Algoritmos de Mal-Estar

Ciberpandemia e Privacidade Hackeada

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/rfmc.v8i3.34499

Palavras-chave:

Mal-Estar. Inteligência Artificial. Algoritmos. Indústria 4.0.

Resumo

O presente artigo se propõe a uma análise da conjuntura de mal-estar global resultante do período de pandemia, do COVID-19, no qual houve a intensificação nos usos das novas tecnologias. O cenário aponta para uma realidade cuja objetividade material efetiva, cada vez mais, um sistema de tecnocracia, sendo a inteligência artificial dos algoritmos as balizas para sua implementação definitiva com destaque para monitoramentos, vigilâncias, automação, previsão e controle de corpos e mentes. A crise do coronavírus acelerou com demasiada radicalidade mudanças em inúmeros setores da sociedade e da subjetividade humana. Portanto, esse período crítico de mal-estar tem como produto direto a apresentação da Quarta Revolução Industrial ou indústria 4.0 munida de sistemas ubíquos e de computação quântica interconectados para a captura de dados e direcionamento das ações humanas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Marcelo Gonçalves Rodrigues, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis ”“ FUNEPE/FAFIPE

Mestre em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista - UNESP- FCL, campus Araraquara. É Psicólogo formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus Bauru. Desenvolveu estudos e pesquisas sobre a temática Universidade, aceleração e semiformação. Atualmente é docente e supervisor clínico no curso de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Fundação Educacional de Penápolis (SP). É integrante dos respectivos grupos de pesquisas: Ética, Educação e Direitos Humanos, na linha de pesquisa: Teoria Crítica, Novas Tecnologias, Ética e Educação; Grupo de Estudo e Pesquisa em Sexualidade, Educação e Cultura (GEPESEC); e Clínica Psicanalítica I e II - Estudos Avançados.

Referências

ABDI- Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial. MDIC - Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Agenda brasileira para a indústria 4.0: o Brasil preparado para os desafios do futuro. Disponível em [http://www.industria40.gov.br/]: acessado em [15/03/2020].

ABDI- Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial. Governo anuncia, em Davos, primeiro centro afiliado para quarta revolução industrial. Davos, 2020. Disponível em [https://www.abdi.com.br/postagem/governo-anuncia-em-davos-primeiro-centro-afiliado-para-4a-revolucao-industria]: acessado em [10/06/2020].

ADORNO, T. W. HORKHEIMER, M. Dialética do Esclarecimento: fragmentos filosóficos. Tradução de Guido Antônio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985.

¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬ADORNO, T. W. “La Idea de historia natural”. In: ADORNO, T. W. (Org.) Actualidad de la filosofia. Tradução de José Luis Arantegui Tamoyo. Barcelona: Paidós, 1991, pp.103-134.

___________. Educação e Emancipação. Tradução de Wolfgang Leo Maar. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

ANDRÉ, S. A impostura perversa. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1995.

ASIMOV, I. Eu, robô. Tradução de Aline Storto Pereira. 1. ed. São Paulo: Editora Aleph, 2014.

ASSIS, M. D. “O Alienista”. In: ASSIS, M. D. (Org.) Obra Completa: Conto e Teatro. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora Nova Aguilar, 1979.

BLACK MIRROR. Produção de Charlie Brooker. Reino Unido: Netflix. 2011. Plataforma Streaming.

CLARCKE, A. C. 2001: uma odisseia no espaço. Tradução de Fábio Fernandes. 1. ed. São Paulo: Editora Aleph, 2013.

DRAWIN, C. R. “Psicologismo: a Liberdade Travestida”. Síntese, v.10. n. 28, (1983) pp. 77-88. Disponível em [https://faje.edu.br/periodicos/index.php/Sintese/article/view/2108/4225]: acessado em [18/07/2020].

DUNKER, C. I. L. Mal-estar, sofrimento e sintoma: uma psicopatologia do Brasil entre muros. São Paulo: Boitempo Editorial, 2015.

ELYSIUM. Produção de Neill Blomkamp. Estados Unidos: TriStar Pictures. 2013. DVD (109min).

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Tradução de Raquel Ramalhete. Petrópolis: Vozes, 1987.

