Desafios para a construção de dinâmicas para apropriação da metodologia de incubagem de empreendimentos sociais

  • Eliane Navarro Rosandinski Pontíficia Universidade de Campinas (PUC)
Palavras-chave: Inserção Produtiva, Capacitação, Incubadoras, Empreendedorismo

Resumo

Incubadoras de empreendimentos e o empreendedorismo caminham lado a lado, visto que as empresas, cada vez mais, necessitam de suporte inicial no seu nascimento formal e sua abertura para atuação em um mercado já consolidado. O presente artigo tem como objetivo apresentar e discutir os desafios e os resultados obtidos na primeira fase do projeto de extensão universitária que teve como objetivo capacitar os
funcionários da ONG Ação Forte de Campinas para atuarem como facilitadores no processo de incubação de empreendimentos sociais. O referido projeto de extensão foi elaborado para ser desenvolvido em dois anos. O primeiro ano foi dedicado às atividades de sensibilização dos funcionários da referida ONG quanto às vantagens e o potencial da entidade se tornar uma incubadora. O maior desafio foi justamente fazer a ponte
entre a teoria e a realidade vivida.Este primeiro contato com a nova dinâmica de trabalho revelou o conflito entre a base conceitual um pouco rígida e ligeiramente inadequada à realidade vivida pela entidade, visto que estava fundamentada nos princípios da cooperação e autogestão próprios à Economia Solidária. No entanto, como fruto do diálogo e da troca de experiências vivenciadas nas oficinas de capacitação, o conceito
e modelo utilizados na proposta de incubagem a ser oferecida pela ONG puderam ser adaptados e revistos. Sendo assim, a metodologia que norteou o processo de incubagem no segundo ano do projeto teve mais significado, pois foi construída a partir da realidade vivida pela entidade que lidaria com os empreendimentos (clientes).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-07
Como Citar
NAVARRO ROSANDINSKI, E. Desafios para a construção de dinâmicas para apropriação da metodologia de incubagem de empreendimentos sociais. Participação, v. 1, n. 31, p. 179-191, 7 dez. 2018.