Os demônios de Nick Land

uma especulação introdutória sobre aceleração e hiperstição

Autores

  • José Geraldo S. Júnior UFPR/Graduação
  • Rodrigo Z. Mickus UFPR/Graduação

Palavras-chave:

Aceleracionismo, Nick Land, Hiperstição

Resumo

O artigo faz uma breve genealogia do aceleracionismo para enfocar a trajetória do filósofo Nick Land e defende a hipótese de que o pensador opera um programa filosófico, tecnológico, econômico e político que, por meio da retroalimentação hipersticional dos múltiplos espaços de desenvolvimento e de discussão da inteligência artificial, visa, no limite, a aniquilação da humanidade e o fim do mundo concebido a partir desta perspectiva. Alimentada, ou mesmo atormentada, incessantemente por uma (re-)produção semiótica vertiginosa do passado e pela especulação de produções possíveis do futuro, parte da humanidade se engaja no presente no desejo tecnológico de algo desconhecido ”“ ou, no vocabulário landiano, da singularidade tecnocapital ”“ passando a criar, como se fosse para sua liberdade, as condições de possibilidade para sua obsolescência, escravidão e mesmo extinção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BAUDRILLARD, J. A Troca Simbólica e a Morte. São Paulo: Edições Loyola, 1996.

BERGER, E. Underground Streams: A Micro-History of Hyperstition and Esoteric Resistance. Abril de 2017. Rizosfera ”“ Series of Books ”“ The Strong of the Future. Disponível em <https://monoskop.org/images/0/00/Edmund_Berger_Underground_Streams.pdf>. Acesso em 23 de Outubro de 2020.

CCRU. “Communique One: Message to Simon Reynolds”. Ccru [Site], (1998a). Disponível em: <http://www.ccru.net/id(entity)/communiqueone.htm> Acesso em 23 ago. 2018.

CCRU. “Swarmachines”. Ccru [Site]. Disponível em: <http://web.archive.org/web/20130621022804/http://www.ccru.net/swarm1/1_swarm.htm>. Acesso em 20 Out 2020

CCRU. “Cybernetic culture research unit Glossary”. Ccru [Site], 1998b. Disponível em : <http://web.archive.org/web/20120801135507/http://www.ccru.net/identity.htm>

CCRU. “Communique Two: Message to Maxence Grunier”. Ccru [Site], 2001. Disponível em : <http://web.archive.org/web/20120731223416/http://www.ccru.net/id(entity)/communiquetwo.htm>

CCRU. "Lemurian Time War". Ccru Writings 1997-2003. Time Spiral Press, 2015.

DELEUZE, G. & GUATTARI, F. O Anti-Édipo: Capitalismo e Esquizofrenia 1. Trad. Luiz B. L.Orlandi. São Paulo: Editora 34, 2011. 2ª edição.

________. Mil Platôs: Capitalismo e Esquizofrenia 2. v.3. Trad. Aurélio Guerra Neto, Ana Lúcia de Oliveira, Lúcia Cláudia Leão e Suely Rolnik. São Paulo: Editora 34, 2008.

________ . “Sobre o capitalismo e o desejo [1973]”. In: A Ilha Deserta e Outros Textos. Organização e revisão técnica de Luiz B. L. Orlandi. São Paulo: Iluminuras, 2005.

FISHER, M. “Mind Games”. Dazed [Site]. Jun. 2011. Disponível em: https://www.dazeddigital.com/artsandculture/article/10459/1/nick-land-mind-games Acesso em 26 Out. 2020.

FISHER, M. “Practical eliminativism: getting out of the face, again”. In: Speculative Aesthetics. Urbanomic, 2014.

________. “Terminator vs. Avatar: Notes on Accelerationism”. In: MACKAY, R. & AVANESSIAN, A. (Orgs). #Accelerate. Urbanomic, United Kingdon, 2014.

GARTON, V. “Excavating the origins of accelerationism”. Cyclonotrope [Blog]. 22. Jul. 2017. Disponível em: https://cyclonotrope.wordpress.com/2017/07/22/excavating-the-origins-of-accelerationism/. Acesso em: 14 Out. 2020.

HIGA, P. “Meltdown e Spectre: as falhas que afetam quase todos os processadores do mundo”. Tecnoblog. Jan. 2018 Disponível em: https://tecnoblog.net/231300/meltdown-spectre-intel-amd-arm-falha-processadores/ Acesso em 23 Ago. 2018.

HUI, Y. "On the Unhappy Consciousness of Neoreactionaries". E-flux Journal, 81, Abr. 2017. Disponível em: https://www.e-flux.com/journal/81/125815/on-the-unhappy-consciousness-of-neoreactionaries/. Acesso em 23 Jun. 2020.

LAND, N. “Desejo Maquínico” (1993). In: MacKay, R. & Brassier, R. (eds). Fanged Noumena: Collected Writings of Nick Land 1987-2007. Urbanomic, 2011.

________. “Circuitries” (1992). In: MacKay, R. & Brassier, R. (eds). Fanged Noumena: Collected Writings of Nick Land 1987-2007. Urbanomic, 2011a.

________. “Origins of the Cthulhu Club” (1998). In: MacKay, R. & Brassier, R. (eds). Fanged Noumena: Collected Writings of Nick Land 1987-2007. Urbanomic, 2011b.

________. “Meltdown”. Abstract Culture 1 (first swarm), 1997. Disponível em: < https://web.archive.org/web/20120408210441/http://www.ccru.net/swarm1/1_melt.htm > Acesso em 11 set. 2019.

