Coleção Mário de Andrade no Museu Afrodigital - Estação Pernambuco:

um estudo sobre repatriação digital de acervos

Autores

  • Charles Douglas Martins

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v8i16.27326

Resumo

Ao depararmos com a vasta coleção de objetos disponíveis na reserva técnica da Coleção Mário de Andrade, no Centro Cultural São Paulo, constatamos, através de registros históricos, que estes objetos tratavam-se de material apreendido durante a fase de intolerância ocorrida na década de 30 do século passado. Após 80 anos, uma equipe de pesquisadores pernambucanos retornam ao Centro Cultural São Paulo (CCSP) com o objetivo de digitalizar essa coleção e disponibilizá-la à sociedade. O que se descobre após a publicação desta pesquisa são tensões oriundas do desejo de restituição destas obras pelas comunidades de terreiros, herdeiras deste acervo, bem como uma nova visão do museu virtual exercendo forte papel social neste processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ASSIS, Maria Elisabete Arruda de. Repatriação digital do acervo afro Pernambucano sob a guarda do Centro Cultural São Paulo. Disponível em: http://www.museuafrodigital.com.br/repatriacaodigital/ Acesso em: 17 set. 2019.

CARVALHO, Rosane Maria Rocha de. Comunicação e informação de museus na internet e o visitante virtual. Revista Museologia e Patrimônio, Rio de Janeiro, v. 1, n.º 1, 2008.

BECKER, S. Howard. Método de pesquisa em Ciências Sociais. São Paulo: Ed. Hucitec, 1993.

HAZAN, S. The virtual aura - is there a space for enchantment in a technological world? Museums and the Web 2001, Selected papers. Pittsburgh: Archives and Museum Informatics, 2001.

ICOM - International Council of Museums. Código de Ética do ICOM para Museus. Brasil, Portugal: ICOM, 2009.

ICOM - International Council of Museums. Recommendations Concerning the Return of Works of Art Belonging to Jewish Owners. Paris: ICOM, 1999.

ORTIZ, José Mário. Relações Cinema-História: perigo e fascinação. Projeto História, São Paulo, nº. 4, jun.1985.

SANTOS, Myrian Sepúlveda dos. Museu digital da memória afro-brasileira: algumas questões. MAST Colloquia, Rio de Janeiro, v. 12, 2010.

SCHEINER, Teresa Cristina. Para além do Museu: museologias e Meta (?) teorias. Notas sobre a contribuição de Stransky ao pensamento latino-americano. In: SOARES, Bruno Brulon; BARAÇAL, Anaildo (Orgs.) Stránský: uma ponte Brno ”“ Brasil. Anais do III Ciclo de Debates da Escola de Museologia da UNIRIO, Rio de Janeiro, 2017.

SCHWEIBENZ, Werner. The "Virtual Museum": new perspectives for museums to present objects and information using the Internet as a knowledge base and communication system. Alemanha: School of Information Science, University of Saarland, 1998.

SOARES, Bruno Brulon; SCHEINER, Tereza. A ascensão dos museus comunitários e os patrimônios ‘comuns’: um ensaio sobre a casa. Anais do X Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (X ENANCIB), João Pessoa, 2009.

Downloads

Publicado

2019-10-30

Como Citar

Martins, C. D. (2019). Coleção Mário de Andrade no Museu Afrodigital - Estação Pernambuco:: um estudo sobre repatriação digital de acervos. Museologia &Amp; Interdisciplinaridade, 8(16), 301–309. https://doi.org/10.26512/museologia.v8i16.27326