Metamuseologia

Reflexividade sobre a tríade musealia, musealidade e musealização, museus etnográficos e participação indígena

Autores

  • Marilia Xavier Cury Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v9i17.29480

Palavras-chave:

Z.Z. Stránský. Teoria museológica. Museu etnográfico. Curadoria. Participação indígena.

Resumo

O texto está estruturado nos pontos: a tríade musealia, musealidade e musealização, reflexividade e pedagogia museológica, e curadoria como ação definidora do que entendemos como museu e das participações de atores sociais na musealização. O objetivo é discutir a teoria museológica na atualidade, considerando a participação na curadoria. O método é a colaboração, por permitir relações negociadas no museu. O texto é encerrado com exemplos trazidos de alguns autores e questões sobre a relação entre indígenas e museus etnográficos, colaboração e musealização reflexiva e a subjetividade no museu e nas exposições, como sínteses da tríade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMES, Michael. “Cannibal tours”, “glasses boxes” e a política de interpretação. In: OLIVEIRA, João Pacheco de; SANTOS, Rita de Cassia (Org.). De acervos coloniais aos museus indígenas: formas de protagonismo e de construção da ilusão museal. Trad. Rafaela Mendes Medeiros, revisão de Rita de Cássia Melo Santos. João Pessoa: Editora da UFPB, 2019.

ÁVILA MELÉNDEZ, Norma Angélica. Ética y Reflexividad: Experiencias Museológicas Comunitarias en México. ICOFOM Study Series, 43b, 2015.

ÁVILA MELÉNDEZ, Norma Angélica; PADILLA GÓMEZ, Federico. Apuntes sobre el Proceso Museal. La exposición como archivo en proceso. ICOFOM STUDY SERIES - ISS, Paris: Icofom/Icom, n. 44, 2016.

BARAÇAL, Anaildo Bernardo. O objeto de Museologia: A via conceitual aberta por Zbynek Zbyslav Stránský. 124 p. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio, UNIRIO/MAST, Rio de Janeiro, UniRio/Mast, 2008.

BRULON, Bruno. A museologia reflexiva: recompondo os fundamentos de uma ciência contemporânea. In: BRULON, Bruno; BARAÇAL, Anaildo Bernardo (Org.). Stránský: uma ponte Brno – Brasil. Paris: Icofom, 2017a.

BRULON, Bruno; BARAÇAL, Anaildo Bernardo (Org.). Provocando a museologia: o pensamento geminal de Zbynek Z. Stránský e a Escola de Brno. Anais do Museu Paulista, São Paulo: Museu Paulista, v. 25, n. 1, 2017b.

BRULON, Bruno; BARAÇAL, Anaildo Bernardo (Org.). Stránský: uma ponte Brno – Brasil. Paris: Icofom, 2017.

BRUNO, Maria Cristina Oliveira. Os territórios da memória e a memória dos territórios. Palestra proferida no Programa de Doutoramento em Museologia da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, 2015. 7 p. mimeo.

CARVALHO, Luciana Menezes de. Em direção à museologia latino-americana. O papel do Icofom LAM no fortalecimento da museologia como campo disciplinar. Dissertação (mestrado em Museologia) – Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio, UniRio/MAST, 2008.

CARVALHO, Luciana Menezes de. Do museu a museologia: constituição e consolidação de uma disciplina. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio, UNIRIO/MAST, Rio de Janeiro, 2017.

CERÁVOLO, Suely Moraes. Tecendo interfaces teóricas e metodológicas por sobre o conceito museologia: o exercicío de uma tese. In: In: GRANATO, Marcus; SANTOS, Claudia Penha dos; LOUREIRO, Maria Lucia N. M. Museu e museologias: Interfaces e perspectivas. Rio de Janeiro: MAST, 2009. (Mast Colloquia 11).

CERÁVOLO, Suely Moraes. “Em nome do céu, o que é Museologia”? Perspectivas de museologia através de publicações. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia. São Paulo: USP: MAE, n. 14, 2004a.

CERÁVOLO, Suely Moraes. Delineamentos para uma teoria da Museologia. Anais do Museu Paulista. São Paulo: USP: MP, v. 12, 2004b.

CURY, Marília Xavier. The sacred in museums, the Museology of the sacred ¬ the spirituality of indigenous people. ICOFOM STUDY SERIES - ISS, n. 47, 2019a.

CURY, Marília Xavier. Museu e exposição – O exercício comunicacional da colaboração e da descolonização com indígenas. In: Museu Goeldi: 150 anos de ciência na Amazônia. Belém: Museu Paraense Emílio Goeldi, 2019b, v.1.

CURY, Marília Xavier. La museología y lo sagrado – La resacralización del museo. In: MAIRESSE, F. (Ed.). Museology and the sacred. Materials for the discussion. Paris: Icofom, 2018.

CURY, Marília Xavier. Circuitos museais para a visitação crítica: descolonização e protagonismo indígena. Ritur, v. 7, 2017a.

CURY, Marília Xavier. Lições Indígenas para a descolonização dos Museus – Processos comunicacionais em discussão. Cadernos Cimeac, v. 7, n. 1, 2017b.

CURY, Marília Xavier. Direitos indígenas no museu – Novos procedimentos para uma nova política: a gestão de acervos em discussão – Introdução. In: CURY, Marília Xavier. (Org.). Direitos indígenas no museu – Novos procedimentos para uma nova política: a gestão de acervos em discussão. São Paulo: Secretaria da Cultura: ACAM Portinari: Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo, 2016.

