O capital-dinheiro de comércio e o mercado do sexo

Autores

  • Carlos Lima Universidade de Brasília
  • Maria Lúcia Pinto Leal Leal Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Palavras-chave:

Valor; Mercado do sexo; Trabalho improdutivo; Trabalho destrutivo; Não mercadoria.

Resumo

Na seção introdutória, o capitalismo é apresentado como processo produtivo-consuntivo e, nesse sentido, são discutidos a mercadoria e o processo de produção e valorização do capital. Na seção 2, são discutidas as relações entre os dois departamentos da economia e a dinâmica do terciário. O trabalho propõe, dada a magnitude deste, a institucionalização do departamento III da economia a fim de compreender a atualidade do capitalismo em crise. Na seção 3, o trabalho desenvolvido pela prostituta é discutido e determinado nas esferas da produção e da circulação capitalistas para, finalmente, a realidade brasileira ser posta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Lima, Universidade de Brasília

Doutor por Paris I Panthéon-Sorbonne, professor da UnB, coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas
em Políticas Sociais (Neppos/Ceam) e orientador do Programa de Mestrado e Doutorado de Políticas Públicas em Serviço Social da UnB. 

Maria Lúcia Pinto Leal Leal, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutora pela PUC-SP e pós-doutora pelo Centro de Estudos Sociais da Faculdade de Economia de Coimbra, professora do Departamento de Serviço Social da Universidade de Brasília, coordenadora do Grupo de Pesquisa Violes/SER/UnB e coordenadora-geral da Pesquisa sobre Tráfico de Mulheres, Crianças e Adolescentes para fins de Exploração Sexual Comercial no Brasil (Pestraf, 2002), Recebeu Menção Honoris Causa pela Academia de Letras do Brasil em 2013.

Referências

BRAGA, Ruy. Condições de trabalho estão muito precárias. Caros Amigos, n. 102, p. 21-22, 2012.

CAMPOS, Lauro. A crise completa a economia política do não. São Paulo: Boitempo, 2001.

”“”“”“”“”“”“. O PT frente à crise do capitalismo. Brasília, 1991.

CHESNAIS, F. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996.

DOBB, Maurice, Etudes sur le développement du capitalisme. Paris: François Maspero, 1979.

GAUDEMAR, Jean-Paul de. Mobilidade do trabalho e acumulação do capital. Lisboa: Estampa, 1977.

LEAL, Maria Lúcia. Crianças e adolescentes no mercado do sexo ”“ fetichismo e precarização. Criança e adolescente: direitos, sexualidades e reprodução. São Paulo: ABMP, 2010.

LEFEBVRE, Henri. De l’Etat. v. 3: Le mode de production étatique. Paris: 10/18/1977.

LUXEMBURGO, Rosa. A acumulação de capital. Rio de Janeiro: Zahar, 1970.

MARX, Karl. El capital. T. I, v. 3. Ciudad de México: Siglo XXI, 2004.

”“”“”“”“”“”“. Elementos fundamentales para la crítica de la economía política. Grundrisse ”“ 1857-1858. v. 1. Ciudad de México: Siglo XXI, 1997.

MÉSZÁROS, I. Para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2001.

MOLLO, Maria de Lourdes Rollemberg. Capital fictício, autonomia produção-circulação e crises: precedentes teóricos para o entendimento da crise atual. 2011. Mimeografado.

PEREIRA, Potyara Amazoneida P. Réplica à recente matéria sobre o Programa Bolsa Família veiculada pelas Organizações Globo. 2012. Mimeografado.

RODRIGUES, E.; LIMA, C. Reflexões sobre a cidade e sua gestão. Quaestio, Revista de Estudos de Educação, São Paulo, Loyola, v. 1, n. 1, 1999.

RUBIN, I. I. A teoria marxista do valor. São Paulo: Polis, 1987.

VILLELA, Flávia. Falta de estratégia nacional leva à desindustrialização do país. Brasília: Ipea, 2012. Disponível em: <http://econimia.uol.com.br>. Acesso em: 15 mar. 2012.

VINCENT, Jean-Marie. Critique du travail. Paris: PUF, 1987.

Downloads

Publicado

2013-12-17

Como Citar

Lima, C., & Leal, M. L. P. L. (2013). O capital-dinheiro de comércio e o mercado do sexo. Revista Do CEAM, 2(1), 103–119. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/revistadoceam/article/view/10126

Edição

Seção

Pesquisa original

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.