Abya-Yala – revista sobre acesso à justiça e direitos nas Américas chega a sua quinta edição, o segundo número do ano 2018, em um momento emblemático para as ciências e o pensamento crítico: momento em que o avanço de forças conservadoras e de comportamentos fascistas ameaçam os direitos construídos e conquistados, compreendidos enquanto síntese de processos de luta historicamente travadas pelos povos latino-americanos.

Em respeito às histórias negadas e em reação aos silenciamentos provocados contra os povos de Abya Yala, esta quinta edição da revista difunde o dossiê “MEMÓRIAS INDÍGENAS: silêncios, esquecimentos, impunidade e reivindicação de direitos e acesso à justiça”, organizado pela professora doutora Ana Margarita Ramos, da Universidad Nacional de Rio Negro, Argentina, e pelo professor doutor Ricardo Verdum, do Museu Nacional/UFRJ, Brasil. Nele, pensadoras e pensadores de diversos países, nacionalidades e territórios convergiram seus esforços e vivências para, juntos, elaborarem um conjunto de reflexões críticas e necessárias sobre o tema nas Américas. Seus organizadores, pesquisadores de larga experiência atentos a importância da disputa pela memória, apresentam os fundamentos do dossiê no texto de abertura, o qual recomendamos leitura para dimensionar a relevância das reflexões que nele estão sintetizadas.

Publicado: 2018-08-30

MEMÓRIA E ACESSO AOS DIREITOS E ÀS JUSTIÇAS EM DISPUTA NAS AMÉRICAS

Talita Tatiana Dias Rampin, Rebecca Lemos Igreja, Maria Teresa Sierra Camacho, Fernando Antônio de Carvalho Dantas, Simone Rodrigues

02 - 05