O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • Todos os endereços de páginas na Internet (URLs), incluídas no texto (ex.:http//www.scielo.br) estão ativos e prontos para clicar.
  • O texto está em espaço 1,5; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico ao invés de sublinhar (exceto em endereços URL); com referências inseridas no corpo do texto, notas no rodapé do texto e não em seu final.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Submissões.
  • A identificação de autoria do trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da Revista, conforme instruções disponíveis em Assegurando a Avaliação Cega por Pares.

Diretrizes para Autores

  1. A Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea (RFMC) publica apenas trabalhos filosóficos inéditos, que estejam de acordo com as suas normas, na forma de artigos, resenhas ou traduções, de autoria de doutores e/ou mestres em filosofia (ou áreas afins), redigidos em português, espanhol, francês, italiano, inglês ou alemão.
  2. Todos os textos serão submetidos à avaliação cega por pares, e sua eventual publicação implicará, automaticamente, a cessão dos direitos autorais à RFMC.
  3. O autor deve informar os seguintes dados pessoais: titulação acadêmica máxima; vínculo profissional e/ou acadêmico atual; endereço de e-mail; e número do ORCID.
  4. O texto do artigo deve ter no máximo 15000 palavras, e observar a seguinte sequência: título, título em inglês (ou português, caso o texto não tenha sido redigido em português), nome do autor, dados pessoais, resumo (no máximo 150 palavras), palavras-chave (no máximo 5 palavras), abstract (resumo em inglês), keywords (palavras-chave em inglês), texto, e bibliografia.
  5. As citações devem obedecer à norma NBR 10520 da ABNT. As citações diretas com até 3 linhas devem estar inseridas no corpo do texto "entre aspas", e as com mais de 3 linhas devem ser destacadas do corpo do texto, "sem aspas". As citações indiretas devem estar no corpo do texto, independentemente do tamanho, "sem aspas". As fontes das citações devem ser indicadas no corpo do texto empregando o sistema autor-data (HEIDEGGER, 1927, p. 145).
  6. As referências bibliográficas devem obedecer à norma NBR 6023 da ABNT, aparecer no final do artigo e ser ordenadas alfabeticamente em ordem ascendente. Exemplos de referências:

Livro - HUME, D. Tratado da natureza humana: uma tentativa de introduzir o método experimental de raciocínio nos assuntos morais. Tradução de Débora Danowski. São Paulo: Editora da UNESP; Imprensa Oficial do Estado, 2001.

Artigo ou capítulo de livro (coletânea) - LOPARIC, Z. “O problema fundamental da semântica jurídica de Kant”. In: WRIGLEY, M. B.; SMITH, P. J. (Orgs.) O filósofo e sua história: uma homenagem a Oswaldo Porchat. Campinas: UNICAMP-CLE, 2003.

Artigos em periódicos - DURÃO, A. B. “A teoria do discurso racional de Habermas”. Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea, Brasília, 2015, v. 3, n. 1, pp. 06-27. Disponível em [http://periodicos.unb.br/index.php/fmc/article/view/12488/10909]: acessado em [06/06/2019].

  1. O texto das traduções deve ter no máximo 20000 palavras, e observar a seguinte sequência: título do texto traduzido, nome do autor do original, nome do tradutor, dados pessoais do tradutor, apresentação da tradução (no máximo 5000 palavras), e texto traduzido. Serão aceitas apenas traduções para a língua portuguesa, acompanhadas dos originais. Caso o texto traduzido não esteja no domínio público, é necessário que se providencie a AUTORIZAÇÃO por escrito do detentor dos DIREITOS AUTORAIS. A obtenção da autorização é de exclusiva responsabilidade do tradutor, e deverá ser enviada juntamente com a tradução.
  2. O texto das resenhas deve ter no máximo 5000 palavras, e observar a seguinte sequência: referência completa sobre o texto resenhado, nome do autor da resenha, dados pessoais do resenhista, e texto. Serão aceitas apenas resenhas de livros, cuja publicação tenha ocorrido há no máximo dois anos (caso o texto seja nacional) ou três anos (caso o texto seja estrangeiro).

Artigos

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.