Chamada aberta: Epistemologia do romance: diálogos e aproximações teóricas (Cerrados 63 - 3/2023)

04-04-2022

Epistemologia do romance: diálogos e aproximações teóricas (Cerrados 63 - 3/2023)

Um dos elementos técnicos que constitui a teoria da Epistemologia do romance é a comparação literária, ou seja, a produção de estudos de Literatura comparada que relaciona a obra de um escritor com suas particularidades culturais, sociais e históricas. Buscando ultrapassar interesses situados exclusivamente no paralelismo entre obras ou em ações tradutórias, a teoria amplia seu espectro de comparação e alia o olhar investigativo à competências que visam lidar com aproximações e confrontações teóricas oriundas de questões nascidas a partir da experiência estética. O caráter epistemológico, valendo-se do corte bachelardiano (1996/2008), volta-se a um objeto não mais isolado e estático, mas profundamente ligado ao projeto estético de um escritor (conjunto de obra), significações (autoria e recepção), aproximações intertextuais diversas, entre outros. Ao assumir uma nova teoria, assume-se também os riscos intrínsecos às aproximações conceituais que isso implica, a fim de uma convergência de natureza especulativa: pensar filosoficamente questões da condição humana presentes no objeto literário e percebidas/interpretadas pela experiência estética.

O estranhamento de uma nova teoria no âmbito dos estudos literários não se encerra em seus limites disciplinares. Por transitar entre Estética, Epistemologia e Hermenêutica, a teoria da Epistemologia do romance também se aventura pelos caminhos de outros objetos, linguagens e disciplinas, ao retornar à gênese de sua ótica basilar, a Estética. Considerando que vem de uma mesma natureza epistemológica ligada aos estudos do belo e da Estética como disciplina filosófica (BAUMGARTEN, 1993), preocupada com questões referentes à experiência, a Epistemologia do romance procura lidar com concepções teóricas que contornam a Literatura e demais artes e possibilitam diálogos interdisciplinares.  A interação interdisciplinar atenta aos efeitos na relação com o objeto, intenta aproximações e explorações conceituais de natureza filosófica e da teoria literária que permitam um diálogo capaz de propiciar múltiplas formas de se pensar questões de Literatura e Filosofia, na perspectiva da estética e da hermenêutica contemporâneas, e de epistemologias refratárias, como a Epistemologia do Romance.

Levando em conta o profundo interesse em voltar-se ao lugar da teoria como ponto necessário para a pesquisa em literatura e, também, de outras artes, este dossiê busca por artigos que visam refletir questões literárias do tempo presente a partir de aproximações filosóficas, especialmente pensadas por uma perspectiva da Estética.  Assim, são bem-vindos artigos de cunho teórico e crítico que tragam estudos baseados na teoria da Epistemologia do romance, nos estudos comparados, nos estudos estéticos e demais diálogos filosóficos com a literatura.

 

  • Ao menos um dos autores da contribuição enviada deverá ter o título de doutor.
  • Revista Cerrados aceita textos em português, inglês, espanhol, italiano e francês.
  • A submissão precisa seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores - submissões em desacordo serão rejeitadas.
  • Lançamento previsto para dezembro de 2023

 

Prazo final para envio: 30/04/2023

 

Comissão Organizadora:

Ana Paula Aparecida Caixeta (VIS/POSLIT/UnB)

Maria Veralice Barroso (PPGµ/UnB)

Itamar Rodrigues Paulino (PPGSAQ/UFOPA)