CURVAS DE DISTRIBUIÇÃO DE DADOS SOBRE GERMINAÇÃO DO FEIJÃO: USO PARA ESTUDO SOBRE O FORMATADO DAS CURVAS DA PANDEMIA DE COVID-19

Autores

  • Raul Guilherme Batista Mendes Universidade Federal de São João del Rei

DOI:

https://doi.org/10.26512/rpf.v5i2.36833

Palavras-chave:

Física experimental. Curva de distribuição de dados. Covid-19. Ensino Médio.

Resumo

Este artigo descreve o uso de uma práticas experimental de fácil reprodução, a germinação de grãos de feijão, para a obtenção e análise comparativa entre grupos de dados experimentais obtidos de forma aleatória e sistematizada por alunos do ensino médio da rede pública. Estes grupos de dados foram interpretados através de curvas de distribuição de dados em forma de sino, distribuição normal e utilizados como referência comparativa para a interpretação de padrões de curvas de contaminados na pandemia por Covid-19. Ao final, o ganho em aprendizagem pelos alunos foi verificado através da aplicação de questionário com questões discursivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

Pereira, M. V. e Amaral, M. C. M., Atividades prático-experimentais no ensino de Física, Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v.34, n.1, pag.265, (2017).

Travers, R. M. W., Second handbook of research on teaching: A project of the American Educational Research Association,1973 Rand McNally.

Blosser, P. E., A Critical Review of the Role of the Laboratory in Science Teaching, 1980, ed. ERIC.

Grandini, N. A. e Grandini, C. R., Os objetivos do laboratório didático na visão dos alunos do curso de licenciatura em Física da UNESP-Bauru, Revista Brasileira de Ensino de Física, v.26, n.3, pag.251, ed. SciELO Brasil, (20014).

Blosser, P. E., Matérias em pesquisa de ensino de Física: O papel do laboratório no ensino de ciências, Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v.5, n.2, pag.74, (1988).

Fay, P. J., The history of chemistry teaching in American high schools, Journal of Chemical Education, v.8, n.8, pag.1533, ed. ACS Publications, (1931)

Takahashi, E. K. e Cardoso, D. C., Experimentação remota em atividades de ensino formal: um estudo a partir de periódicos Qualis A, Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v.11, n.3, pag.185, (2011).

Séré, M. G. e Coelho, S. M. e Nunes, A. D., O papel da experimentação no ensino da física, Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v.20, n.1, pag.30, (2003).

Alves, J. N., de Faria, B. L., Lemos, P. G. A., Costa, C. M. e Silva, C. S. e Oliveira, R. M. S. R., Ciências na pandemia: uma proposta pedagógica que envolve interdisciplinaridade e contextualização, Revista Thema, v.18, pag.184, (2020).

Vilela, D. C., Germano, J. S. E., Monteiro, M. A. A. e Carvalho, S. J., Estudo comparativo de um experimento de eletrodinâmica: laboratório Tradicional x Laboratório Remoto, Revista Brasileira de Ensino de Física, v.41, n.4, ed. SciELo Brasil, (2019).

OS NÚMEROS sobre a pandemia de coronavírus. [S. l.], 20 mar. 2020. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/os-n%C3%BAmeros-sobre-a-pandemia-de-coronav%C3%ADrus/a-52848559. Acesso em: 15 set. 2020.

Downloads

Publicado

2021-09-21

Como Citar

BATISTA MENDES, R. G. CURVAS DE DISTRIBUIÇÃO DE DADOS SOBRE GERMINAÇÃO DO FEIJÃO: USO PARA ESTUDO SOBRE O FORMATADO DAS CURVAS DA PANDEMIA DE COVID-19. Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 61–70, 2021. DOI: 10.26512/rpf.v5i2.36833. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rpf/article/view/36833. Acesso em: 8 dez. 2022.