ESTUDO DE CONCEITOS ASTRONOMICOS NO ENSINO MÉDIO COM A UTILIZAÇÃO DIDÁTICA DE MATERIAIS ALTERNATIVOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/rpf.v7i2.43322

Palavras-chave:

Astronomia, Conhecimento, Incentivo, Materiais Alternativos.

Resumo

A Astronomia era usada por muitos povos para buscar respostas para alguns fenômenos naturais, contribuindo para a organização cronológica da sociedade, períodos de plantações, desenvolvimento da navegação, entre outros. Contudo, a Astronomia é pouco abordada nas escolas do Brasil, pois a falta de estrutura adequada, a não obrigatoriedade no currículo das escolas, além de ser uma ciência que demanda o uso de métodos experimentais em sua aplicação, e isso contribui para que conceitos nessa área não sejam desenvolvidos. Este trabalho é resultante de uma pesquisa que objetivou mostrar uma didática com utilização de materiais alternativos e acessíveis para o estudo de tópicos de astronomia, que promovam o seu interesse, importância e emprego em sala de aula. Para realização do projeto foram usadas aulas desenvolvidas na Escola Militar Tiradentes “Cabo José Martins de Moura”, com estudantes do 1º ano do Ensino Médio. As aulas foram organizadas em forma de oficinas e realizadas no contraturno, sendo divididas em três etapas: aulas teóricas ou de apoio, construção dos experimentos e socialização dos experimentos, abordando conceitos de Astronomia. Como instrumento para a coleta de dados foi aplicado um questionário, contendo seis questões, para avaliar a importância das aplicações práticas e dos experimentos para a compreensão dos conceitos de Astronomia. Os resultados apontaram que os estudantes envolvidos no projeto apresentaram boa aceitação das atividades propostas, facilitando a compreensão de alguns tópicos da Astronomia, tais como: Leis de Kepler, Fases da Lua e Eclipses, bem como sua importância para o desenvolvimento da sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Devacir Moraes, Universidade Federal de Mato Grosso

Instituto Federal de Mato Grosso. Av. Vilmar Fernandes, 300 - Confresa, MT, 78652-000.

Giovane, Instituto Federal de Mato Grosso

Instituto Federal de Mato Grosso. Av. Vilmar Fernandes, 300 - Confresa, MT, 78652-000.

Livia, Instituto Federal de Mato Grosso

Instituto Federal de Mato Grosso. Av. Vilmar Fernandes, 300 - Confresa, MT, 78652-000.

Franco, Instituto Federal de Mato Grosso

Instituto Federal de Mato Grosso. Av. Vilmar Fernandes, 300 - Confresa, MT, 78652-000.

Walter, Instituto Federal de Mato Grosso

Instituto Federal de Mato Grosso. Av. Vilmar Fernandes, 300 - Confresa, MT, 78652-000.

Referências

ALEXANDRE, Luiz Antonio. A Influência de uma Sequência Didática Sobre as Concepções Alternativas dos Alunos Sobre Astronomia: Uma Análise a Partir do Uso do Stellarium. 2017. Disponível em: http://uniesp.edu.br/sites/_biblioteca/revistas/20170710084350.pdf . Acesso em: 12 out. 2019.

ALVES, Vagner Camarini; STACHAK, Marilei. A Importância De Aulas Experimentais No Processo Ensino Aprendizagem Em Física: “Eletricidade”. Disponível em: http://www.uenf.br/Uenf/Downloads/LCFIS_7859_1276288519.pdf . Acesso em: 05 nov. 2019.

ANDRADE, Tiago Yamazaki Izumida; COSTA, Michelle Budke. O Laboratório de Ciências e a Realidade dos Docentes das Escolas Estaduais de São Carlos-SP: s/i. Química Nova na Escola. São Paulo, v. 38, n. 3, p. 208-214, 2016. Sociedade Brasileira de Química (SBQ). Disponível em: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160029. Acesso em 17 de dez. de 2019.

ARAGÃO, G. B. et al. Construção do Telescópio de Baixo Custo para o Estudo de Astronomia. Revista Pratica docente. v. 4, n. 1, p. 242-253, jun./2019. Disponível em: file:///C:/Users/SD%20ARAG%C3%82O/Downloads/428-2080-1-PB.pdf . Acesso em: 23 set. 2019.

BARTELMEBS, R. C., Harres, J. B. S., & Silva, J. A. da. (2014). A Teoria da Abstração Reflexionante e a Hitória da Astronomia. Revista Latino-Americana De Educação Em Astronomia. (18), 73–88. Disponível em: https://doi.org/10.37156/RELEA/2014.18.073. Acesso em: 23 set. 2019.

