"O infinito estético", de Paul Valéry

Autores

  • Philippe Lacour Universidade de Brasília - UnB
  • Alice Ribeiro Braatz Universidade de Brasília - UnB
  • Elisa Maiby Carvalho Augusto Universidade de Brasília - UnB
  • Jade Oliveira Chaia Universidade de Brasília - UnB
  • Rogério Santos dos Prazeres Universidade de Brasília - UnB
  • Sèdjro Crédo Randal E. Zitti Universidade de Brasília - UnB
  • Marcos Vinicius de Magalhães Chagas Universidade de Brasília - UnB
  • Michelly Alves Teixeira Universidade de Brasília - UnB

DOI:

https://doi.org/10.26512/rfmc.v4i2.12556

Resumo

Tradução

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Philippe Lacour, Universidade de Brasília - UnB

Graduação em Filosofia pela Universidade de Paris-Sorbonne 4 (1993), "agrégation" em Filosofia (1995), mestrado em Filosofia pela Universidade de Paris-Sorbonne 1 (1997) e doutorado em Filosofia - Université de Provence Aix Marseille I (2006). Atualmente, é e Professor Adjunto na Universidade Federal de Brasilia (Epistemologia e Filosofia Geral), e pesquisador associado do Centro Internacional de Studo da Filosofia Francesa Contemporânea (ENS Paris). Publicou "Saudade do Individual" (Ed. Vrin, 2012), um ensaio sobre o racionalismo prático de Gilles-Gaston Granger". Sua experiência na área de filosofia volta-se, sobretudo, na perspectiva da razão prática (teoria normativa, epistemologia das ciências sociais, filosofia do linguagem), com ênfase na tradição hermenêutica e na filosofia francesa contemporânea (Ricoeur, Granger). Tem também experiência na área da tecnologia de tradução assistida por computador, com um projeto de plataforma digital de tradução colaborativa de precisão (TraduXio).

Alice Ribeiro Braatz, Universidade de Brasília - UnB

Graduanda em Filosofia pela Universidade de Brasília. Graduada em Direito pela Universidade de Brasília (2014).

Elisa Maiby Carvalho Augusto, Universidade de Brasília - UnB

Licencianda em Letras - Francês pela Universidade de Brasília. Atualmente integra o grupo de pesquisa Victor Hugo e o século XIX.

Jade Oliveira Chaia, Universidade de Brasília - UnB

Advogada colaboradora junto à Defensoria Pública do Distrito Federal. Graduanda em Filosofia pela Universidade de Brasília UnB (2016). Possui graduação em Direito pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB (2010/2014). Integrante do Grupo de Pesquisa Crítica e Direito Internacional C&DI. Integrante do Grupo de Pesquisa Justiça de Transição da UnB. Interesse em Direito Internacional, Direitos Humanos, Justiça de Transição, Filosofia Latino-Americana e Filosofia Política.

Rogério Santos dos Prazeres, Universidade de Brasília - UnB

Mestre em Filosofia pela Universidade de Brasília (2016), Especialista em Ética e Filosofia Política pela AVM Faculdades Integradas (2015), Graduado em Letras (Português / Inglês) pela Universidade Católica Dom Bosco (2012).

Marcos Vinicius de Magalhães Chagas, Universidade de Brasília - UnB

Graduando (Licenciatura) em Filosofia na Universidade de Brasília. Se interessa por Filosofia da Linguagem e História da Filosofia Contemporânea.

Michelly Alves Teixeira, Universidade de Brasília - UnB

Graduanda em Filosofia, desde os primeiros meses acompanhando atividades extra-curriculares e Grupos de Estudo com especialistas em diferentes linhas de pensamento nas áreas de História da Filosofia contemporânea, Filosofia Política e Estética.

Downloads

Publicado

21-05-2017

Como Citar

LACOUR, Philippe; BRAATZ, Alice Ribeiro; AUGUSTO, Elisa Maiby Carvalho; CHAIA, Jade Oliveira; PRAZERES, Rogério Santos dos; ZITTI, Sèdjro Crédo Randal E.; CHAGAS, Marcos Vinicius de Magalhães; TEIXEIRA, Michelly Alves. "O infinito estético", de Paul Valéry. Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 120–121, 2017. DOI: 10.26512/rfmc.v4i2.12556. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/fmc/article/view/12556. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Traduções

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)