The Musealização da Coleção Etnográfica do Museu Paraense Emílio Goeldi

Autores

  • Alegria Benchimol

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v4i8.16904

Palavras-chave:

Musealização. Coleção etnográfica. Patrimônio cultural. Museu Paraense Emílio Goeldi.

Resumo

Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo para investigar o processo de musealização (aquisição, pesquisa, conservação, documentação e comunicação) a que é submetida a Coleção Etnográfica do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), patrimônio cultural brasileiro. Foram realizadas pesquisas documental e bibliográfica como técnicas de coleta de dados. Foram examinados os conceitos de “artefato”, “objeto etnográfico” e “mentefato”, além de se fazer um breve histórico sobre a ampliação do conceito de documento. Os resultados mostraram que as fases do processo de musealização da coleção etnográfica  são  interdependentes, complementares e definem o status do objeto como patrimônio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-12-09

Como Citar

Benchimol, A. (2015). The Musealização da Coleção Etnográfica do Museu Paraense Emílio Goeldi. Museologia & Interdisciplinaridade, 4(8), 50 - 70. https://doi.org/10.26512/museologia.v4i8.16904

Edição

Seção

Dossiê - Patrimônio