O ensino de documentação museológica na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Autores

Palavras-chave:

Ensino. Documentação museológica. Graduação em Museologia. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Resumo

Este artigo aborda aspectos do ensino da documentação no curso de graduação em Museologia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), instalado no Centro de Artes, Humanidades e Letras, em Cachoeira e São Félix, a partir de análise de dados estatísticos institucionais do desempenho discente no componente curricular Informação e Documentação Museológica; de percentuais de Trabalhos de Conclusão de Curso na área de Documentação entre 2010-2018; e de especificidades decorrentes do projeto de Universidade em diálogo com culturas locais, da formação do corpo docente por museólogos, arqueólogos, antropólogos e historiadores da arte. Segundo as análises, há dificuldades enfrentadas pelos discentes tanto no início, a dinâmica universitária ainda não conhecida, quanto nos últimos semestres da graduação, especialmente na redação do TCC. Por fim, considera a documentação museológica fundamental para aplicar conhecimentos e desenvolver práticas na documentação de coleções arqueológicas, objetos artísticos, dentre outros. Também considera a relevância de abordagens sobre processos imateriais em trabalhos acadêmicos, embasados por uma abordagem da Museologia focada em memória, patrimônio e documentação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, Emanuel Silva; FERNANDES, Henry Luydy Abraham. A produção de farinha na Casa de Farinha de Dêgo In: FERNANDES, Henry Luydy Abraham; COMERLATO, Fabiana. (Orgs.). Arqueologia e patrimônio cultural na UFRB: 10 anos de pesquisas (2008-2018). E-book. Pelotas: BasiBooks, 2020. p. 85-107.

AUDEBERT, Ana Cristina; SANTIAGO, Camila.; FERREIRA, Cristina; FERNANDES, Luydy; DORIA, Rita. 2010. Projeto pedagógico do curso de graduação em Museologia, UFRB, Digitado, Cachoeira, 100 pp.

BALLARDO, Luciana Oliveira Messeder. Documentação museológica: a elaboração de

um sistema documental para acervos arqueológicos e sua aplicação no Laboratório de Estudos e Pesquisas arqueológicas / UFSM. 2013. 127f. Dissertação (Mestrado em Patrimônio Cultural) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013.

BINFORD, Lewis Roberts. In pursuit of the past: Decoding the Archaeological Record, With a New Afterword. Berkeley, Los Angeles: University California Press, 2002.

BOTALLO, Marilúcia. A gestão documental do patrimônio arqueológico e etnográfico. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo, vol. 1, n. 6, p. 287-292, 1996.

BRASIL. Lei n. 10.172, de 09 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. Brasília, 2001. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/livro/livro.pdf. Acesso em: 28 set. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação (MEC). Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE): Razões, Princípios e Programas. Brasília, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/livro/livro.pdf Acessado em: 28 set. 2021.

CALDARELLI, Solange Bezerra; SANTOS, Maria do Carmo Monteiro dos. Arqueologia de Contrato no Brasil. Revista USP, n. 44, p. 52-73, dez. 1999/ fev. 2000.

CAMARGO-MORO, Fernanda de. Museu: aquisição e documentação. Rio de Janeiro: Livraria Eça Editora, 1986.

CIDOC - ICOM. Comitê Internacional de Documentação. Conselho Internacional de Museus. Declaração dos princípios de documentação em museus e Diretrizes internacionais de informação sobre objetos: Categorias de Informação do Comitê Internacional de Documentação (CIDOC - ICOM). Tradução: Roteiro Editoração e Documentação. São Paulo: Secretaria de Estado de Cultura de São Paulo; Associação de Amigos do Museu do Café; Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2014.

CLARKE David L. Analytical archaeology. 2. ed. New York: Columbia University Press, 1978.