FREUD, S. Totem e Tabu, contribuição à história do movimento psicanalítico e outros textos [1912-1914]. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

_________. História de uma neurose infantil [“O homem dos lobos”], além do princípio do prazer e outros textos [1917- 1920]. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

_________. Inibição, sintoma e angústia, o futuro de uma ilusão e outros textos [1926-1929]. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

_________. O mal-estar na civilização, novas conferências introdutórias à psicanálise e outros textos [1930-1936]. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

GARIS, H. D. The artilect war: cosmists vs. terrans: a bitter controversy concerning whether humanity should build godlike massively intelligent machines. Palm Springs, CA: ETC Publications, 2005.

HARRIS, E. Meet The Woman Behind Woebot, The AI Therapist. 2017. Disponível em [https://www.forbes.com/sites/elizabethharris/2017/12/31/meet-the-woman-behind-woebot-the-ai-therapist/?sh=b0078b736996]: acessado em [25/10/2020].

HUXLEY, A. Admirável Mundo Novo. Tradução de Lino Vallandro. Vidal Serrano. 2. ed. São Paulo: Editora Globo, 2003.

LACAN, J. Agressividade em psicanálise. In: MILLER. J. A. MILLER. J. (Orgs.) Escritos. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1998.

________. O seminário, livro 11: os quatro conceitos fundamentais da psicanálise. Tradução de M.D. Magno. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2008.

________. O Seminário, livro 16: de Um Outro ao outro. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2008.

MARCUSE, H. Eros e civilização: uma interpretação filosófica do pensamento de Freud. Tradução de Álvaro Cabral. 8. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1999.

MJSP - Ministério da Justiça e Segurança Pública. Ministério entrega aos estados primeiras ferramentas de Big Data e Inteligência Artificial para combater a criminalidade. 2019. Disponível em [https://www.justica.gov.br/news/collective-nitf-content-1566331890.72]: acessado em [15/07/2020].

OIT - Organização internacional do trabalho. A COVID-19, o mundo do trabalho e a importância das micro e pequenas empresas: O caso do Brasil. 2020. Disponível em [https://www.ilo.org/brasilia/noticias/WCMS_749348]: acessado em [05/08/2020].

ORWELL, G. 1984. Tradução de Alexandre Hubner. Heloisa Jahn. São Paulo: Companhia das letras, 2009.

PACHECO, M. A. C. Algoritmos Genéticos: Princípios e Aplicações. In: INTERCON99: V Congreso Internacional de Ingeniería Electrónica, Lima, Peru. pp. 11-16, 1999.

SCHWAB, K. A quarta revolução industrial. Tradução de Daniel Moreira. 1. ed. São Paulo: Edipro, 2016.

SIPRI ”“ Stockholm International Peace Research Institute. World military expenditure grows to $1.8 trillion in 2018. 2019. Disponível em [https://www.sipri.org/media/press-release/2019/world-military-expenditure-grows-18-trillion-2018]: acessado em [10/07/2020].

SOLER, C. A psicanálise na civilização. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 1998.

TÜRCKE, C. Sociedade excitada: filosofia da sensação. Tradução de Antonio A. S. Zuin. Campinas: Unicamp, 2010.

VENTURINI, T. MUNK, A. JACOMY, M.“Ator-rede versus Análise de Redes versus Redes Digitais: falamos das mesmas redes?” Galáxia (São Paulo). Vol.s/v. n. 38, mai-ago, 2018, pp. 5-27. Disponível em [https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-25532018000200005]: acessado em [02/09/2020].

WEF- World Economic Forum. Leaders rally for a ‘Great Reset’ to achieve global goals. 2020. Disponível em [https://www.weforum.org/press/2020/09/leaders-rally-for-a-great-reset-to-achieve-global-goals]: acessado em [25/09/2020].

Downloads

Publicado

2021-01-31

Como Citar

GONÇALVES RODRIGUES, M. Algoritmos de Mal-Estar: Ciberpandemia e Privacidade Hackeada. Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 105–136, 2021. DOI: 10.26512/rfmc.v8i3.34499. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/fmc/article/view/34499. Acesso em: 19 out. 2021.