A expectativa gerada com a publicação do dossiê “Arte do Carnaval” é, justamente, o cruzamento de aspectos que contracenam com a fixação da festa como um nicho artísticocultural cada vez mais largo e complexo, em razão de agregar à sua sistemática elementos tão heterogêneos entre-si. Nesse sentido, o conjunto de textos e ensaios fotográficos reunidos exploram planos que deixam pistas para o entendimento dos processos que ora redimensionam as certezas sobre as semânticas da arte, do artístico e do artista na cultura contemporânea. Ao mesmo tempo, consideradas as muitas abordagens mobilizadas nos diferentes textos do dossiê, tem-se um panorama sugestivo do quanto o exercício de produzir conhecimento sobre esses cenários/objetos/agenciamentos artísticos culturais introduzem não só remanejamentos nos quadros cognitivos já estabelecidos; igualmente, introduzem ferramentas analíticas e plataformas interpretativas que sinalizam para desenhos epistêmicos também novos.

DOI: https://doi.org/10.26512/cmd.v5i2

Publicado: 2018-09-01

Editorial

Edson Farias, Thais Marinho, Salete Nery, Bruno Couto

1-9

Apresentação Dossiê Arte do Carnaval

Ana Paula Alves Ribeiro, Andre Luiz Porfiro, Nilton Silva Santos

10-13