Ideologia, visões de mundo e práticas socioambientais no paisagismo

Main Article Content

Resumo

O artigo apresenta o paisagismo como prática socioambiental que expressa valores culturais e subordina-se a condicionantes ecológicos. Essa combinação revela relações entre sociedade e natureza e reflete visões de mundo predominantes. Interpretações sobre a realidade existem desde o início da história humana. Conceitos de ordem, racionalidade e controle impregnam o mundo ocidental, enquanto se manifestam no processo de urbanização e no paisagismo. A discussão estabelece um pano de fundo para a explorar o papel das visões de mundo na busca da cidade ideal e no paisagismo. Argumenta que diferentes modelos de paisagismo valorizam dimensões diferenciadas da realidade. Recentemente, o paisagismo evoluiu ao adotar princípios da ecologia e a compreensão ambiental. Ainda em construção, o paisagismo ambiental expressa muito das contradições da sociedade atual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Ideologia, visões de mundo e práticas socioambientais no paisagismo. (2011). Sociedade E Estado, 18(1-2). Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/sociedade/article/view/5017
Seção
Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.