Composição, composição, eis a única definição da arte

Main Article Content

Cláudia da Conceição Garcia

Resumo




O foco fundamental deste trabalho é resgatar o sentido do desenho como desígnio. A intenção é defender uma formação artística para os alunos de Arquitetura, com o que se resgata o papel fundamental do desenho em sua formação profissional. A formação do arquiteto e a do artista coincide; a técnica será tributária do intento artístico.




Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Garcia, C. da C. (2019). Composição, composição, eis a única definição da arte. Revista VIS: Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arte, 18(1), 69 - 77. https://doi.org/10.26512/vis.v18i1.22959
Seção
O Fenômeno Rítmico nas Artes

Referências

ARENDT, Hannah. A condição humana. São Paulo: Forense Universitária, 2008.

ARTIGAS, João Batista Vilanova. Caminhos da arquitetura. São Paulo: Cosac e Naify, 1999.

CORBUSIER. Le. Por uma arquitetura. São Paulo: Perspectiva, 1998.

COSTA, Lucio. Sobre Arquitetura. Porto Alegre: Uniritter, 2007.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O que é a filosofia?Rio de Janeiro: Editora 34,1992.

DUROZOI; Gérard; ROUSSEL, André. Dicionário de filosofia. Porto: Porto, 2000.

KATINSKY, Julio R. Técnica e arte na obra de Oscar Niemeyer. Disponbível em: <http://www.revistaau.com.br/arquitetura-urbanismo/165/artigo67580-2.asp> 2007. Acesso em: 25 jun 2009.

NIEMEYER, Oscar. A forma na arquitetura. Oscar Niemeyer. São Paulo: Revan, 2005.

QUEIROZ, Rodrigo (Org.) Coleção Niemeyer. Desenhos originais de Oscar Niemeyer. MAC/USP, São Paulo, 2008.

SCHILLER,Friedrich. A educação estética do homem. São Paulo: Iluminuras, 2002.