Desenvolvimento inicial do milho tratado com o preparado homeopático Nux vomica e submetido ao percevejo barriga-verde Dichelops melacanthus Dallas (Heteroptera: Pentatomidae)

Autores

  • Tatiani Alano Modolon Centro Universitário Barriga Verde - UNIBAVE
  • Vanda Pietrowski Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE
  • Luís Francisco Angeli Alves Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE
  • Ana Tereza Bittencourt Guimarães Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE

Palavras-chave:

Altas diluições, Homeopatia, percevejo barriga verde, inseto, crescimento

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar o desenvolvimento inicial de plântulas de milho tratadas com o preparado homeopático Nux vomicae submetidas ao percevejo Dichelops melacanthus. Nux vomica nas dinamizações 12, 36, 60 e 84 DH foi avaliado em três métodos de aplicação: pulverização, irrigação e tratamento de semente. No sexto dia após a última aplicação dos preparados, as parcelas réplicas foram submetidas ao estresse pelo percevejo D. melacanthus por 36 horas. Constatou-se que a irrigação foi o método de aplicação mais adequado para Nux vomica no milho. O preparado homeopático Nux vomica 36 DH, via irrigação, favoreceu o desenvolvimento inicial de parte aérea e de raízes das plantas de milho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-06-29

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.