Estado, mercado e índices de sustentabilidade

Autores

  • Marina de Souza Sartore Universidade Federal de Goiás / Doutora

Palavras-chave:

Índices, Estado, Mercado Financeiro, Sustentabilidade, Sociologia da Ciência

Resumo

Este artigo consiste em um estudo teórico que tem por objetivo colaborar para a reflexão sobre a necessidade de uma nova abordagem sociológica no Brasil, que não apenas utilize os índices como instrumentos de análise para a pesquisa, mas que reflita sobre como a sociedade foi reorientada e reconfigurada a partir deles. Para delinear teoricamente esta nova linha de pesquisa, utilizo os trabalhos de Foucault, Hacking, Porter, Desrosières e Goede. Por fim, aponto o surgimento dos índices de sustentabilidade na esfera pública e, particularmente, na esfera financeira, vistos como possíveis elementos centrais para a compreensão das atuais configurações de poder na sociedade brasileira, a qual vem incorporando, cada vez mais, essas ferramentas de mensuração de diferentes aspectos da realidade social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina de Souza Sartore, Universidade Federal de Goiás / Doutora

Universidade Federal de Goiás.
Programa de Pós-Graduação em Ciência Política - UFG

Downloads

Publicado

29-02-2016

Como Citar

Sartore, M. de S. (2016). Estado, mercado e índices de sustentabilidade. Sociedade E Estado, 27(3), 631–651. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/sociedade/article/view/5686

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.