COSTA, Carlos Alberto Santos. Proposta de instrumento documental museológico complementar para as coleções arqueológicas do MAE/UFBA. Revista Eletrônica Jovem Museologia: Estudos sobre Museus, Museologia e Patrimônio. Rio de Janeiro, Vol. 2, n. 4, n. 2, 2007. Disponível em: <http://docs.wixstatic.com/ugd/76cd3d_b7be2f51347b4d2c96bdd1f467358167.pdf>. Acesso em: 27 jun. 2017.

COSTA, Carlos Alberto Santos. Por políticas para a gestão e musealização do patrimônio arqueológico: uma escala de sentidos. Habitus, vol. 17, n. 1, p. 101-124, 2019.

COSTA, Carlos Alberto Santos; COMERLATO, Fabiana. Você me daria um "cheque em branco"? um olhar sobre o endosso institucional em projetos de Arqueologia. Revista de Arqueologia, [S. l.], v. 26, n. 2, p. 115–131, 2014.

COSTA, Carlos Alberto Santos; FERNANDES, Henry Luydy Abraham. “Joga fora no lixo”?: reflexões sobre o descarte de espólio de pesquisas arqueológicas no Brasil. Revista de Arqueologia, v. 33, n. 3, p. 189-205, 2020.

DOMINGO, Ines; BURKE, Healther; SMITH, Claire. Manual de campo del arqueólogo. Barcelona, España: Ariel, 2015.

FERNANDES, Henry Luydy Abraham.; COSTA, Carlos Alberto Santos. Procedimentos iniciais de documentação sobre coletas arqueológicas no Laboratório de Documentação e Arqueologia – UFRB. Habitus, Goiânia, vol. 16, n 2, p. 345-360, jul./dez. 2018.

FERREIRA, Lúcio Menezes. Essas coisas não lhes pertencem: relações entre legislação arqueológica, cultura material e comunidades. Revista de Arqueologia Pública, n.7, p. 87-106, jul. 2013.

FERREZ, Helena Doddy. Tesauro de objetos do patrimônio cultural nos museus brasileiros. Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Rio do Janeiro, 2016.

FUNARI, Pedro Paulo; OLIVEIRA, Nanci Vieira de. A Arqueologia do conflito no Brasil. In: FUNARI, Pedro Paulo; Zarankin, Andrés; Alberioni dos Reis, José Alberioni (Orgs.). Arqueologia da repressão e da resistência: América Latina na era das ditaduras (décadas de 1960-1980). Brujas, Córdoba. 2006. p. 87-116.

HODDER, Ian; HUTSON Scott. Reading the past, 3.ed. New York: Cambridge University Press, 2003.

ICOM. Conceitos-chave de Museologia. São Paulo: Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus: Pinacoteca do Estado de São Paulo: Secretaria de Estado da Cultura, 2013. p. 64-67. Disponível em: http://www.icom.org.br/wp-content/uploads/2014/03/PDF_Conceitos-Chave-de-Museologia.pdf

JOHNSON, Matthew. Teoría arqueológica, una introducción. Barcelona, Ariel Historia, 2000.

LIMA, F. L. P. Documentação do cemitério dos Alemães na cidade de Cachoeira, BA. In: FERNANDES, H. L. A. e COMERLATO, F. (Orgs.). Arqueologia e patrimônio cultural na UFRB: 10 anos de pesquisas (2008-2018). E-book. Pelotas: BasiBooks, 2020. P. 145-162.

LOUREIRO, Maria Lúcia de Niemeyer Matheus; LOUREIRO, José Mauro Matheus 2013. Documento e musealização: entretecendo conceitos. MIDAS, museus e estudos interdisciplinares, n. 1, p. 1-14, 2013. Disponível em: http://journals.openedition.org/midas/78 Acessado em: 04 dez. 2021.

LOUREIRO, Maria Lúcia de Niemeyer Matheus. O objeto de museu como documento: um panorama introdutório. Em Questão, Porto Alegre, v. 25, n 1, p 13-36, jan./abr. 2019.

