Intensidade do trabalho:

questões conceituais e metodológicas

Autores

  • Sadi Dal Rosso Universidade de Brasília
  • Ana Cláudia Moreira Cardoso Departamento Intersindical de Estatística e de Estudos Socioeconômicos (Dieese)

Palavras-chave:

Teoria do valor trabalho, Intensidade laboral, Conceitos, Metodologia

Resumo

O objeto deste artigo é a discussão de elementos conceituais e metodológicos envolvidos com o fenômeno da intensidade do trabalho. Pesquisas realizadas em diversos países mostram que a intensificação é um componente estruturante do trabalho na contemporaneidade e essa tendência tem a capacidade de se prolongar por tempo indefinido sob o paradigma da hegemonia neoliberal que continua a reger as relações econômicas mundiais. O mesmo consenso não prevalece em relação a definições conceituais do fenômeno, seus correspondentes pressupostos teóricos e suas implicações metodológicas. A análise desta falta de consenso constitui o objetivo principal deste artigo. Para atender a este objetivo, será realizada uma revisão da literatura sobre a formulação da teoria do valor trabalho e de pesquisas recentes sobre o tema. A discussão conceitual e metodológica ancora-se na prática de levantamento de informações por meio de surveys da European Working Conditions Survey (EWCS), cujos questionários e relatórios serão analisados no tocante à objetividade e subjetividade, à relação das práticas empíricas com pressupostos conceituais, entre outros. Este ensaio de crítica conceitual e metodológica tem em vista estabelecer parâmetros para pesquisas necessárias ao contexto brasileiro, dadas, especialmente, as implicações da intensificação laboral sobre as condições de saúde de quem trabalha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sadi Dal Rosso, Universidade de Brasília

professor titular da Universidade de Brasília (UnB), Ph. D. (University of Texas at Austin).

Ana Cláudia Moreira Cardoso, Departamento Intersindical de Estatística e de Estudos Socioeconômicos (Dieese)

É pesquisadora do Departamento Intersindical de Estatística e de Estudos Socioeconômicos (Dieese), doutora (Universidade de São Paulo e Paris VIII).

Downloads

Publicado

31-05-2016

Como Citar

Dal Rosso, S., & Cardoso, A. C. M. (2016). Intensidade do trabalho:: questões conceituais e metodológicas. Sociedade E Estado, 30(3), 631–650. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/sociedade/article/view/6023

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.