________. Hyperstition: An Introduction. Delphi Carstens Interviews Nick Land. Orphan Drift [Site], 2009. Disponível em: < http://www.orphandriftarchive.com/neo-future/delphi-carstens-hyperstition-tedx/> . Acesso em 23 de Outubro de 2020.

________. “Shoggoth Materials”. Hyperstition [blog], 2005. Disponível em: <http://hyperstition.abstractdynamics.org/archives/005149.html> Acesso em 11 set. 2019.

________. The Urbanatomy Shanghai World Expo Guide 2010. Urbanatomy, 2010.

________. “Teleoplexy: Notes on Acceleration”. In: Mackay, R. & Avenessian, A. (eds). Accelerate: The Accelerationist Reader. Falmouth: Urbanomic, pp. 509-520, 2014.

________. “A Quick-and-Dirty Introduction to Accelerationism”. Jacobite, 25 Mai. 2017. Disponível em: << https://jacobitemag.com/2017/05/25/a-quick-and-dirty-introduction-to-accelerationism/ >>. Acesso em 23 ago. 2018.

________. “A Única Coisa que Eu Imporia É a Fragmentação ”“ Uma Entrevista com Nick Land”. Xenosistemas [Blog], 2017b. Disponível em: https://xenosistemas.wordpress.com/2017/07/18/a-unica-coisa-que-eu-imporia-e-a-fragmentacao-uma-entrevista-com-nick-land/. Acesso em 23 de Outubro de 2020.

________. Ideology, Intelligence, and Capital: An Interview with Nick Land. Vast Abrupt [Site], 2017c. Disponível em: < https://vastabrupt.com/2018/08/15/ideology-intelligence-and-capital-nick-land/>. Acesso em 23 de Outubro de 2020.

________. “Gnon e OOon. Outlandish”. Xenosistemas [blog], S/d. Disponível em: <https://xenosistemas.wordpress.com/2016/08/27/gnon-e-ooon/> Acesso em 11 set. 2018.

________ & CCRU. “Swarmachines”. Ccru [Site], (1997b). Disponível em: < https://web.archive.org/web/20120408233034/http://www.ccru.net/swarm1/1_swarm.htm> Acesso em 11 Set. 2019.

________ ; PLANT, S. “Cyberpositive” [1994]. In: #Accelerate. The Acceleracionist Reader. 2014.

________ . “Prontidão para o Impacto”. Urbano Futuro [Versão em português do Blog http://www.uf-blog.net/]. Out. 2019. Disponível em: https://urbanofuturo.wordpress.com/2019/10/15/prontidao-para-o-impacto/ Acesso em 29 Out. 2020.

LOVECRAFT, H. P. “O depoimento de Randolph Carter”. In: Os demônios de Randolph Carter. Trad. Jorge Silva Melo. Estampa, Lisboa, 1973.

________. “O chamado de Cthulhu”. In: Os Mitos de Cthulhu. Campanário: Londrina, 1999.

MARX, K. “Introdução à Contribuição à Crítica da Economia Política”. In: Contribuição à Crítica da Economia Política. Editora Expressão Popular, São Paulo, 2008.

________. Grundrisse: Manuscritos econômicos de 1857-1858. Esboços da crítica da economia política. São Paulo: Boitempo Editorial, 2011.

________; ENGELS, F. Manifesto Comunista. Boitempo Editorial, São Paulo, 2007.

MACKAY, R.; AVENESSIAN, A. #ACCELERATE: The Accelerationist Reader. Urbanomic, 2014.

MACKAY, R. & BRASSIER, R. “Editor’s Introduction”. In: Fanged Norumena: Collected Writings of Nick Land 1987-2007. Falmouth: Urbanomic, 2011.

NOYS, B. The Persistence of the Negative. A Critique of Contemporary Continental Theory. Edinburgh: Edinburgh University Press, 2010.

________. Malign Velocities. Accelerationism & Capitalism. Zero Books, 2014.

ROSA, Hartmut. Aceleração: a transformação das estruturas temporais na Modernidade. Tradução: Rafael H. Silveira. São Paulo: Editora Unesp, 2019.

SANDIFER, Elizabeth. Neoreaction a Basilisk: Essays on and Around the Alt-Right. Eruditorum Press, 2017.

WARK, M. "On Nick Land". Verso [Site]. Jun. 2017. Disponível em: https://www.versobooks.com/blogs/3284-on-nick-land Acesso em: 28 Out. 2020.

WILLIAMS, A.; SRNICEK, N. “#Accelerate: Manifesto for an Accelerationist Politics”. In: Mackay, R.; Avenessian & A. (eds). #Accelerate: The Accelerationist Reader. Falmouth: Urbanomic, p. 347-62, 2014.

WIRTZ, F. “Yuk Hui y la pregunta por la cosmotécnica”. Caja Negra [Site]. Disponível em: https://cajanegraeditora.com.ar/blog/yuk-hui-y-la-pregunta-por-la-cosmotecnica/ Acesso em: 28 Out. 2020.

Downloads

Publicado

2021-06-20

Como Citar

S. JÚNIOR, J. G.; Z. MICKUS, R. Os demônios de Nick Land: uma especulação introdutória sobre aceleração e hiperstição . Das Questões, [S. l.], v. 12, n. 1, 2021. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/dasquestoes/article/view/34909. Acesso em: 27 nov. 2021.