BARRIO, R., López-Varea, A., Casado, M., de Celis, JF. Caracterização de dSnoN e sua relação com a sinalização decapentaplégica em Drosophila. Dev. Biol. 306 (1), 2007, p. 66-81

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Ensino Médio. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2019.

BRASIL. Orientações Educacionais Complementares aos Parametros Curriculares Nacionais (PCN+). Ciências da Natureza e Matemática e suas tecnologias. Brasília: MEC, 2006.

BRASIL. Orientações Educacionais Complementares aos Parametros Curriculares Nacionais (PCN+). Ciências da Natureza e Matemática e suas tecnologias. Brasília: MEC, 2002.

COSTA JUNIOR, Edio da; FERNANDES, Bruno da Silva; LIMA, Guilherme da Silva; SIQUEIRA, Andreza de Jesus; PAIVA, Jéssica Natália Miranda; SANTOS, Marina Gomes e; TAVARES, João Pedro; SOUZA, Taynara Vitória de; GOMES, Thaciara Marcela Ferreira. Divulgacão e ensino de Astronomia e Física por meio de abordagens informais. Revista Brasileira de Ensino de Física, [S.L.], v. 40, n. 4, p. 54011-54017, 14 maio 2018. Fap UNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1806-9126-rbef-2018-0051. Acesso em 20 de dez. de 2019.

FEITOSA, Murilo Carvalho; LAVOR, Otávio Paulino. Ensino de circuitos elétricos com auxílio de um simulador do PhET. Reamec - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S.L.], v. 8, n. 1, p. 125-138, 7 fev. 2020. Revista REAMEC. Disponível em: http://dx.doi.org/10.26571/reamec.v8i1.9014. Acesso em 09 de ago. de 2019.

FEIX, Everton Cristiano et al. A Importância da Física Experimental no Processo Ensino-Aprendizagem. s/i. Vivenciando A Integração. Santa Cruz do Sul, v. /, n. /, p. 1-2, 2012. Semanal. S/i.

FREIRE, Paulo; Teoria e Prática da Libertação, Porto: Nova Crítica (1° ed 1971, Paris).

LANGHI, Rodolfo; NARDI, Roberto. Educação em Astronomia: Repensando a formação de professores. 3. ed. São Paulo: São Paulo, 2012. S.i.

MILONE, André de Castro et al. Introdução À Astronomia e Astrofísica. 2003. Disponível em: http://staff.on.br/maia/Intr_Astron_eAstrof_Curso_do_INPE.pdf . Acesso em: 07 out. 2019.

RONQUI, Ludimilla; SOUZA, Marco Rodrigo de; FREITAS, Fernando Jorge Coreia de. A importância das atividades práticas na área de biologia. Revista científica da Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal – FACIMED. 2009. Cacoal – RO. Disponível em:http://www.facimed.edu.br/site/revista/pdfs/8ffe7dd07b3dd05b4628519d0e554f12.pdf. Acesso em 03 de ago. de 2019.

SEDUC-MT. Regimento Interno. Escola Estadual Da Policia Militar Tiradentes “Cb José Martins De Moura”. Confresa- MT, 2019.

SILVA, F.S.S.; MORAES, L.J.O; CUNHA, I.P.R. Dificuldades dos professores de biologia em ministrar aulas práticas em escolas públicas e privadas do município de Imperatriz-MA. Revista UNI, v. 1, p. 135-149, 2011.

VÍDEOS

SCARINCI, Anne Loise. Astronomia para docentes – XVII – Revisão fases da Lua. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=1ST8aLAkILo&t=15s. Acesso em 06 de ago. de 2019.

Ponto ciência- estações do ano. Disponível em:https://www.youtube.com/results?search_query=esta%C3%A7%C3%B5es+do+ano+EXPERIMENTO. Acesso em 06 de ago. de 2019.

Downloads

Publicado

2023-11-06

Como Citar

MORAES, Devacir; ARAGÃO, Giovane Barbosa Aragão; MILHOMEM, Livia Oliveira Milhomem; DELFINO, Franco Vinicius Delfino; NAKAEMA, Walter Morinobu Nakaema. ESTUDO DE CONCEITOS ASTRONOMICOS NO ENSINO MÉDIO COM A UTILIZAÇÃO DIDÁTICA DE MATERIAIS ALTERNATIVOS. Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 112–128, 2023. DOI: 10.26512/rpf.v7i2.43322. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rpf/article/view/43322. Acesso em: 25 abr. 2024.