Noite das Estrelas

uma explosão de amor das grafias cosmopoéticas negras LGBT+ faveladas

Autores

  • Wallace Lino

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v11i21.41806

Palavras-chave:

negras, LGBT, favela, arte, performance

Resumo

Este artigo tem a perspectiva de apresentar a “Noite das Estrelas”, antigos shows criados por LGBT+ do bairro Maré, no Rio de Janeiro, durante as décadas de 80 e 90. A abordagem pretende apresentar fragmentos da pesquisa desenvolvida pelo Projeto Entidade Maré na costura de pensamentos de intelectuais negras e negros para estabelecer a Noite como material vivo das grafias e explosões do amor, cosmopoéticas e memórias negras LGBT+ faveladas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

AFFONSO, Matheus; ANDRADE, Jaqueline; LINO, Paulo Victor; LINO, Wallace. PROJETO ENTIDADE MARÉ. Amar na Maré. Piseagrama, Belo Horizonte, nº 15, 2021, p. 10-17.

BAPTISTA, Jean; BOITA,Tony; WICHERS, Camila. O que é museologia LGBT? Revista Memórias LGBT, Ano 7, ed.12, 2020.

BONA, Dénètem Touam. Cosmopoéticas do refúgio. Tradução Milena P. Duchiade,

Florianópolis: Cultura e Barbárie, 2020.

CRENSHAW, Kimberlé. Documento para o encontro de especialistas em aspectos da discriminação racial relativos ao gênero. Rev. Estud. Fem. [online]. 2002, vol.10, n.1, pp.171-188.

EVARISTO, Conceição. Escrevivência: a escrita de nós Reflexões sobre a obra de

Conceição Evaristo – Anotações sobre Escrevivência. Organização Constância

Lima Duarte, Isabella Rosado Nunes; ilustrações Goya Lopes. -- 1. ed. --Rio de

Janeiro: Mina Comunicação e Arte, 2020.

GOMES, Carolina Almeida. A arte da pedagogia ou a pedagogia da arte - Um estudo

de caso sobre a Cia Marginal. Trabalho de Conclusão de Curso de Ensino do

Teatro da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) Centro

de Letras e Artes. 2013.

hooks, bell. Olhares negros: raça e representação. Tradução de Stephanie Borges.

São Paulo: Elefante, 2019.

hooks, bell. Vivendo de amor.Tradução de Taísa Mendonça. 2010. Disponível em:

https://www.geledes.org.br/vivendo-de-amor/

JESUS, Jaqueline Gomes de. Xica Manicongo: A transgeneridade toma a palavra.

Revista Docência e Ciber Cultura, 2019.

MARTINS, Leda Maria. Performances da Oralitura: Corpo, Lugar da Memória. Revista letras número 26° Língua e Literatura: Limites e Fronteiras. 2003. (26), 63–81.

MEIRELES, Flávia. Corpos/Corpas/Corpes Dissidentes e a Cena Artística: Políticas

da diferença. In: Moringa – artes do espetáculo. Volume 11, número 1, 2020.

p. 33-47.

Memória e identidade da Maré - Núcleo de Memória e Identidade, 2012.

MOMBAÇA, Jota. O mundo é meu trauma. Piseagrama. Belo Horizonte, número

, p. 20- 252017.

MOMBAÇA, Jota. Não vão nos matar agora/ Jota Mombaça Rio de Janeiro: Cobogó

NASCIMENTO, Beatriz. Texto e na narração do documentário “Orí” de Raquel

Gerber. 1989.

SANTOS, Carla Juliana Bezerra dos. Pretofagia: monumento e cena como voz de

fantasmas e lugar de afetos. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado em

Estética e Teoria do Teatro) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro,

SILVA, Cláudia Rose Ribeiro. Maré a invenção de um bairro. Dissertação Fundação

Getúlio Vargas Centro de Pesquisa e Documentação de história contemporânea

do Brasil- CPDOC. Programa de Pós Graduação em História Política e Bens

Culturais – PPHPBC Mestrado Profissionalizante em Bens Culturais e Projetos

Sociais, 2006.

Entrevistas

Documentário Antes da Noite 2021. Filme de Paulo Victor Lino e Wallace Lino.

Entrevistas Madame e Pantera

https://www.youtube.com/watch?v=KoVp55PUq-Y

Experimento 10 anos de parada na Maré, uma declaração de amor ao LGBT+ da

Maré 2020. Filme de Paulo Victor Lino e Wallace Lino. Entrevista Gilmara Cunha

https://www.youtube.com/watch?v=bouPZ_HZyB8

Downloads

Publicado

2022-05-17

Como Citar

Lino, W. (2022). Noite das Estrelas: uma explosão de amor das grafias cosmopoéticas negras LGBT+ faveladas. Museologia & Interdisciplinaridade, 11(21), 149–164. https://doi.org/10.26512/museologia.v11i21.41806

Edição

Seção

Dossiê Museus e Museologia LGBT