Desafios da integralidade no campo da assistência fisioterapêutica no Sistema Único de Saúde

Autores

  • Ítalo Ricardo Santos Aleluia Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA).
  • Milene de Andrade Carvallho Universidade Estácio de Sá-RJ.

Resumo

A integralidade é uma diretriz do Sistema Único de Saúde (SUS) preconizada na legislação para que as ações e serviços de saúde sejam mais resolutivos. Apesar disso, tal diretriz tem vivenciado inúmeros desafios no que tange à sua compreensão, prática e consolidação no campo assistencial da Fisioterapia no SUS, dificultando as contribuições desta profissão para reorganização da atenção no sistema. Este trabalho trata-se de uma pesquisa exploratória, que teve como objetivo identificar os principais fatores que desafiam a consolidação da integralidade no campo da assistência fisioterapêutica. Dentre os fatores analisados, escolheu-se: influências da legislação profissional; históricas e acadêmicas; além, de questões relacionadas à inserção dos fisioterapeutas no SUS. Percebeu-se que inúmeros fatores desafiam a consolidação da integralidade no campo da fisioterapia e isto tem contribuído para que os profissionais, gestores e equipe de saúde desconheçam a importância e contribuições da Fisioterapia para a atenção primária, pois tal situação favorece uma atuação fragmentada, centrada na atenção terciária e, em grande parte, desvinculada de ações preventivas e de promoção da saúde, que possam de fato, atender às necessidades de saúde da população, conforme o conceito ampliado de saúde e modelo de atenção vigente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-07-2017

Como Citar

1.
Aleluia Ítalo RS, Carvallho M de A. Desafios da integralidade no campo da assistência fisioterapêutica no Sistema Único de Saúde. Rev. G&S [Internet]. 27º de julho de 2017 [citado 16º de outubro de 2021];3(2):464-79. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/117

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)