Gênero e montagem em Os óculos do vovô (Francisco Santos, 1913): anotações de um historiador

Autores

  • Eduardo Morettin

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v8i15.24664

Palavras-chave:

Cinema e história. História do cinema brasileiro. Preservação audiovisual.

Resumo

O objetivo do artigo é analisar as relações entre cinema e história a partir de Os óculos do vovô (Francisco Santos, 1913), o mais antigo remanescente da produção ficcional da história do cinema brasileiro. Serão examinados o diálogo da obra com o seu contexto histórico e as questões de estilo, como a estratégia de montagem. Inspirado pelo texto Jogo de Armar: anotações de catalogador, de Maria Rita Galvão, os apontamentos da historiadora em relação à obra também serão objeto de reflexão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALMEIDA, Guilherme Pinto de. Notas introdutórias à iconografia do Almanaque do Bicentenário de Pelotas (Vol. 1). In: RUBIRA, Luís (org.). Almanaque do Bicen-tenário de Pelotas. v. 1. Santa Maria/RS: PRÓ-CULTURA RS / Gráfica e Editora Pallotti, 2012, p. 301 ”“ 334.

BERNARDET, Jean-Claude. Historiografia clássica do cinema brasileiro. Metodolo-gia e pedagogia. São Paulo: Annablume, 1995.

BORGES, Luís. Revista do 1º Centenário de Pelotas: uma visão retrospectiva e prospectiva. In: RUBIRA, Luís (org.). Almanaque do Bicentenário de Pelotas. v. 1. Santa Maria/RS: PRÓ-CULTURA RS / Gráfica e Editora Pallotti, 2012, p. 69 ”“ 112.

COSTA, Flávia Cesarino. O primeiro cinema. São Paulo, Scritta, 1995.

CUARTEROLO, Andrea. “O cinema histórico argentino durante o período silen-cioso: dois modelos estéticos e ideológicos em disputa”. In: AGUIAR, Carolina e outros. Cinema e História: circularidades, arquivos e experiência estética. Porto Alegre, Editora Sulina, 2017, p. 119 ”“ 159.

GALVÃO, Maria Rita. Crônica do cinema paulistano. São Paulo: Ática, 1975.______. “Jogo de Armar: Anotações de catalogador” . Vivomatografías. Revista de estudios sobre precine y cine silente en Latinoamérica. v. 4, n. 4, p. 167-187, dic. 2018(a). Disponível em <http://www.vivomatografias.com/index.php/vmfs/article/view/189> Acesso em 30/01/2019.

GALVÃO, Maria Rita. “Jogo de armar. Decupagem comentada de Os óculos do vovô (Francis-co Santos, 1913)”. Vivomatografías. Revista de estudios sobre precine y cine silente en Latinoamérica. v. 4, n. 4, p. 188-217, dic. 2018(b). Disponível em <http://www.vivomatografias.com/index.php/vmfs/article/view/191>, Acesso 30/01/2018. GALVÃO, Maria Rita. “Os óculos do vovô (Francisco Santos, 1913). Descrição plano-a-plano.” Vivomatografías. Revista de estudios sobre precine y cine silente en Latinoaméri-ca. v. 4, n. 4, p. 218-223, dic. 2018(c). Disponível em http://www.vivomatografias.com/index.php/vmfs/article/view/193, acesso 30/01/2019.

GOMES, Paulo Emilio Salles. A expressão social dos filmes documentais no cinema mudo brasileiro (1898 ”“ 1930). In: CALIL, Carlos Augusto e MACHADO, Maria Teresa (orgs.). Paulo Emilio: um intelectual na linha de frente. São Paulo/Rio de Janeiro: Brasiliense/Embrafilme, 1986, p. 323 ”“ 330.

GOMES, Paulo Emilio Salles. Cinema: trajetória no subdesenvolvimento. In: Cinema: trajetória no subdesenvolvimento. São Paulo, Paz e Terra/Embrafilme, 1980 [1973], p. 67 ”“ 87.

