Werner Sombart: um estrangeiro na tradição sociológica?

Main Article Content

João Carlos Graça

Resumo

O nome de Werner Sombart, dotado duma grande fama nos principais meios sociológicos à escala mundial há cerca de um século, tendeu depois a cair numa penumbra de quase-esquecimento, sendo habitualmente excluído do atual panteão sociológico. Isso ficou muito provavelmente a dever-se, entre outros fatores, à sua adesão tardia ao nazismo. Não obstante, foram famosíssimas, e são ainda hoje plenamente dignas de reflexão atenta: as suas considerações sobre a relação do capitalismo com a guerra, o luxo e a ética religiosa, particularmente a judaica; a dualidade valorativa da mentalidade capitalista (com a antinomia burguês-empresário); a periodização do capitalismo e a sua trajetória futura; as singularidades da vida política norte-americana. Sombart deixou várias questões por resolver, que nos interpelam ainda hoje direta e vivamente. Sendo um autor meio-olvidado da tradição sociológica, é todavia, de mais do que um ponto de vista, plenamente nosso contemporâneo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Graça, J. C. (2022). Werner Sombart: um estrangeiro na tradição sociológica?. Sociedade E Estado, 37(01). https://doi.org/10.1590/s0102-6992-202237010012
Seção
Artigos
Biografia do Autor

João Carlos Graça, SOCIUS/CSG, ISEG-UL

Agregação em Sociologia Económica; Doutoramento em Economia/ História do Pensamento Económico.

Professor Auxiliar com Agregação do Instituto Superior de Economia e Gestão, Universidade de Lisboa, Portugal.

Referências

Filiação institucional:

SOCIUS/CSG, ISEG, Universidade de Lisboa, Portugal.

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8791-6753