Corpos Informáticos

“Esqueci meu guarda-chuva”

Autores

  • Maria Beatriz de Medeiros
  • Natasha de Albuquerque

DOI:

https://doi.org/10.26512/vis.v17i1.20519

Palavras-chave:

Corpos Informáticos. Performance. Guarda-chuva. Jacques Derrida.

Resumo

O texto Corpos Informáticos: "Esqueci meu guarda-chuva" trata de performances de rua realizadas pelo Grupo de Pesquisa Corpos Informáticos durante os anos 2015 e 2016. A análise é feita tendo como ponto de partida um texto de Jacques Derrida sobre uma anotação de Nietzsche: "Esqueci meu guarda-chuva". Nos indagamos sobre o guarda-chuva entendido como arte, como ser e como grupo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

DELEUZE / SPINOZA. Curso de Vincennes, 13/01/1981.webdeleuze.com

KANTOR, Tadeusz. O teatro da Morte. São Paulo: Perspectiva/ edições SESC-SP, 2008.

Medeiros, M.B. e Albuquerque, Natasha de. "Composição urbana: surpreensão e fuleragem". Publicado no catálogo Palco Giratório: circuito nacional. Rio de Janeiro: SESC, Departamento Nacional, 2013. Disponível em http://grafiasdebiamedeiros.blogspot.com.br/2014/05/composicaourbana-surpreensao-e.html. Acesso em mai. 2016.

MEDEIROS, M.B. CORPOS INFORMÁTICOS: BIRUTAS (E) VENTO, In 24º Encontro Nacional da ANPAP, 24, 2015, Santa Maria (RS). Anais, ANPAP, UFSM, 2015, p. 1461-1475. Disponível em http://anpap.org.br. Acesso em Abril 2016.

NIETZSCHE, La Naissance de la tragédie. (Leipzig, E. W. Fritzsch, 1872). Paris: Éd. Gallimard, 1989.

Downloads

Publicado

2018-04-23

Como Citar

Medeiros, M. B. de, & Albuquerque, N. de. (2018). Corpos Informáticos: “Esqueci meu guarda-chuva”. Revista VIS: Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arte, 17(1), 35–47. https://doi.org/10.26512/vis.v17i1.20519

Edição

Seção

Dossiê - Bordas rarefeitas: dança e performance. Orgs: Marcia Almeida; Maria Bea

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)