GOMES, Paulo Emilio Salles. Pequeno Cinema Antigo. In: Cinema: trajetória no subdesenvolvimento. São Paulo, Paz e Terra/Embrafilme, 1980 [1969], p. 11 ”“ 24.

MORETTIN, Eduardo. Dimensões históricas do documentário brasileiro no período silencioso. In: MORETTIN, Eduardo; NAPOLITANO, Marcos; KORNIS, Mônica (org.). História e Documentário. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2012, p. 11 ”“ 43.

MORETTIN, Eduardo. “Maria Rita Galvão, historiadora”. Vivomatografias. Revista de estudos sobre precine y cine silente en Latinoamérica. Vol. 4, n. 4, p. 155 ”“ 166, dic. 2018. Disponível em: http://www.vivomatografias.com/index.php/vmfs/article/view/187, acesso em 30/01/2019.

MORETTIN, Eduardo; XAVIER, Ismail. “La critique cinématographique au Brésil et la question du sous-développement économique: du cinéma muet aux années 1970. 1895.” Revue d’histoire du cinéma. Paris, n. 77, p. 9 ”“ 31, hiver 2015.

PÓVOAS, Glênio. “Confusões, entraves, desafios na história da Fábrica Gua-rany”. In: GUTFREIND, Cristiane Freitas; GERBASE, Carlos (orgs.). Cinema gaú-cho: diversidades e inovações. Porto Alegre: Sulina, 2009, p. 17 ”“ 38.

RUBIRA, Luís. “Apresentação.” Almanaque do Bicentenário de Pelotas (vol. 1). In: RUBIRA, Luís (org.). Almanaque do Bicentenário de Pelotas. v. 1. Santa Maria/RS: PRÓ-CULTURA RS / Gráfica e Editora Pallotti, 2012, p. 33 ”“ 68.

RUBIRA, Luís (org.). Almanaque do Bicentenário de Pelotas. v. 2. Santa Maria/RS: PRÓ-CULTURA-RS Gráfica e Editora Pallotti, 2014.

SANTOS, Klécio. “O reino das sombras palcos, salões e o cinema em Pelotas (1896-1970”). In: RUBIRA, Luís (org.). Almanaque do Bicentenário de Pelotas. v. 2 . Santa Maria/RS: PRÓ-CULTURA-RS Gráfica e Editora Pallotti, 2014, p. 189 ”“ 224.

SANTOS, Yolanda Lhullier dos; CALDAS, Pedro Henrique. Francisco Santos. Pio-neiro no cinema do Brasil. Pelotas, RS: Edições Semeador, 1995.

SOUZA, Carlos Roberto. “Estratégias de sobrevivência”. In: PAIVA, Samuel e SCHVARZMAN, Sheila (orgs). Viagem ao cinema silencioso do Brasil. Rio de Janei-ro: Beco do Azougue, 2011, p. 14 ”“ 28.

SOUZA, Carlos Roberto. “Riso amargo”. Recine, v. 9, n. 9, p. 14 ”“ 19, dez. 2012TRUSZ, Alice. “A produção cinematográfica no Rio Grande do Sul (1896 ”“ 1915)”. In: RAMOS, Fernão e SCHVARZMAN, Sheila (orgs.). Nova história do cinema brasileiro. Vol. 1. São Paulo, Edições Sesc São Paulo, 2018, p. 52 ”“ 89.

Downloads

Publicado

2019-05-14

Como Citar

Morettin, E. (2019). Gênero e montagem em Os óculos do vovô (Francisco Santos, 1913): anotações de um historiador. Museologia &Amp; Interdisciplinaridade, 8(15), 15–29. https://doi.org/10.26512/museologia.v8i15.24664

Edição

Seção

Dossiê Cinema, Museu e Patrimônio