ESTUDO DA TERMODINÂMICA NO ENSINO MÉDIO POR MEIO DA MODELAGEM CIENTÍFICA E CICLOS DE MODELAGEM

Autores

  • Maria Géssica da Silva Secretaria de Educação do Estado do Ceará - SEDUC
  • Cláudio Dantas Universidade Regional do Cariri - URCA
  • Wilson Hugo Cavalcanti Freire Universidade Regional do Cariri - URCA

DOI:

https://doi.org/10.26512/rpf.v5i3.39056

Palavras-chave:

Instrução por modelagem. Modelo representacional-teórico. Termodinâmica

Resumo

O trabalho investiga a aprendizagem da Termodinâmica usando a modelagem científica no Ensino Médio na cidade de Acopiara, CE. Exploramos modelos representacionais, com acepção de Mario Bunge, acerca das Leis da Termodinâmica a partir do funcionamento de um motor a combustão interna de uma moto usando a instrução por modelagem. O estudo revela dificuldades iniciais de representação de uma situação real do funcionamento do motor, no processo didático os estudantes foram progredindo e se apropriando de aspectos conceituais da física. Todos os estudantes se envolveram de forma ativa na elaboração dos modelos. Houve uma melhoria em suas aprendizagens sobre o assunto e um despertar para sempre estarem aprendendo por meio da investigação dentro ou fora da escola

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BALDOW, R., & JR, F. N. Os Livros Didáticos de Física e Suas Omissões e Distorções na História. Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 3, p.3-19, (Maio de 2010).

______, Base Nacional Comum Curricular/ BNCC Proposta Preliminar. Conselho Nacional de Educação/ CNE. Ministério da Educação/ MEC, 2016a Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/documentos/bncc-2versao.revista.pdf. Acesso em 01 de agosto de 2018.

BRANDÃO, Rafael Vasques. ARAUJO, Ives Solano. VEIT, Eliane Angela. A modelagem científica vista como um campo conceitual. Cad. Bras. Ens. Fís., v. 28, n. 3: p. 507-545, dez. 2011.

BRANDÃO, Rafael Vasques. ARAUJO, Ives Solano. A modelagem científica de fenômenos físicos e o ensino de física. Física na escola, v. 9, n.1, 2008.

BUNGE, Mario. Teoria e Realidade. São Paulo: Perspectiva, 2017.

CIÊNCIAS DA NATUREZA, m. e. Orientações curriculares para o ensino médio (Vol. II). Ministério da Educação. BRASÍLIA, 2006

CORRALLO, Marcio Vinicius. JUNQUEIRA, Astrogildo de Carvalho. SCHULER, Tunísia Eufrausino. Ciclo de Modelagem associado à automatização de experimentos com o Arduino: uma proposta para formação continuada de professores. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 35, n. 2, 634 p. 634-659, ago. 2018.

GREF, Grupo de Reelaboração do Ensino de Física, Instituto de Física da USP. Leituras de física: física térmica, para ler, fazer e pensar, 1998.

HESTENES, D. Modeling theory for math and science education. In: LESH, R. et al. (Ed.), Modeling student’s mathematical modeling competencies (pp. 13-42). New York: Springer, 2010.

HESTENES, D. Notes for a modeling theory of science, cognition and instruction. In: Proceedings Girep Conference. Amsterdam: University of Amsterdam, 2006, p. 34- 65.

HEIDEMANN, Leonardo Albuquerque. ARAUJO, Ives Solano. VEIT, Eliane Angela.

Ciclos de modelagem: uma proposta para integrar atividades baseadas em simulações computacionais e atividades experimentais no ensino de física. Cad. Bras. Ens. Fís., v. 29, n. Especial 2: p. 965-1007, out. 2012.

HEIDEMANN, Leonardo Albuquerque. ARAUJO, Ives Solano. VEIT, Eliane Angela.Atividades experimentais com enfoque no processo de modelagem científica: Uma alternativa para a Ressignificação das aulas de laboratório em cursos de graduação em física. Revista Brasileira de Ensino de Física, vol. 38, nº 1, 1504, 2016a.

HEIDEMANN, Leonardo Albuquerque. ARAUJO, Ives Solano. VEIT, Eliane Angela. Modelagem Didático-científica: integrando atividades experimentais e o processo de modelagem científica no ensino de Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 33, n. 1, p. 3-32, abr. 2016b.

HEIDEMANN, Leonardo Albuquerque. ARAUJO, Ives Solano. VEIT, Eliane Angela. Dificuldades e avanços no domínio do campo conceitual da modelagem didático-científica: um estudo de caso em uma disciplina de física experimental. Investigações em Ensino de Ciências – V23 (2), pp. 352-382, 2018.

JÚNIOR, F. R., GILBERTO, F. N., & SOARES, P. A. Os Fundamentos da Física (6ª ed., Vol. 2). Moderna. São Paulo, 1993.

KELLY, G. A theory of personality – The psychology of personal constructs. New York: W. W. Norton & Company, 1963.

MARTINI, G., SPINELLI, W., REIS, H. C., & SANT'ANNA, B. Conexões com a Física (3ª ed., Vol. 2). Moderna. São Paulo, 2016.

MOREIRA, Marco Antonio. Modelos científicos, modelos representacionais, modelagem computacional e modelagem matemática: aspectos epistemológicos e implicações para o ensino. Revista Brasileira de Ciência e Tecnologia. V. 7, n. 2, maio-ago 2014.

SCHELLER , Morgana. BONOTTO, Danusa de Lara. MADRUGA, Zulma Elizabete de Freitas. BIEMBENGUT, Maria Salett. SÁNCHEZ, Jose Maria Chamoso. Modelagem nos anos iniciais da educação básica: como os estudantes modelam situações-problema?. Ciênc. Educ., Bauru, v. 23, n. 1, p. 197-217, 2017.

SOUZA, Ednilson Sergio Ramalho. ROZAL, Edilene Farias. Instrução por modelagem de David Hestenes: uma proposta de ciclo de modelagem temático e discussões sobre alfabetização científica. Revista de Educação em Ciências e Matemática, v.12 (24) Jan-Jul 2016. p.99-115.

SOUZA, Ednilson Sergio Ramalho. SANTO, Adilson Oliveira do Espírito. A teoria da modelagem de David Hestenes no ensino de ciências e matemática. REnCiMa, v.8, n.3, p.21-40, 2017.

WESTPHAL, M., & Pinheiro, T. C. A Epistemologia De Mario Bunge E Sua Contribuição Para O Ensino De Ciências. Ciência & Educação, 585-596. Santa Catarina, 2004.

Downloads

Publicado

2022-01-20

Como Citar

DA SILVA, M. G.; DANTAS, C.; CAVALCANTI FREIRE, W. H. ESTUDO DA TERMODINÂMICA NO ENSINO MÉDIO POR MEIO DA MODELAGEM CIENTÍFICA E CICLOS DE MODELAGEM . Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 5, n. 3, p. 64–82, 2022. DOI: 10.26512/rpf.v5i3.39056. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rpf/article/view/39056. Acesso em: 26 nov. 2022.