MOTTA, Dilza Fonseca da. Tesauro de cultura material dos índios no Brasil. Rio de Janeiro: Museu do Índio - FUNAI, 2006.

MURRAY, Tim; EVANS, Christopher. Histories of archaeology: a reader in the history of archaeology, Oxford, University Press, 2008.

NASCIMENTO, G. S. Formação de macrotraços em instrumentos líticos experimentais. In: FERNANDES, H. L. A. e COMERLATO, F. (Orgs) Arqueologia e patrimônio cultural na UFRB: 10 anos de pesquisas (2008-2018). E-book. Pelotas: BasiBooks, 2020. P. 67-84.

PADILHA, Renata Cardoso. Documentação museológica e gestão de acervo. Florianópolis, FCC edições, 2014. (Coleção Estudos Museológicos, v. 2)

PEREIRA, Luana Freitas; SILVA, Sabrina Damasceno. Mnemosyne, software para documentação museológica. In: COMERLATO, Fabiana; FERNANDES, Henry Luydy Abraham (Orgs.). Estudos da graduação em Museologia. E-book. Cruz das Almas: Editora da UFRB, 2021. p. 81-93.

REDASH UFRB. Disponível em: http://painel.ufrb.edu.br/public/dashboards/Di61AxlrURoCMtOQT0ZSOOGj1nmocyrBYx9O8Blh?org_slug=default

Acessado em: 08 dez. 2021.

RENFREW, Colin; BAHN, Paul G. Archaeology: theories, methods and practice. 5. ed. London: Thames and Hudson, 2008.

SALADINO, Alejandra; MACHADO, Guilherme de Almeida. A arqueologia na formação do museólogo: um olhar a partir do curso de museologia (1932 – 2010). Cadernos de Sociomuseologia, n. 7, p. 107- 127, 2016.

SANTANA, Eliezer Francisco de. Festa do Divino: um traço religioso e cultural na cidade da Cachoeira. Cachoeira, BA: Portuário Atelier Editorial, 2017.

SANTANA, Jefferson Coelho; PACHECO, Ana Paula Soares. Coleção Inglesa do Museu Regional de Artes. In: COMERLATO, Fabiana; FERNANDES, Henry Luydy Abraham (Orgs.). Estudos da graduação em Museologia. E-book. Cruz das Almas: Editora da UFRB, 2021. P. 67-79.

SANTOS, Edna Paixão. e FERNANDES, Henry Luydy Abraham. Produção tradicional do azeite de dendê em Cachoeira, BA. In: FERNANDES, H. L. A. e COMERLATO, F. (Orgs) Arqueologia e patrimônio cultural na UFRB: 10 anos de pesquisas (2008-2018). E-book. Pelotas: BasiBooks, 2020. P. 108-130.

SANTOS, Aline Marçal. Cores, formas e padrões de simetria, um estudo dos ladrilhos hidráulicos de Cachoeira, BA. In: FERNANDES, H. L. A. e COMERLATO, F. (Orgs) Arqueologia e patrimônio cultural na UFRB: 10 anos de pesquisas (2008-2018). E-book. Pelotas: BasiBooks, 2020. P. 176-197.

SANTOS, Naiara Santana do Nascimento. Documentação Museológica, gestão e extroversão de acervo arqueológico. 2016. 88 fl. (TCC). Graduação em Museologia. Centro de Artes, Humanidades e Letras, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. 2016.

SANTOS, Naiara Santana do Nascimento; FERNANDES, Henry Luydy Abraham. Documentação museológica de acervo arqueológico. In: COMERLATO, Fabiana; FERNANDES, Henry Luydy Abraham (Orgs.). Estudos da graduação em Museologia. E-book. Cruz das Almas: Editora da UFRB, 2021. p. 35-49.

