A ANÁLISE DE DISCURSO COMO INSTRUMENTO DA CRIMINOLOGIA CRÍTICA

Autores

  • Arthur Telles Borghi Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Análise de discurso. Criminologia crítica. Metodologia jurídica.

Resumo

O presente trabalho se destina a explorar a pertinência da utilização do método da análise de discurso ao desenvolvimento de pesquisas criminológicas adeptas ao paradigma radical. Objetiva, assim, oferecer um contato introdutório a essa metodologia e relacionar sua aplicação com a crítica criminal. Para tanto, após um panorama inicial sobre a análise de discurso e uma contextualização introdutória sobre algumas das principais premissas da criminologia crítica, com especial enfoque quanto à questão da reação social a essa perspectiva, delineiam-se potenciais intersecções entre ambos os campos, revelando-se, com isso, sua compatibilidade. Busca-se, então, ressaltar exemplos bem-sucedidos de sua utilização na abordagem crítica ao fenômeno criminal, concluindo-se, a partir disso, ser a análise de discurso ferramental de grande pertinência às premissas e aos objetivos das investigações criminológicas radicais. Sugere-se, finalmente, que sua utilização enquanto método empírico de aproximação à questão criminal seja estendida, amplificando sua intrínsecas potencialidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ANIYAR DE CASTRO, Lola. Criminologia da reação social. Rio de Janeiro: Editora Forense, 1983.

BARATTA, Alessandro. Criminologia crítica e crítica do Direito Penal. Rio de Janeiro: Editora Revan, 2002.

BORGES, Rosane da Silva. Ficção e realidade: as tramas discursivas dos programas de TV. Tese (Doutorado). Orientação: Prof. Dra. Jeanne Marie Machado de Freitas. Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. 2008.

CAPPELLE, Mônica Carvalho Alves; MELO, Marlene Catarina de Oliveira Lopes; GONÇALVES, Carlos Alberto. Análise de conteúdo e análise de discurso nas ciências sociais. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 5, n. 1, art. 6, 2003.

FERREIRA, Sonia Maria. A mídia e o MST: heróis e vilões na trama do discurso jornalístico. Tese (Doutorado). Orientação: Prof. Dr. Gaudêncio Frigotto. Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. 2012.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 2005.

RUSCHE, Georg; KIRCHHEIMER, Otto. Punição e estrutura social. 2ª ed. Rio de Janeiro: Editora Revan, 2004.

SANTOS, Juarez Cirino dos. A criminologia radical. Florianópolis: Tirant lo Blanch, 2018.

SANTOS, Juarez Cirino dos. Criminologia: contribuição para a crítica da economia da punição. Florianópolis: Tirant lo Blanch, 2021.

YOUNG, Jock. The tasks facing a realist criminology. Contemporary Crises, n. 11, 1987, p. 337-356.

ZAFFARONI, Eugenio Raúl. A questão criminal. Rio de Janeiro: Editora Revan, 2013.

Downloads

Publicado

07-12-2021

Como Citar

TELLES BORGHI, A. A ANÁLISE DE DISCURSO COMO INSTRUMENTO DA CRIMINOLOGIA CRÍTICA. Revista dos Estudantes de Direito da Universidade de Brasília, [S. l.], v. 1, n. 20, p. 106–121, 2021. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/redunb/article/view/39502. Acesso em: 19 ago. 2022.