FOCO E ESCOPO

A Revista dos Estudantes de Direito da Universidade de Brasília é uma publicação impressa e eletrônica de periodicidade anual e sem fins lucrativos. Seus Conselhos Diretor e Editorial são formados exclusivamente por graduandos. Propõe-se a publicar trabalhos inéditos que apresentem reflexões científicas e artísticas úteis à compreensão do Direito. A política editorial não faz distinção de temas ou abordagens. Poderão ter preferência, no entanto, trabalhos com grande originalidade, que mantenham diálogo com trabalhos publicados em edições anteriores ou que abordem temas ainda não publicados, assim como trabalhos de menor extensão, sem prejuízo ao conteúdo.

 

Suas principais finalidades são:

  • publicação de periódicos, livros ou outras obras de caráter acadêmico, científico ou cultural;
  • incentivo à produção e à divulgação de conteúdos que sejam relevantes para a formação crítica e interdisciplinar do estudante de direito, especialmente na Universidade de Brasília;
  • promoção de eventos de natureza acadêmica, científica ou artística, direcionados a uma formação crítica;
  • promoção da memória institucional da Faculdade de Direito e da Universidade de Brasília, estimulando a reflexão sobre os debates acadêmicos, políticos e culturais ocorridos em seu âmbito, preservando esse conteúdo, a fim de cooperar para a construção de uma identidade e cultura universitárias;
  • estabelecimento de uma cultura editorial discente em âmbito nacional e internacional, fundada nas diretrizes de independência, criatividade, inteligência e atualidade;
  • promoção e fortalecimento do intercâmbio de experiências entre os estudantes da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília e outras entidades acadêmicas nacionais e internacionais.

 

POLÍTICAS DE SEÇÃO

TRABALHOS ACADÊMICOS

A Revista dos Estudantes de Direito da Universidade de Brasília não adota hoje a distinção de seções para os trabalhos (ex.: artigos científicos, resenhas de livros, traduções). Todos são, indistintamente, avaliados como trabalhos acadêmico-científico. Em casos particulares, o Conselho Diretor poderá convidar autores a submeterem trabalhos específicos para publicação. Essa hipótese se aplica a qualquer trabalho que guarde relação com a política editorial ou objetivos da Revista dos Estudantes de Direito da Universidade de Brasília. Para indicar trabalho a ser solicitado pelo Conselho Editorial, envie email para: red@unb.br

 Submissões abertas  Indexado  Avaliado pelos pares

ENTREVISTA

A Revista dos Estudantes de Direito da Universidade de Brasília publica, a cada edição, uma entrevista com estudioso do direito. A escolha do entrevistado é realizada direta e exclusivamente pelo Conselho Diretor, que também realiza a entrevista. Para sugerir nomes à entrevista, escrever para: red@unb.br

 Submissões abertas  Indexado  Avaliado pelos pares

RELATÓRIOS DE ATIVIDADES DE GRUPOS DE PESQUISA

 Submissões abertas  Indexado  Avaliado pelos pares

 

PROCESSO DE AVALIAÇÃO PELOS PARES

Os trabalhos submetidos à Revista dos Estudantes de Direito da Universidade de Brasília, antes de serem aprovados, passam por duas etapas distintas de avaliação: a análise prévia e a análise consultiva. Cumpre detalhar que os pareceres que resultam de cada etapa de avaliação são instrumentos subsidiários que não vinculam a decisão final de publicação, que é discricionária e reservada unicamente ao Conselho Editorial.

A primeira avaliação, ou análise prévia, é realizada pelo Conselho Editorial com vistas a identificar o teor e a qualidade do trabalho, que poderá ser rejeitado ou encaminhado para a próxima etapa de avaliação. Nela são observados principalmente a atenção ao vernáculo e concatenação das ideias, a originalidade dos argumentos e da abordagem e o grau de inovação do trabalho, que o torna capaz de situar novas e não usuais reflexões para o tema proposto.

A segunda avaliação, ou análise consultiva, é realizada pelo Conselho Consultivo, um corpo de estudiosos que, a convite do Conselho Diretor, auxilia a apuração da qualidade do trabalho e o dimensionamento das inovações teóricas e práticas propostas. Nela são observadas, principalmente, a capacidade do autor de avaliação crítica da realidade e da teoria, a potencial relevância do trabalho para as discussões e práticas do tema em que se insere, além de serem indicados pontos para a melhora do texto.

O Conselho Consultivo, formado por acadêmicos de variadas instituições de ensino superior, é composto a cada edição a partir da área temática dos trabalhos recebidos. No processo de escolha desses avaliadores, há a preferência por um mínimo razoável de professores e pesquisadores da Universidade de Brasília, assim como de pesquisadores de centros internacionais de estudo do direito brasileiro.

Em qualquer das etapas de avaliação (análise prévia ou avaliação consultiva), são tomados cuidados para assegurar transparência das decisões e promover isonomia nas avaliações. A Revista dos Estudantes de Direito da Universidade de Brasília adota o double blind peer review, fazendo com que os avaliadores não tomem ciência da autoria do trabalho e com que os autores não tomem ciência dos responsáveis pela sua de seu trabalho (ver, para mais, assegurando uma avaliação cega por pares). Por fim, ao se cadastrar no site, os autores acompanham e interagem com as diversas etapas de avaliação e editoração do seu trabalho.

 

PERIODICIDADE

A Revista dos Estudantes de Direito da Universidade de Brasília promove o lançamento de uma edição por ano.

Embora seja encorajado a submissão de trabalhos a qualquer tempo, o Conselho Diretor divulga um edital de chamada de trabalhos a cada edição, especificando os prazos de envio para a edição e outras exigências. Para receber os editais de chamada de trabalhos de cada edição e informações sobre os eventos de lançamento, cadastre-se no site.

 

MEMÓRIA INSTITUCIONAL DA FACULDADE DE DIREITO DA UNB

A RED|UnB busca a promoção da memória institucional da Faculdade de Direito e da Universidade de Brasília, estimulando a reflexão sobre os debates acadêmicos, políticos e culturais ocorridos em seu âmbito, preservando esse conteúdo, a fim de cooperar para a construção de uma identidade e cultura universitárias. Para contribuir com tal feito, cada edição - com exceção das cinco primeiras - da Revista dos Estudantes busca publicar uma entrevista de um professor da Casa, versando sobre temas diversos.