SANTOS, Girlene Ferreira; PÊPE, Suzane Tavares de Pinho. Maniçoba: Identidade e Memória. In: COMERLATO, Fabiana; FERNANDES, Henry Luydy Abraham (Orgs.). Estudos da graduação em Museologia. E-book. Cruz das Almas: Editora da UFRB, 2021. p. 255 -270.

SANTOS NETA, C. J. F. Embrechados nas igrejas do Recôncavo baiano: proposta documental na igreja do antigo seminário de Belém de Cachoeira, BA. In: FERNANDES, H. L. A. e COMERLATO, F. (Orgs) Arqueologia e patrimônio cultural na UFRB: 10 anos de pesquisas (2008-2018). E-book. Pelotas: BasiBooks, 2020. p. 131-144.

SHANKS, Michael; TILLEY, Christopher. Social Theory And Archaeology. Albuquerque: University of New Mexico Press,1987.

SOUZA, Lise Marcelino; FERNANDES, Henry Luydy Abraham. Fotografias do mapeamento arqueológico do Recôncavo. In: COMERLATO, Fabiana; FERNANDES, Henry Luydy Abraham (Orgs.). Estudos da graduação em Museologia. E-book. Cruz das Almas: Editora da UFRB, 2021. p. 51-65.

TRIGGER, Bruce Graham. História do pensamento arqueológico. 2 ed. São Paulo: Odysseus, 2004.

UFBA, 2003. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB: subsídios para a criação e implantação a partir do desmembramento da Escola de Agronomia da UFBA. Salvador, digitado, 79 fl.

UFRB, 2018. Memorial. Linha do Tempo. Disponível em: https://www.ufrb.edu.br/memorial/linha-do-tempo Acessado em: 29 out. 2021.

UFRB, 2017. Em seus 12 anos, UFRB comemora maioria negra e pobre no ensino superior. Disponível em:

https://ufrb.edu.br/portal/noticias/4800-em-seus-12-anos-ufrb-comemora-maioria-negra-e-pobre-no-ensino-superior Postado em: 28 jul. 2017. Atualizado em: 10/08/17. Acessado em: 02 dez. 2021.

UFRB. Universidade Federal do Recôncavo Da Bahia. Plano de desenvolvimento institucional. PDI-UFRB 2019-2030, Cruz das Almas. 2018. 124pp. (digitado).

UFRB, 2021. UFRB completa 16 anos em 2021: confira infográfico com números da instituição. Disponível em: https://www.ufrb.edu.br/portal/noticias/6230-ufrb-completa-16-anos-em-2021-confira-infografico-com-numeros-da-instituicao Postado em: 29 jul. 2021. 08:25. Atualizado em: 02 ago. 21. Acessado em 02 dez. 2021.

VASCONCELOS, Mara Lucia Carrett de; SANTANA, Celina Rosa. Etnografia da ciência e acervos arqueológicos: o arquivo pessoal de Valentin Calderón e sua contribuição para a musealização das coleções no MAE/UFBA. Revista Hawò, v. 2, p. 1-20. 2021.

Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/hawo/article/view/68808

Acessado em 02 dez. 2021.

WICHERS, Camila Azevedo de Moraes. Dois enquadramentos, um mesmo problema: os desafios da relação entre museus, sociedade e patrimônio arqueológico. Revista de Arqueologia, vol. 27, n 1, p. 18-39, 2014.

WICHERS, Camila Azevedo de Moraes. Museus e Antropofagia do Patrimônio Arqueológico: caminhos da prática brasileira. 2010, 249 p. (Tese). Doutorado em Museologia, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia, Lisboa, Portugal. 2010.

Downloads

Publicado

2022-09-05

Como Citar

Fernandes, H. L. A., & Tavares de Pinho Pepê, S. (2022). O ensino de documentação museológica na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Museologia & Interdisciplinaridade, 11(Especial), 42–62. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/museologia/article/view/42965

Edição

Seção

Dossiê Perspectivas de Documentação Museológica: Competências, Formações, Experi