A sociedade civil e os conflitos na construção dos megaeventos esportivos no Brasil

Autores

  • Silvia Cristina Franco Amaral Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Dirceu Santos Silva Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Marcel Ivan dos Santos Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Gabriel Rocha Vargas Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Palavras-chave:

Megaeventos esportivos, Direitos, Movimentos sociais, Remoção forçada

Resumo

O objetivo do artigo foi analisar a atuação e articulação da sociedade civil na resistência contra a remoção forçada das comunidades em localidades próximas às construções de equipamentos para os megaeventos esportivos. Tratou-se de uma pesquisa descritivo-interpretativa realizada em duas etapas: na primeira, coletaram-se dados nos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo (Estadão); e, na segunda, no Portal Popular da Copa e das Olimpíadas. Constatou-se que o processo de remoção forçada de comunidades tem ocorrido em diversas cidades sedes dos megaeventos esportivos, atingindo as camadas sociais menos favorecida da população. A sociedade civil tem se organizado pela Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa (Ancop), que reúne as ações dos comitês populares de cada cidade sede, utilizando diferentes formas de ação na luta contra a violação dos direitos. Os repertórios centrais são ocupações de prédios públicos, práticas de protestos, criação de dossiês, abaixo-assinados e postagens de vídeos em redes sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvia Cristina Franco Amaral, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Doutora em educação física pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), professora livre-docente da Faculdade de Educação Física da Unicamp.

Dirceu Santos Silva, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

doutorando em educação física pela Unicamp, mestre em educação física pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Marcel Ivan dos Santos, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Mestre em cultura e turismo pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), mestre em educação física pela Ufes.

Gabriel Rocha Vargas, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Mestre em educação física pela Unicamp.

Downloads

Publicado

10-03-2016

Como Citar

Amaral, S. C. F., Silva, D. S., Santos, M. I. dos, & Vargas, G. R. (2016). A sociedade civil e os conflitos na construção dos megaeventos esportivos no Brasil. Sociedade E Estado, 29(2), 637–660. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/sociedade/article/view/5904

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.