Teologia da Libertação Latino-Americana

Camilo Torres

Autores

  • Samuel Silva Gotay Universidade de Porto Rico

DOI:

https://doi.org/10.21057/10.21057/repamv14n2.2020.34116

Resumo

Apesar da importância da igreja como fator social que opera na dinâmica das sociedades da América Latina, esta tem sido pouco estudada por nossos historiadores e cientistas sociais. O propósito deste ensaio (parte de um estudo sobre estes desenvolvimentos na década de 1960) é o de examinar o contexto em que afloram as ideias do sacerdote revolucionário Camilo Torres Restrepo, analisar sua teoria e sua teologia da revolução para entender suas consequências continentais, e examinar algumas das perguntas propostas por esse fenômeno à história e à sociologia da religião.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Samuel Silva Gotay, Universidade de Porto Rico

sociólogo porto-riquenho, professor na Universidade de Porto Rico (UPR) na Faculdade de Ciências Sociais de Río Piedras. Formado em Psicologia na UPR, mestre em Teologia e Sociologia da Religião na Universidade de Yale e doutor em Estudos Latino-Americanos pela Universidade Autônoma do México. Possui vários trabalhos sobre as relações da igreja com a sociedade latino-americana. Entre eles se conta com o intitulado O Apostolo e a Igreja e a pobreza em Porto Rico: Uma interpretação histórico-social. Conhece, amplamente, a discutida Teologia da Libertação que surge na América Latina, a partir da reunião do Conselho Episcopal Latino-Americano em Medellin, Colômbia. Publica a Bibliografia mínima da Teologia da Libertação

Downloads

Publicado

2020-12-04

Como Citar

Silva Gotay, S. . (2020). Teologia da Libertação Latino-Americana: Camilo Torres. Revista De Estudos E Pesquisas Sobre As Américas, 14(2), 1–21. https://doi.org/10.21057/10.21057/repamv14n2.2020.34116

Edição

Seção

Clássicos das Ciências Sociais Latino-Americanas