CURY, Marília Xavier. Museologia. Marcos referenciais. Cadernos do CEOM. Chapecó: Argos, v. 18, n. 21, 2005.

DESVALLÉES, André. Cent quarante termes muséologiques ou petit glossaire de l’exposition. In: BARY, Marie-Odile & TOBELEM, Jean-Michel (dir.). Manuel de muséographie: petit guide à l’usage des responsables de musée. Haute-Loire: Séguier/Option Culture, 1998.

DESVALLÉES, André; MAIRESSE, François (Dir.). Conceitos-chave de Museologia. Tradução e comentários de Bruno Brulon e Marília Xavier Cury. São Paulo: ICOM Brasil, SEC-SP, 2013.

DESVALLÉES, André; MAIRESSE, François (Dir.). Dictionnaire encyclopédique de muséologie. Paris: Armand Colin, 2011.

DICIONARIUM MUSEOLOGICUM. Budapeste: CIDOC, 1986.

DÓLAK, Jan. O museólogo Zbyněk Zbyslav Stránský– Conceitos básicos. In: BRULON, Bruno; BARAÇAL, Anaildo Bernardo (Org.). Stránský: uma ponte Brno – Brasil. Paris: Icofom, 2017.

GUARNIERI, Waldisa Russio Camargo. L’interdisciplinarité en Muséologie. MuWop/DoTraM, Estocolmo: ICOM, n. 2, 1981.

HOERIG, Karl A. From third person to first: A call for reciprocity among non-native and native museums. Museum Anthropology, v. 33, n. 1, 2010.

LIMA, Diana Farjalla Correia. Musealização: um juízo/uma atitude do campo da museologia integrando musealidade e museália. Ciência da Informação, v. 42, n. 3, set./dez., 2013.

MENSCH, Peter van. O objeto de estudo da Museologia. Tradução de Débora Bolsanello e Vânia Dolores Estevam de Oliveira. Rio de Janeiro: UNIRIO, 1994. 22 p. (Prétextos Museológicos, 1).

MIGNOLO, Walter. Museus no horizonte colonial da modernidade. Garimpando o museu (1992) de Fred Wilson. Museologia & Interdisciplinaridade, v. 7, n. 13, jan./jun. 2018.

MORA, Claudia Corvi, GANDHOUR, Nada. ICOFOM, 20 ans de travaux (1977-1997): evolution et extension de la théorie muséologique de l’ICOM. ICOFOM STUDY SERIES - ISS, n. 28, 1997.

NÓBREGA-THERRIEN, Silvia Maria; MENEZESA, Eunice Andrade; THERRIEN, Jacques. A reflexividade como busca de sentidos e significados: contribuição na formação dos saberes docentes. Educação em foco, v. 18, n. 25, 2015.

OLIVEIRA, João Pacheco de; SANTOS, Rita de Cassia. Introdução. In: OLIVEIRA, João Pacheco de; SANTOS, Rita de Cassia (Org.). De acervos coloniais aos museus indígenas: formas de protagonismo e de construção da ilusão museal. João Pessoa: Editora da UFPB, 2019.

PADRÓ, Carla. La museología crítica como una forma de reflexionar sobre los museos como zonas de conflicto e intercambio. In: LORENTE, Jesús-Pedro (Dir.); ALMAZÁN, David (Coord.). Museología crítica y arte contemporánea. Zaragoza: Prensas Universitarias Zaragoza, 2003.

ROCA, Andrea. Acerca dos processos de indigenização dos museus: uma análise comparativa. Mana, v. 21, n. 1, p. 123-155, 2015a.

ROCA, Andrea. Museus indígenas na Costa Noroeste do Canadá e nos Estados Unidos: colaboração, colecionamento e autorrepresentação. Revista de Antropologia, v. 58, 2015b.

SCHREINER, Klaus; SCHWERIN, Alt. [Museum object – what and why]. ICOFOM STUDY SERIES - ISS, n. 06, 1984.

SILVA, Fabíola Andréa. “Leva para o museu e guarda”. Uma reflexão sobre a relação entre museus e povos indígenas. In: CURY, Marília Xavier. (Org.). Museus e indígenas: saberes e ética, novos paradigmas em debate. São Paulo: Secretaria da Cultura: ACAM Portinari: MAE/Universidade de São Paulo, 2016.

SOFKA, Vinos. My adventurous life with ICOFOM, museology, museologists, anti-museologists, giving special reference to ICOFOM Study Series. ICOFOM STUDY SERIES - ISS, v. 1, 1995. (Reimpressão).

STRÁNSKÝ, Zbyněk Z. O objeto da Museologia. In: BRULON, Bruno; BARAÇAL, Anaildo Bernardo (Org.). Stránský: uma ponte Brno – Brasil. Paris: Icofom, 2017.

STRÁNSKÝ, Z. Z. Sobre o tema “Museologia – ciência ou apenas trabalho prático?” (1980). Tradução Tereza Scheiner. Museologia e Patrimônio, n. 1, p. 101-105, jul./dez. 2008.

VAZ, IVAN GOMIDE RAMOS. Sobre a musealidade. Dissertação (Mestrado em Museologia) – Programa de Pós-Graduação Interunidades em Museologia, Universidade de São Paulo, 2017.

Publicado

2020-05-17

Como Citar

Xavier Cury, M. (2020). Metamuseologia: Reflexividade sobre a tríade musealia, musealidade e musealização, museus etnográficos e participação indígena. Museologia & Interdisciplinaridade, 9(17), 129-146. https://doi.org/10.26512/museologia.v9i17.29480

Edição

Seção

Dossiê Museus e Museologia: aportes teóricos na contemporaneidade