Programa Nacional de Patrimônio Imaterial e Museu

apontamentos sobre as estratégias de articulação entre processos de Patrimonialização e Musealização

Autores

  • Elizabeth Mendonça

DOI:

https://doi.org/10.26512/museologia.v4i8.16906

Palavras-chave:

Patrimonialização. Musealização. Museu. Programa Nacional de Patrimônio Imaterial. Políticas Públicas para a área da cultura.

Resumo

No âmbito do Programa Nacional de Patrimônio Imaterial, observam-se a utilização de procedimentos de Musealização como instrumento de Patrimonialização. Nos Planos de Salvaguarda executados ou vigentes, entre 2002 e 2013, dentre os processos de Patrimonialização de 29 bens dez resultaram em ações de cunho museológico – dentre elas a proposta de criação do Museu do Samba (em andamento). O objetivo é analisar as estratégias de articulação entre os processos de Patrimonialização e de Musealização na proposta inicial de criação desse Museu, visando refletir sobre o papel dos museus no âmbito das políticas destinadas a bens imateriais. Tal reflexão torna-se relevante porque, em última instância, aborda os museus como equipamento cultural no cenário das políticas públicas federais para bens imateriais

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-12-09

Como Citar

Mendonça, E. (2015). Programa Nacional de Patrimônio Imaterial e Museu: apontamentos sobre as estratégias de articulação entre processos de Patrimonialização e Musealização. Museologia & Interdisciplinaridade, 4(8), 88 - 106. https://doi.org/10.26512/museologia.v4i8.16906

Edição

Seção

Dossiê - Patrimônio