Museus Pedagógicos e Museus Escolares na Itália:

da Unificação à ascensão do Fascismo (1861-1922)

Autores

  • Alberto Barausse Università degli Studi del Molise

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v8i16.25940

Palavras-chave:

História da educação. Museus Pedagógicos. Museus Escolares. Patrimônio histórico educativo. Itália.

Resumo

O artigo ilustra a origem e os desenvolvimentos da musealização em âmbito pedagógico e
escolar na Itália, no período entre a segunda metade do século XIX e as duas primeiras décadas do século XX. Durante este período, os museus da península italiana com caráter pedagógico e escolar foram promovidos no âmbito das mais numerosas iniciativas em nível mundial, baseadas nas ideias e nas práticas que
circularam através das exposições universais. A contribuição pretende destacar a diferente
natureza e finalidade dos museus oriundos da ação do Ministério de Instrução Pública, daqueles apoiados por universidades ou institutos escolares individuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2019-10-30

Como Citar

Barausse, A. (2019). Museus Pedagógicos e Museus Escolares na Itália:: da Unificação à ascensão do Fascismo (1861-1922). Museologia &Amp; Interdisciplinaridade, 8(16), 37–56. https://doi.org/10.26512/museologia.v8i16.25940

Edição

Seção

Dossiê Museus de Educação: histórias e perspectivas transnacionais