A indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão a partir da documentação museológica

as experiências do curso de Museologia da UFRGS

Autores

Palavras-chave:

Documentação museológica. Documentação Museológica no ensino da Museologia. Gestão de acervos. Extensão universitária. Curso de Museologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Resumo

O artigo propõe analisar como o curso de Museologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) tem atuado na formação de habilidades e competências do profissional museólogo voltadas a temas da documentação museológica. O processo teórico-metodológico tem sido exercido a partir da indissociabilidade do ensino, da pesquisa e da extensão, fundamentado em duas experiências extensionistas: o programa Museologia na UFRGS: trajetórias e memórias (2017- atual) e o projeto Gestão de Acervos Museológicos da UFRGS (2018 - atual). Propõe-se, com essas experiências, que os discentes tenham autonomia para diagnosticar e propor estratégias e procedimentos que visem a preservação e difusão de referências culturais, tornando-se multiplicadores do acesso ao patrimônio cultural e da democratização da informação gerada a partir desses bens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ana Carolina Gelmini de Faria, Universidade Federal do Rio Grande do Sul/docente

Museóloga (UNIRIO), mestre e doutora em Educação (UFRGS). Docente do Curso de Museologia do Departamento de Ciências da Informação da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (DCI/FABICO/UFRGS) e do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio da mesma universidade (PPGMusPa/UFRGS). Coordenadora do programa de extensão "Museologia na UFRGS: trajetórias e memórias" (2017-atual). Membro dos grupos de pesquisa do CNPq "Escritas da história em museus: objetos, narrativas e temporalidades" e do "GEMMUS - Grupo de Estudos em Memória, Museus e Patrimônio".

 

 

Ana Celina Figueira da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul/docente

Museóloga (UFRGS) e licenciada em História (UFRGS), mestre em Ciência Política (UFRGS) e doutora em História (UFRGS). Docente do Curso de Museologia do Departamento de Ciências da Informação da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (DCI/FABICO/UFRGS) e do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio da mesma universidade (PPGMusPa/UFRGS). Coordenadora do projeto de extensão “Gestão de Acervos Museológicos da UFRGS” (2018-atual). Membro dos grupos de pesquisa do CNPq “GEMMUS – Grupo de Estudos em Memória, Museus e Patrimônio” e do GADH – “Gestão de Acervos e Direitos Humanos”.

Referências

ÁVILA, Bruno Tenório; SILVA, Milena; CAVALCANTE, Leonice. Uso de repositórios digitais como fonte de informação por membros das universidades federais brasileiras. Inf. & Soc.:Est., João Pessoa, v.27, n.3, p. 97-120, set./dez. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/31514/18973. Acesso em: 29 dez. 2021.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm Acesso em: 21 dez. 2021.

CÂNDIDO, Maria Inês. Documentação Museológica. In: SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA DE MINAS GERAIS. Caderno de Diretrizes Museológicas 1. 2. ed. Brasília: Ministério da Cultura/IPHAN/DEMU; Belo Horizonte: Secretaria de Estado da Cultura/ Superintendência de Museus, 2006. p. 31-90.

Disponível em: https://www.sisemsp.org.br/blog/wp-content/uploads/2015/04/Caderno_Diretrizes_I-Completo-1.pdf. Acesso em: 21 dez. 2021.

CAVALCANTI, Susete J. Zaar Andersen. Sra. Tereza Zukauskas - Dona Branca. In: TORRESINI, Anelise Maria Spinato; et. al. Acervos da Pinacoteca Barão de Santo Ângelo: um exercício de pesquisa museológica, 2020. p.57-83. [Dossiê da disciplina BIB03103 - Tópicos Especiais em Pesquisa Museológica do curso de Museologia da UFRGS entregue à Pinacoteca Barão de Santo Ângelo].

CERAVOLO, Suely Moraes. Museus e geração de informação: embates práticos. Anais do II Seminário Serviços de Informação em Museus. São Paulo, 2012.

CERAVOLO, Suely Moraes; TÁLAMO, Maria de Fátima. Os museus e a representação do conhecimento: uma retrospectiva sobre a documentação em museus e o processamento da informação. VIII ENANCIB - Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, Bahia, 2007. 10p. Disponível em: http://www.enancib.ppgci.ufba.br/artigos/GT2--012.pdf. Acesso em: 21 dez. 2021.

DIAS, Calíope Victor Spíndola de Miranda; MARTINS, Dalton Lopes. Iniciativas brasileiras em torno da construção de uma política nacional para acervos digitais de instituições de memória: o desafio da memória em tempos de cultura digital. In: Pol. Cult. Rev., Salvador, v. 13, n. 1, p. 16-46, jan./jun. 2020. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/pculturais/article/view/35616. Acesso em: 29 dez. 2021.

FABICO. Organização curricular - Museologia, s.d. Disponível em: http://www.ufrgs.br/fabico/graduacao/museologia/organizacao-curricular. Acesso em: 29 dez. 2021.

INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Acervos digitais nos museus: manual para realização de projetos. Instituto Brasileiro de Museus; Universidade Federal de Goiás - Brasília, DF: Ibram, 2020. Disponível em: https://www.museus.gov.br/wp-content/uploads/2021/05/Acervos-Digitais-nos-Museus.pdf. Acesso em: 23 dez.2021.

INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Acervos em Rede, s.d. Disponível em: https://www.museus.gov.br/acessoainformacao/acoes-e-programas/acervo-em-rede. Acesso em: 21 dez. 2021.

INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Resolução Normativa nº 2, de 29 de agosto de 2014, 2014. Disponível em: https://www.museus.gov.br/wp-content/uploads/2014/09/ResolucaoNormativa2_INBCM.pdf. Acesso em: 15 dez. 2021.

LIMA, Fábio Rogério Batista; SANTOS, Plácida Leopoldina V. A. C.; SEGUNDO, José Eduardo Santarém. Padrão de metadados no domínio museológico. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.21, n.3, p.50- 69, jul./set. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pci/a/SrN8qVHNnkvYgTBBScVmdJs/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 10 out. 2021.

MARTINS, Dalton; CARVALHO JUNIOR, José Murilo Costa. Memória como prática na cultura digital. In: Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nos equipamentos culturais brasileiros: Tic cultura 2016. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2017. p.45-52. Disponível em: https://cetic.br/publicacao/pesquisa-sobre-o-uso-das-tecnologias-da-informacao-e-comunicacao-nos-equipamentos-culturais-brasileiros/ Acesso em: 29 dez. 2021.

MASSON, Sílvia Mendes. Os Repositórios digitais no âmbito da Sociedade Informacional. In: PRISMA.COM, n.7, p.105-152, 2008. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/78914. Acesso em: 29 dez. 2021.

MUSEOLOGIA NA UFRGS: TRAJETÓRIAS E MEMÓRIAS. Início, s.d. Disponível em: https://memoriamslufrgs.online/tainacan/. Acesso em: 29 dez. 2021.

OLIVEIRA, Amanda de Almeida; FEITOSA, Alexandre César Avelino. A difusão digital nos museus IBRAM: a implantação do projeto Tainacan. Revista Eletrônica Ventilando Acervos, v. especial, n.1, p.70-90, jul.2021. Disponível em: https://ventilandoacervos.museus.gov.br/wp-content/uploads/2021/08/A5-Amanda-de-Almeida.pdf. Acesso em: 10 out. 2021.

PINACOTECA BARÃO DE SANTO ÂNGELO. Acervo Artístico, 2019. Disponível em: www.ufrgs.br/acervopbsa. Acesso em: 25 ago. 2021.

PIRES, Kimberly Terrany Alves Pires. Interfefômetro de Michelson e Fabry-Perot. In: ROSA, Alahna Santos da; et. al. O acervo museológico do Laboratório de Ensino de Física: um exercício de pesquisa museológica, 2018. p.63-82. [Dossiê da disciplina BIB03103 - Tópicos Especiais em Pesquisa Museológica do curso de Museologia da UFRGS entregue ao Laboratório de Ensino de Física].

SERRANO, Rossana Maria Souto Maior. Conceitos de extensão universitária: um diálogo com Paulo Freire. In: Pró-reitoria de extensão e assuntos comunitários - PRAC, João Pessoa, fev. 2006. Disponível em: https://docero.com.br/doc/eecx810 Acesso em: 29 dez. 2021.

SOUZA, Cidara Loguercio; FAGUNDES, Lígia Ketzer; LEITZKE, Maria Cristina Padilha (orgs.). Guia Remam 2012- 2014: conhecendo os acervos e museus da UFRGS. Porto Alegre, 2014. 40p. Disponível em: https://fdocumentos.tips/document/guia-remam-2012-2014.html. Acesso em: 21 dez. 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Bacharelado em Museologia. Projeto Pedagógico Museologia, 2019. Disponível em: http://www.ufrgs.br/fabico/graduacao/museologia/projeto-pedagogico. Acesso em: 29 dez. 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Instituto de Artes. Histórico, s.d. Disponível em: http://www.ufrgs.br/acervoartes/historico . Acesso em: 25 ago. 2021.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI 2016-2020: construa o futuro da UFRGS. Porto Alegre: UFRGS, 2016. Disponível em: http://www.ufrgs.br/pdi/PDI_2016a2026_UFRGS.pdf. Acesso em: 29 dez. 2021.

Downloads

Publicado

2022-09-05

Como Citar

Gelmini de Faria, A. C. ., & Figueira da Silva, A. C. (2022). A indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão a partir da documentação museológica: as experiências do curso de Museologia da UFRGS. Museologia & Interdisciplinaridade, 11(Especial), 19–41. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/museologia/article/view/41422

Edição

Seção

Dossiê Perspectivas de Documentação Museológica: Competências, Formações, Experi