INTERESSE, EXPERIÊNCIA, AUTOEFICÁCIA, AUTORREGULAÇÃO E CARGA COGNITIVA: IMPLICAÇÕES PARA A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DA FÍSICA

Autores

  • Marco Antonio Moreira Instituto de Física - UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.26512/rpf.v5i2.39872

Palavras-chave:

Ensino de Física. Aprendizagem Significativa. Variáveis afetivas e cognitivas.

Resumo

Este texto é a versão artigo de uma apresentação feita, em diapositivos, em dois congressos de Ensino de Física. Sua proposta é a de chamar atenção de professores (as) sobre a relevância de determinadas variáveis afetivas e cognitivas no processo ensino-aprendizagem da Física, na Educação Básica e Superior, independente de estratégias instrucionais. São destacadas variáveis como interesse, autoeficácia e carga cognitiva, entre outras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

Ausubel, D.P. (1963). The psychology of meaningful learning. New York, N.Y.: Grune and Stratton. 685 p.

Dewey, John (2015). Experience and Education. New York, N.Y.: Free Press. 91p. First edition 1938.

Dewey, John (2018). Democracy and Education. Gorham, ME: Myers Education Press. 386p. First edition 1916.

Renninger, K.A., Nieswandt, M., and Hidi, S. (Eds.) (2015). Interest in mathematics and science learning. Washington, D.C.: American Educational Research Association. 417p.

Bandura, A., Azzi, R.G, Polydoro, S. (2008). Teoria Social Cognitiva: conceitos básicos. Porto Alegre: Artmed. 176p.

Nascimento, L.C. (2016). Biografia Albert Bandura. Psicanálise. Grandes Temas do Conhecimento, n.23: 26 35.

Miller, G.A. (1956). The magical number seven, plus or minus two: some limits on our capacity for processing information. Psychological Review, 63(2):81-87.

Johnson-Laird, P. (1983). Mental models. Cambridge, MA: Harvard University Press. 513 p

Kalyuga, S. (2011). Schema acquisitions and sources of a cognitive load. In Sweller, J., Ayres P., and Kayluga, S. Cognitive Load Theory. New York, N.Y.: Springer. Pp. 48-64.

Sweller, J. (2011). Cognitive Load Theory, learning difficulty and instructional design. Learning and Instruction, 4:295-312.

Sweller, J. (1988). Cognitive load during problem solving: effects on learning. Cognitive Science, 12:257-285.

Plass, J.L., Moreno, R., and Brünken, R. (2010). Cognitive Load Theory. New York, N.Y.: Cambridge University Press. 275p

Downloads

Publicado

2021-09-21

Como Citar

ANTONIO MOREIRA, M. INTERESSE, EXPERIÊNCIA, AUTOEFICÁCIA, AUTORREGULAÇÃO E CARGA COGNITIVA: IMPLICAÇÕES PARA A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DA FÍSICA. Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 1–10, 2021. DOI: 10.26512/rpf.v5i2.39872. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rpf/article/view/39872. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos Convidados