Análise da produção ambulatorial de fisioterapia no SUS, Bahia, 2008-2014

Autores

  • Ítalo Ricardo Santos Aleluia Universidade Estácio de Sá
  • Naiane Sodré Faculdade de Tecnologia e Ciências
  • Andreza Barretto
  • Fabiane Costa Santos
  • Elzo Pereira Júnior

Resumo

Esse estudo objetivou analisar a produção ambulatorial de fisioterapia na Bahia entre 2008 a 2014. Trata-se de uma pesquisa ecológica de série temporal através de dados secundários brutos extraídos do Sistema de Informação Ambulatorial do SUS no período de 2008 a 2014. Considerou-se para análise estratos de comparação relativos ao Estado, macrorregiões de saúde, as modalidades de atendimento de fisioterapia e a esfera administrativa dos serviços. A produção dos dados considerou o cálculo de coeficientes de atendimento no período inicial e final e foram realizadas análises descritivas simples de cunho comparativo considerando as variações anuais e os estratos. Os resultados apontaram variações positivas e negativas nos coeficientes de atendimento nas regiões estudadas, com predomínio da produção ambulatorial em alterações musculoesqueléticas e participação significativa da iniciativa privada em todo o Estado. Salienta-se que as condições econômicas populacionais, a oferta de planos privados de saúde e mudanças no processo de regionalização expliquem as variações encontradas nos coeficientes. O perfil dos atendimentos reflete as mudanças no perfil epidemiológico do Estado e a predominância do setor privado remonta para uma conjuntura de contradição do direito à saúde, exigindo, portanto, ações regulatórias mais contundentes sobre os contratos e convênios celebrados com o SUS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ítalo Ricardo Santos Aleluia, Universidade Estácio de Sá

Mestre em Saúde Coletiva e Doutorando em Saúde Pública (ISC/UFBA). Especialista em Saúde Pública e Fisioterapeuta. Docente Adjunto da Faculdade de Tecnologia e Ciências. Salvador. Bahia. Brasil.

Naiane Sodré, Faculdade de Tecnologia e Ciências

Graduada em Fisioterapia. Faculdade de Tecnologia e Ciências. Salvador. Bahia. Brasil.

Andreza Barretto

Graduada em Fisioterapia. Faculdade de Tecnologia e Ciências. Salvador. Bahia. Brasil.

Fabiane Costa Santos

Mestre em Saúde Coletiva (ISC/UFBA) e Especialista em Auditoria de Sistemas e Serviços de Saúde (UFBA). Fisioterapeuta da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia e Docente da Faculdade de Tecnologia e Ciências e Universidade Salvador. Salvador. Bahia. Brasil.

Elzo Pereira Júnior

Doutorando em Saúde Pública (ISC/UFBA) e Mestre em Saúde Coletiva (PPSAC/UECE)

Downloads

Como Citar

1.
Aleluia Ítalo RS, Sodré N, Barretto A, Santos FC, Pereira Júnior E. Análise da produção ambulatorial de fisioterapia no SUS, Bahia, 2008-2014. Rev. G&S [Internet]. 30º de maio de 2017 [citado 6º de dezembro de 2021];8(2):254-69. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/3724

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)