O papel da enfermagem e sua contribuição para a promoção do envelhecimento saudável e ativo

Autores

  • Flávia Cazarotto Rinaldi Bacharel em Enfermagem pela Universidade do Estado de Mato Grosso campus de Cáceres
  • Maria Elisa Carloni Campos Bacharel em enfermagem pela Faculdade de Quatro Marcos (FQM), Enfermeira assistencial do Hospital Regional de Cáceres Dr. Antônio Fontes; Docente auxiliar do Departamento de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso- UNEMAT campus de Cáceres.
  • Solange da Silva Lima Docente Auxiliar do Departamento de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso campus de Cáceres.
  • Frhancielly Shirley Souza Sodré Acadêmica de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso/UNEMAT campus de Cáceres.

Palavras-chave:

Enfermagem, Saúde, Saúde do idoso

Resumo

A longevidade adquirida por meio de melhor qualidade de vida da população tem obrigado o setor saúde a enfrentar alguns desafios para proporcionar aos idosos longos anos de vida saudáveis, o que tem levado as equipes de enfermagem das unidades básicas a não conseguir realizar uma assistência de modo adequada, uma vez que os profissionais se prendem apenas aos aspectos biológicos do envelhecimento, esquecendo que a população da terceira idade também possui uma vida social e afetiva. Esta pesquisa trata-se de uma revisão bibliográfica, e para sua elaboração foram pesquisados diversos artigos científicos na BIREME, SCIELO e LILACS (Literatura Latino Americana da Ciência da Saúde e do Caribe), além de condutas e diretrizes do ministério da saúde. Seu principal objetivo foi conhecer a atuação do enfermeiro na atenção básica que favoreça o envelhecimento saudável e ativo. Considerando a importância da promoção da saúde em nosso meio, o enfermeiro, enquanto membro de uma equipe multiprofissional possui um papel de extrema responsabilidade, o qual deverá estar devidamente qualificado para atender qualitativa e quantitativamente as necessidades individuais e coletivas de todas as pessoas, e em especial os da população idosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Cazarotto Rinaldi, Bacharel em Enfermagem pela Universidade do Estado de Mato Grosso campus de Cáceres

Bacharel em Enfermagem pela Universidade do Estado de Mato Grosso campus de Cáceres

Maria Elisa Carloni Campos, Bacharel em enfermagem pela Faculdade de Quatro Marcos (FQM), Enfermeira assistencial do Hospital Regional de Cáceres Dr. Antônio Fontes; Docente auxiliar do Departamento de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso- UNEMAT campus de Cáceres.

Bacharel em enfermagem pela Faculdade de Quatro Marcos (FQM), Enfermeira assistencial do Hospital Regional de Cáceres Dr. Antônio Fontes; Docente auxiliar do Departamento de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso- UNEMAT campus de Cáceres.

Solange da Silva Lima, Docente Auxiliar do Departamento de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso campus de Cáceres.

ministro aulas na disciplina de processo de cuidar: semiologia e semiotecnica ni curso de enfermagem. Tenho experiencia na área de urgencia e emergencia clínicas, gestão em saude e educação ambiental

Frhancielly Shirley Souza Sodré, Acadêmica de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso/UNEMAT campus de Cáceres.

Acadêmica de Enfermagem da Universidade do Estado de Mato Grosso/UNEMAT campus de Cáceres.

Publicado

2017-08-10

Como Citar

1.
Rinaldi FC, Campos MEC, Lima S da S, Sodré FSS. O papel da enfermagem e sua contribuição para a promoção do envelhecimento saudável e ativo. Rev. G&S [Internet]. 10º de agosto de 2017 [citado 20º de outubro de 2020];4(2):2326-38. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/262

Edição

Seção

Artigos de Revisão

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##