A produção indigenista do espaço tutelar

Autores

  • Cristhian Teófilo da Silva Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.26512/interethnica.v13i1.11515

Palavras-chave:

Políticas indigenistas. territorialização.

Resumo

Partindo das discussões sobre poder, em particular as contribuições de Michel Foucault e Claude Raffestin no que tange, respectivamente, a uma arquitetura panóptica para o exercício do poder e a geografia do poder, esta comunicação visa problematizar os efeitos estatais que a constituição de terras indígenas pode produzir para os povos indígenas no Brasil, tornando necessário o diálogo mais estreito entre a Antropologia e a Geografia Humana e Econômica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristhian Teófilo da Silva, Universidade de Brasília

Professor do Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas (CEPPAC-UnB).

Referências

ADAMS, R. The second sowing. San Francisco: Chandler, 1967.

AGAMBEN, Giorgio. Homo Sacer: O poder soberano e a vida nua I. Tradução Henrique Burigo. 1ª reimpressão. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2004a.

AGAMBEN, Giorgio. Estado de Exceção. Tradução Iraci Poleti. São Paulo: Boitempo, 2004b [2003].

FOUCAULT, M. Microfísica do Poder. 11a edição. Rio de Janeiro: Graal, 1995.

OLIVEIRA, J. P. & ALMEIDA, A. W. Demarcação e reafirmação étnica: um ensaio sobre a Funai. In: OLIVEIRA, J. P. (org.) Indigenismo e territorialização. Rio de Janeiro: Contracapa, 1998.

RAFFESTIN, Claude. Por uma geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993.

RAMOS, A. Indigenism. Madison: The University of Wisconsin Press, 1998

Downloads

Publicado

2014-05-29

Como Citar

SILVA, C. T. da. A produção indigenista do espaço tutelar. Revista de Estudos em Relações Interétnicas | Interethnica, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 1–11, 2014. DOI: 10.26512/interethnica.v13i1.11515. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/interethnica/article/view/11515. Acesso em: 1 ago. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)