Infância migrante e processos de acolhida em uma escola de Montevidéu

Autores

  • Mónica Elena Da Silva Ramos Universidad de la República
  • Ana Claudia Barreto dos Santos
  • Cecilia Gómez García

Palavras-chave:

Infância, Migração, Educação, Narrativas, Inclusão

Resumo

Apresenta-se neste artigo os primeiros resultados de uma investigação qualitativa que questiona os processos de acolhida das crianças migrantes em uma escola pública da cidade de Montevidéu. Utiliza-se uma metodologia que combina as narrativas e memórias das famílias, atores sociais e educativos entrevistados, e observações realizadas por estudantes universitárias. Expõe-se uma discussão sobre a preocupação e sensibilização dos atores educativos em relação à chegada das crianças migrantes. Além disso, as tensões e contradições que geram discrepâncias entre as políticas públicas, a normativa do sistema educativo e as práticas escolares no cotidiano do trabalho com a infância migrante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2020-10-09

Como Citar

Da Silva Ramos, M. E., Barreto dos Santos, A. C., & Gómez García, C. (2020). Infância migrante e processos de acolhida em uma escola de Montevidéu. Périplos: Revista De Estudos Sobre Migrações, 4(1). Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/obmigra_periplos/article/view/30367