Dossiê Justiça

Walter Benjamin, em um texto de 1921, cujo teor de complexidade já se enuncia na difícil tradução de seu título Zur Kritik der GewaltPara uma crítica da violência ou Crítica da violência – crítica do poder, pensa como se institui a ordem do direito:

"A justiça é o principio de toda instauração divina dos fins, o poder é o princípio de toda instauração mítica do direito". (Para uma crítica da violência, In: Escritos sobre mito e filosofia, 2011).

A Justiça, ordem divina dos fins, não se estabelece por um código de Direito, ordem violenta e mítica dos meios. Direito, poder e violência estão, portanto, imbricados. E a relação entre Justiça e Direito é problemática. Claro que a leitura é polêmica  – e aberta a contraposições –, mas não deixa de ser atual pensar qual a potência/poder – Gewalt – do Direito e da Justiça nos dias atuais.  Este número propõe investigar esse poder em suas múltiplas facetas.

Fotografia da capa: Marco Antonio Rodrigues, 2016.

 

Publicado: 2019-05-08