As fragilidades do federalismo cooperativo na crise do Covid-19

Autores

  • João Mendes da Rocha Neto Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.26512/gs.v11i3.32297

Palavras-chave:

Gestão da Saúde da População; Políticas de Saúde; Capacidade de Liderança e Governança; Sistemas Públicos de Saúde; Covid-19

Resumo

O objetivo deste ensaio é discutir, a partir das narrativas de governantes, impactos sobre a coordenação da política de saúde no período em que o país enfrenta a pandemia do Covid-19, tendo como pano de fundo as relações federativas. O argumento teórico foi balizado pelo debate em torno do federalismo e da coordenação, enfatizando a política de saúde na aproximação com os fatos analisados. Os elementos dessa fragilidade estão expressos nas falas de governantes e outros atores importantes, tanto em veículos da imprensa, como em documentos oficiais, destacando como tais episódios constituem-se em uma fragilidade, mesmo que momentânea, das relações entre o governo central e os estados. Adicionem-se a esse fato as medidas institucionais que evidenciaram essa persistente tensão entre o governo central e governantes subnacionais no enfrentamento da crise do Covid-19. Entende-se que o ensaio capturou apenas uma sequência de fatos, que devem ter novos elementos de tensão até que o país supere a fase mais aguda da crise do Corona vírus. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Barzelay M, Cortzár J. Una guía práctica para la elaboración de estudios de caso sobre buenas prácticas en gerencia social [Internet]. Washington: Instituto Interamericano para el Desarrollo Social; 2004. Disponível em: https://publications.iadb.org/es/publicacion/15330/una-guia-practica-para-la-elaboracion-de-estudios-de-caso-sobre-buenas-practicas

Ribeiro JM, Moreira, MR, Ouverney, AM, Pinto LF, Silva, CMFP. Federalismo e políticas de saúde no Brasil: características institucionais e desigualdades regionais. Ciência & Saúde Coletiva [Internet]. 2018; 23(6):1777-1789. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232018000601777&script=sci_abstract&tlng=pt.

Carvalho CM; Afonso JRR. Coordenação e relações intergovernamentais em federações avançadas: algumas lições para o Brasil. RJLB [Internet]. 2018; 6:1571-1604. Disponível em: http://www.cidp.pt/revistas/rjlb/2018/6/2018_06_1571_1604.pdf.

Souza C. Uniformidade, autonomia e coordenação de políticas públicas. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2019; 35 (2):1-14. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2019000803002

Menicucci TMG, Costa, LA, Machado JA. Pacto pela saúde: aproximações e colisões na arena federativa. Ciência & Saúde Coletiva [Internet]. 2018; 23(1):29-40. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232018000100029&script=sci_abstract&tlng=pt.

Schmidt F; Mello J; Cavalcante P. Coordenação governamental na crise da Covid-19: breve proposta de ação. Radar: tecnologia, produção e comércio exterior [Internet]. Brasília: Ipea, 2020. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/10116/1/Radar_62_coordena%C3%A7%C3%A3o.pdf

Lotta G; Gonçalves R; Bietelman M. A Coordenação Federativa de Políticas Públicas: uma análise das políticas brasileiras nas últimas décadas. Cadernos Gestão Pública e Cidadania [Internet]. 2014; 19(64):1-17. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cgpc/article/view/5817

Souza C. Coordenação de políticas públicas. Brasília: Enap; 2018. Disponível em: https://repositorio.enap.gov.br/bitstream/1/3329/1/Livro_Coordena%C3%A7%C3%A3o%20de%20pol%C3%ADticas%20p%C3%BAblicas.pdf

Gaetani F. La dinámica de la coordinación en el ámbito del Ejecutivo. Una reflexión a partir de las variaciones y contrastes en los dieciséis años de Cardoso y Lula. In: Grau, NC; Toro, JCF; Sáez, MA. (Orgs.). Fortalecimiento del alto gobierno: aproximaciones conceptuales. Caracas: Clad:425-453, 2011.

Souza GCA, Costa ICC. O SUS nos seus 20 anos: reflexões num contexto de mudanças. Saúde Soc [Internet]. 2010; 19(3):509-517. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-12902010000300004&script=sci_abstract&tlng=pt

Ribeiro JM; Moreira MR. A crise do federalismo cooperativo nas políticas de saúde no Brasil. Saúde Debate [Internet]. 2016; 40 (n.spe):14-24, dez,. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-11042016000500014&script=sci_abstract&tlng=pt

Carnut L; Narvai PC. Avaliação de desempenho de sistemas de saúde e gerencialismo na gestão pública brasileira. Saúde Soc [Internet]. 2016; 25(2):290-305. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-12902016000200290&script=sci_abstract&tlng=pt

Miranda GDM.; Mendes ACG; Silva ALA. O desafio da organização do Sistema Único de Saúde universal e resolutivo no pacto federativo brasileiro. Saúde Soc [Internet]. 2017; 26(2):329-335. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0104-12902017000200329&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Araújo CEL; Gonçalves GQ; Machado JA. Os municípios brasileiros e os gastos próprios com saúde: algumas associações. Ciência & Saúde Coletiva [Internet]. 2017; 22(3):953-963. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232017002300953&script=sci_abstract&tlng=pt

