2004.
SANTOS, Boaventura de Sousa. A Universidade do Século XXI: Para uma reforma democrática e
emancipatória da Universidade. P. 28. São Paulo: Editora Cortez, 2004.
STRECK, Danilo R. José Martí e a Educação Popular: um retorno às fontes. P. 11-25. Disponível
em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022008000100002&lng=
pt&nrm=iso. Consultado dia 14/05/2009.
TOKARSKI, Carolina. A extensão nos cursos de direito à luz do humanismo dialético: a experiência do
Projeto Promotoras Legais Populares. P. 87-95-99. Monografia de final de curso. Basília: UnB, 2007

Downloads

Publicado

2011-12-21

Como Citar

COSTA, Bruna Santos; LIMA, Fernanda Truite Pereira; MENDES, Juliana Manhães; SENRA, Laura Carneiro de Mello; SANTOS, Luna Borges Pereira; RABELO, Mariana Cintra; COSTA, Renata Cristina de F. G. Direito, emancipação e cidadania: a experiência do projeto Promotoras Legais Populares no embate à violência contra a mulher e na transformação de realidades. Participação, [S. l.], n. 15, 2011. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/24473. Acesso em: 15 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos de desenvolvimento teórico

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.