Os órgãos na ilha Terceira na primeira metade do século XIX: elementos introdutórios a uma cartografia organológica

Autores

  • Luís Henriques

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v8i15.24971

Palavras-chave:

Órgão. Música sacra, Paisagem sonora, Ilha Terceira. Século XIX

Resumo

Angra foi uma importante cidade do arquipélago dos Açores enquanto centro de passagem das rotas marítimas atlânticas, assento de diocese desde 1534 e, na segunda metade do século XVIII, da Capitania-Geral dos Açores. Foram fundadas várias instituições religiosas na cidade desde o século XVI, nomeadamente igrejas paroquiais e conventos, até à sua extinção em 1832. O presente estudo pretende apresentar uma cartografia dos órgãos existentes na ilha Terceira durante esse período, bem como a rede de relações entre instituições e alguns dos indivíduos que estiveram presentes de forma a estabelecer um itinerário virtual de instrumentos, construtores e instrumentistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALEGRIA, José A. O ensino e prática da música nas Sés de Portugal (da Reconquista aos fins do século XVI). Lisboa: Instituto de Cultura e Língua Portuguesa, 1985.

ANDRADE, Jerónimo E. d’. Topographia, ou descripção physica, politica, civil, ec-clesiastica e histórica da ilha terceira dos Açôres. Parte Primeira. Annotada pelo Vigario José Alves da Silva. Angra do Heroísmo: Livraria Religiosa ”“ Editora, 1891.

CORDENIZ, José N. Os órgãos de tubos de António Xavier Machado e Cer-veira nos Açores. Dissertação de mestrado, Universidade Nova de Lisboa, 2010.

COSTA, Félix J. Angra do Heroísmo, Ilha Terceira (Açores) (Os seus títulos, edifícios e estabelecimentos públicos). Angra do Heroísmo: Typ. do Governo Civil, 1867.

COSTA, Susana G. Açores: Nove Ilhas, Uma História. Berkeley: Institute of Go-vernmental Studies/University of California, 2008.

CUNHA, Manuel A. da. Notas Históricas: Oferecidas á Mocidade Estudiosa Calhetense. Calheta, S. Jorge: Typographia de «O Dever», 1924.

DRUMOND, Francisco F. Annaes da Ilha Terceira. Tomo III. Angra do Heroísmo: Typ. de M. J. P. Leal, 1859.

DRUMOND, Francisco F. Apontamentos Topográficos, Políticos, Civis e Ecclesiásticos para a História das nove Ilhas dos Açores servindo de suplemento aos Anais da Ilha Terceira. Angra do Heroísmo: Instituto Histórico da Ilha Terceira, 1990.

GABLENZ, T. Organs of Two Islands. Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira. 27-28, p. 490-519, 1959-60.

JIMÉNEZ, Juan R. Cathedral Soundscapes: Some New Perspectives. In: Companion to Music in the Age of the Catholic Monarchs. ed. Tess Knighton, Leiden: Brill, 2017.

LOPES, Frederico. Da Praça à s Covas ”“ Memórias de uma Velha Rua. Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira. 23-24, p. 5-376, 1965-66.

MACHADO, Dinarte e DODERER, Gerhard. Inventário dos Órgãos dos Açores. Angra do Heroísmo: Presidência do Governo Regional dos Açores/Direção Regional da Cultura, 2012.

MARTINS, Francisco E. de O. Mobiliário Açoriano: elementos para o seu estu-do. Angra do Heroísmo: Secretaria Regional da Educação e Cultura ”“ Direcção Regional dos Assuntos Culturais, 1981.

MOTA, Valdemar. Santa Sé do Salvador. Igreja Catedral dos Açores. Angra do Heroísmo: Sé de Angra, 2007.

MOTA, Valdemar. Mais uma achega para a história do Orgão Grande da Sé Catedral de Angra. Ilha Terceira. 83, p. 7-8, 1986.

PEREIRA, Luís E. Mais Algumas notas sobre o “Orgão Grande” da Sé de Angra. Ilha Terceira. 87, p. 5-7, 1987.

PEREIRA, Luís E. Os Órgãos da Sé. Ilha Terceira. 82, p. 8-9, 1986.

SAMPAIO, Alfredo. Memória sobre A Ilha Terceira. Angra do Heroísmo: Impren-sa Municipal, 1904.

WITTE, Charles-Martial. Documents Anciens des Archives du Chapitre d’Angra. Lusitania Sacra. 9, p. 129-253, 1972.

Downloads

Publicado

2019-06-02

Como Citar

Henriques, L. (2019). Os órgãos na ilha Terceira na primeira metade do século XIX: elementos introdutórios a uma cartografia organológica. Museologia &Amp; Interdisciplinaridade, 8(15), 275–286. https://doi.org/10.26512/museologia.v8i15.24971