Entrevista com Céline Ruivo

Autores

  • José Quental

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v8i15.24667

Palavras-chave:

Cinematecas. Preservação audiovisual. Digital. Formação. Patrimônio Audiovisual.

Resumo

Céline Ruivo é diretora de coleções de filmes da Cinémathèque française (2011) e coordenadora da Comissão Técnica da FIAF (2016). Formada em Cinema pela Université Paris 1 - Panthéon-Sorbonne e doutora pela pela Université Paris 3 ”“ Sorbonne Nouvelle, passou ainda pela Université Paris 8 (Master Válorisation du Patrimoine cinématographique et audiovisuels) e pela Selznick School da George Eastman House. Seu percurso de formação e profissional é exemplar de uma nova geração de preservacionistas audiovisuais que vêm aos poucos ocupando postos-chave nas principais instituições de guarda e conservação do patrimônio audiovisual. A entrevista foi realizada em setembro de 2018 na Cinemateca do MAM do Rio de Janeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BARBIN, Pierre. La Cinémathèque Française. Inventaire e legends (1936-1986). Paris: Vuibert, 2005.

COELHO, Maria Fernando Curado. A experiência brasileira na conservação de acervos audiovisuais: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação), Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2009.

COMTE, Christian; RICORDEL, Nicolas. SACHA: un scanner spécifique pour les films anciens aux Archives Françaises du Film. Journal of Film Preservation. Bruxe-las, Dez. 20104.

MANNONI, Laurent. Histoire de La Cinémathèque Française. Paris: Gallimard, 2006.

LE ROY, Eric. Cinémathèques et archives du film. Paris : Armand Colin, 2013.

OLMETA, Patrick. La Cinémathèque française de 1936 Ã nos jours. Paris: CNRS, 2000. (CNRS histoire. Histoire contemporaine).

PAINI, Dominique (dir.) Le musée imaginaire d’Henri Langlois. Paris: Flammarion; La Cinémathèque française, 2014.

SCIENCE AND TECHNOLOGY COUNCIL OF THE ACADEMY OF THE MOTION PICTURES ARTS AND SCIENCES. O Dilema Digital. Cinemateca Brasilei-ra, 2009.

SITTON, Robert. Lady in the dark: Iris Barry and the art of film. Nova Yorque: Columbia University Press, 2014.

WASSON, Haidee. Museum Movies: the Museum of Modern Art and the birth of art cinema. Berkeley e Los Angeles: University of California Press, 2005.

Downloads

Publicado

2019-05-14

Como Citar

Quental, J. (2019). Entrevista com Céline Ruivo. Museologia &Amp; Interdisciplinaridade, 8(15), 73–84. https://doi.org/10.26512/museologia.v8i15.24667

Edição

Seção

Dossiê Cinema, Museu e Patrimônio