A importância do projeto de extensão de atendimento a equinos (Projeto Carroceiro - UnB) para o bem-estar animal, a saúde coletiva e a formação universitária durante o período da pandemia de COVID-19

Autores

  • José Eduardo Lemes da Silva
  • Marcos Vinícius Nobre Leitão Graduando em Medicina Veterinária (FAV), Universidade de Brasília (UnB)
  • Laura Jaramillo Garcia Graduando em Medicina Veterinária (FAV), Universidade de Brasília (UnB)
  • Leandro Gomes Luz Rosa Graduando em Medicina Veterinária (FAV), Universidade de Brasília (UnB)
  • Rafael Torres Serpa Graduando em Medicina Veterinária (FAV), Universidade de Brasília (UnB)
  • Warley Santos da Silva Graduando em Medicina Veterinária (FAV), Universidade de Brasília (UnB)
  • Rita de Cássia Campbell Doutora em Cirurgia Veterinária e Professora da Faculdade de Veterinária da Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Equinos de tração. Carroceiros. Saúde. Pandemia.

Resumo

Em parceria com a Secretaria de Agricultura do Distrito Federal (SEAGRI-DF), o Hospital Veterinário de Grandes Animais da UnB (HVET-UnB) recebe e presta atendimento aos equídeos maltratados, com suspeita de doenças infectocontagiosas, errantes ou cadastrados nesta Secretaria, por meio da ação de Extensão “Projeto Carroceiro”, oferecendo aos animais atendimento
clínico e cirúrgico, além de exame de imagens, laboratoriais e histopatológicos. Após aprovação da lei que proíbe a circulação de veículos de tração animal, o número de animais abandonados e atendidos pelo HVET-UnB tem aumentado, e mesmo durante a pandemia, 101 equídeos foram atendidos, encaminhados pela SEAGRI-DF. O objetivo deste trabalho foi realizar um estudo retrospectivo dos atendimentos do Projeto Carroceiro no período citado anteriormente, evidenciando a relevância do Hospital Veterinário na prestação de serviços essenciais para a população, sendo de vital importância para o ensino, o atendimento da atividade de Extensão, cuidados com os pacientes, controle de zoonoses e atuação da Medicina Veterinária na Saúde
Pública em tempos de pandemia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

IBGE – INSTITUTO BRASILEITO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Agropecuário de 2021. Disponível em https://www.ibge.gov.br/explica/producao-agropecuaria; Acesso em 06 de outubro de 2022.

LEITÃO, M.V.N.; CANTARINO, L. Hospital escola de grandes animais: papel na vigilância de zoonoses de importância em saúde pública. PUBVET, v.15,n.07, a874, p.1-6, 2021.

MARANHÃO, R.P.A.; PALHARES, M.S., MELO, U.P. et al. Afecções mais frequentes do aparelho locomotor dos equídeos de tração no município de Belo Horizonte. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v.58, n.1, p.21-27, 2006.

OLIVEIRA, L.M., MARQUES, R.L., NUNES, C.H., et al. Carroceiros e equídeos de tração: um problema sócio-ambiental. Caminhos de Geografia. v.8, p.204–216, 2007.

SEGAT, H.J.; BRAGA, D.N.; SAMOEL, G.V.A.; PORTO, I.P.Ó.; WEIBLEN, C.; RODRIGUES, F.S.; VOGEL, F.S.F.; PEREIRA, D.I.B.; SANGIONI, L.A.; BOTTON,S.A. Equinos urbanos de tração: interação social, sanidade e bem-estar animal. Revista Investigação. v.15, n.4, p.71-76, 2016.

REZENDE, H.H.C. Impacto ambiental, perfil sócio-econômico e migração dos carroceiros em Belo Horizonte do setor formal para o informal no período de 1998 a 2003. 2004. 61f. Dissertação (Mestrado em Medicina e Cirurgia) - Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

Downloads

Publicado

2023-01-16

Como Citar

EDUARDO LEMES DA SILVA, J.; VINÍCIUS NOBRE LEITÃO, M.; JARAMILLO GARCIA, L.; GOMES LUZ ROSA, L.; TORRES SERPA, R.; SANTOS DA SILVA, W.; CAMPBELL, R. de C. A importância do projeto de extensão de atendimento a equinos (Projeto Carroceiro - UnB) para o bem-estar animal, a saúde coletiva e a formação universitária durante o período da pandemia de COVID-19. Participação, [S. l.], v. 1, n. 38, 2023. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/46819. Acesso em: 10 dez. 2023.