Cooperativas: uma possível transformação identitária para os trabalhadores do setor informal?

Autores

  • Christiane Girard Ferreira Nunes Universidade de Brasília (UnB)

Palavras-chave:

cooperativa; setor informal; trabalhador; identidade; laços sociais

Resumo

Buscamos, neste artigo, refletir sobre o impacto identitário e as dinâmicas que dele resultam a partir de diferentes formas de inserção no mundo do trabalho, mais especificamente, a partir da socialização dos trabalhadores do setor informal e das cooperativas. Consideramos, portanto, estes três elementos, que ressaltamos: os trabalhadores do informal que recebem entre um e três salários mínimos; os trabalhadores das cooperativas cuja remuneração se situa em torno do mesmo patamar; algumas noções para refletir sobre a identidade no trabalho e, por fim, os vínculos entre esses três elementos a fim de perceber as mudanças que se produzem numa parte importante do mundo que vive do trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Christiane Girard Ferreira Nunes, Universidade de Brasília (UnB)

Doutora, professora do Departamento de Sociologia da UnB. Agradecimentos a Tânia Cruz e a Isabel Pojo do Rego pela colaboração. Liandra Ribeiro, Helena A. Borges Correa, Gabriel Moura Peter colaboraram como estagiários de pesquisa.

Referências

Fayard, 1995

CASTEL, Robert; HAROCHE, Claudine. Prorpiété privée, propriété sociale, propriété de soi:entretien sur la construction de l'idividu moderne França : Faydard, 2001.

CAILLÉ, Alain. L'autre socialisme entre utilitarisme et totalitarisme. Revue du MAUSS, Paris, n. 16, 2000.

DIEESE. A situação do trabalho hoje. São Paulo, 2001.

DEJOURS, Christophe. Souffrance em France: la banalisation de l'injustice sociale Paris : Seuil, 1998.

_______. Conferências Brasileiras São Paulo : Fundap, 1999.

GAUJELAC, Vicent de. La névrose de classe Paris : Hommes et Groupe, 1987.

________. Le coût de l'excellence Paris : Seuil, 1996.

________. La lutte des places Paris : Desclée de Brouwer, 1996.

GODBOUT, J.; CAILLÉ, Alain. L'esprit du don. Montreal : Boreal Compact, 2000.

________. Le langage du don Montreal : Les Grandes Conférence, 1994.

________. Le don, la dette e l'identité Paris : La Découverte, MAUSS, 2000.

KJELD, Jakobsen; MARTINS, Renato; DOMBROWSKI, Osmir (Orgs). Mapa do trabalho informal São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2000.

LAUTIER, Bruno. Trabalho ou labor? Dimensões históricas e cuturais. Revista Ser, Trabalho e cidadania, Brasília, n. 5, jul./dez. 1999.

LAUTIER, Bruno; MIRAS, Claude de; MORICE, Alain. L'État et l'informel. Paris : L'Harmattan, 1991.

NUNES, Christiane Girard. Economia solidária em tempos sombrios. Revista SER, Brasília, 1999.

________Relatório: empreendimentos econômicos e solidários Brasília : UNITRABALHO, 2001.

POLANYI, Karl. A grande transformação Rio de Janeiro : Campus, 2000.

SENNET, Richard. A corrosão do caráter Rio de Janeiro : Record, 2000.

THEODORO, Mario; NUNES, Christiane Girard. Setor informal no DF: análise e desafios, relatório para a Secretaria do Trabalho do DF Brasília, 2001.

_________A população do Varjão: Programa Habitar Brasília.

Downloads

Publicado

12-08-2022

Como Citar

Nunes, C. G. F. . (2022). Cooperativas: uma possível transformação identitária para os trabalhadores do setor informal?. Sociedade E Estado, 16(01 e 02), 134–158. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/sociedade/article/view/44626

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.