Rossi RC; Silva AS. O Consórcio do Nordeste e o federalismo brasileiro em tempos de Covid-19. Espaço e Economia [Internet]. Disponível em: http://journals.openedition.org/espacoeconomia/13776

Correio Braziliense. Entenda a operação de repatriação dos brasileiros que estão na China. [Internet]. 03 fev 2020. [Acesso em 08 de jul 2020]. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2020/02/03/interna-brasil,825213/entenda-a-operacao-de-repatriacao-dos-brasileiros-que-estao-na-china.shtml

Brasil. Ministério da Saúde. Plano de Contingência Coronavirus – COVID 19. Brasília, 2020. Disponível em:https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/13/plano-contingencia-coronavirus-COVID19.pdf

Koga NM; Palotti PLM; Goelnner IA; Couto BG. Instrumentos de políticas públicas para o enfrentamento do vírus da Covid-19: uma análise dos normativos produzidos pelo executivo federal. Nota Técnica 31. Brasília: Ipea, 2020. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=35429

Correio Braziliense. Caiado evita críticas a Bolsonaro, mas defende distanciamento. [Internet]. 11 Abr 2020. [Acesso em 08 de jul 2020]. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2020/04/11/interna_politica,843846/caiado-evita-criticas-a-bolsonaro-mas-defende-distanciamento.shtml

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria n. 1.587, de 19 de junho de 2020. Institui, no âmbito do Ministério da Saúde, a Força Tarefa de Fundamentação. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-1.587-de-19-de-junho-de-2020-262754005

O Estado de São Paulo. Quem reabre o Brasil não sou eu, é governador e prefeito', diz Bolsonaro a apoiador. [Internet]. 14 Abr 2020. [Acesso em 08 de jul 2020]. Disponível em: https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,quem-reabre-o-brasil-nao-sou-eu-e-governador-e-prefeito-diz-bolsonaro-a-apoiador,70003271096

Bevir M. Governança democrática: uma genealogia. Rev. Sociol. Polít.Curitiba [Internet]. 2011; 19(39):103-114. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-44782011000200008&script=sci_abstract&tlng=pt

O Globo. Em defesa de mais circulação, Bolsonaro volta a criticar restrições. [Internet]. 9 Abr 2020. [Acesso em 08 de jul 2020]. Disponível em: https://oglobo.globo.com/brasil/em-defesa-de-mais-circulacao-bolsonaro-volta-criticar-restricoes-24360475

O Globo. Planalto 'barra' representante de secretários estaduais de Saúde na posse de Teich. [Internet]. 17 Abr 2020. [Acesso em 08 de jul 2020]. Disponível em: https://oglobo.globo.com/brasil/planalto-barra-representante-de-secretarios-estaduais-de-saude-na-posse-de-teich-diz-entidade-1-24378325

Frente Nacional dos Prefeitos. Nota Oficial - FNP repudia declarações do presidente Jair Bolsonaro. [Internet]. 9 Abr 2020. [Acesso em 10 de jul 2020]. Disponível em: https://www.fnp.org.br/noticias/item/2267-nota-oficial-fnp-repudia-declaracoes-do-presidente-jair-bolsonaro

Lopez FG; Palotti PLM; Tolentino SC; Koga NM. Mapeamento dos profissionais de saúde no Brasil: alguns apontamentos em vista da crise sanitária da Covid-19. Nota Técnica 30. Brasília: Ipea, 2020. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=35426&Itemid=6

Correio Braziliense. Bolsonaro ataca Rodrigo Maia: "Péssima atuação". [Internet]. 16 Abr 2020. [Acesso em 08 de jul 2020]. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2020/04/16/interna_politica,845402/bolsonaro-ataca-rodrigo-maia-pessima-atuacao.shtml

Almeida A. Relações executivo-legislativo e governabilidade à luz da crise do Covid-19. Nota Técnica 34. Brasília: Ipea, 2020. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/9855/1/NT_34_Diest_Rela%c3%a7%c3%b5es%20Executivo_Legislativo%20e%20Governabilidade%20%c3%a0%20Luz%20da%20Crise%20Da%20Covid_19.pdf

Correio Braziliense. Repercussão: após manifestação pró-regime militar, Bolsonaro sofre críticas. [Internet]. 19 Abr 2020. [Acesso em 08 de jul 2020]. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2020/04/19/interna_politica,846293/repercussao-apos-manifestacao-pro-regime-militar-bolsonaro-sofre-cri.shtml

Moraes RF. Medidas legais de incentivo ao distanciamento social: comparação das políticas de governos estaduais e prefeituras das capitais no Brasil. Nota Técnica 16. Ipea: Brasília, 2020. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=35462&Itemid=4

Publicado

2020-12-21

Como Citar

1.
Mendes da Rocha Neto J. As fragilidades do federalismo cooperativo na crise do Covid-19. Rev. G&S [Internet]. 21º de dezembro de 2020 [citado 28º de janeiro de 2021];11(3):340-56. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/32297