Modelos de cuidados de longa duração para idosos em países capitalistas centrais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/sersocial.v23i49.31344

Palavras-chave:

Idoso. cuidados de longa duração. seguridade social.

Resumo

O aumento da longevidade e do envelhecimento populacional faz parte de uma grande conquista nas sociedades contemporâneas, apesar das contradições, especialmente da ausência e/ou déficit de condições necessárias para atendimento digno que a idade exige. Neste sentido, o artigo analisa os princípios e a atuação dos modelos de seguridade social liberal, social-democrata e conservador na provisão de cuidados aos idosos em países capitalistas centrais. O estudo é qualitativo e resulta da combinação entre pesquisas bibliográfica, documental e de campo. Para a classificação dos modelos de bem-estar social, utilizou-se a estrutura conceitual elaborada por Gosta Esping-Andersen (1990). Foi possível identificar como a atuação na provisão de cuidados, de curta ou longa duração aos idosos, varia significativamente de acordo com os modelos de bem-estar social, e que os serviços de longa duração vêm sofrendo com as ofensivas neoliberais de mercantilização, subfinanciamento, desfinanciamento e desmonte do sistema de bem-estar social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Corrêa, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

Formação Profissional:

Graduação em Economia Doméstica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e em Tecnologia em Petróleo e Gás pela Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO).

 

Títulos Acadêmicos:

Graduação em Economia Doméstica e Tecnologia em Petróleo e Gás

 

Cargo e Instituição a qual está vinculado:

Pesquisadora do projeto de pesquisa intitulado ‘Desafios do enfrentamento da aids em Pernambuco, em tempos de ajuste neoliberal e desmonte do Sistema Único de Saúde’ pelo Departamento de Serviço Social ”“ Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da UFPE.

 

Endereço Profissional Completo:

Universidade Federal de Pernambuco - Departamento de Serviço Social ”“ na Avenida dos Economistas s/n. Cidade Universitária. CEP 50740-590

 

Telefone: 81 - 997789774

E-mail: luana.c.87@hotmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/5679456712746207

Joseana Saraiva, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Formação Profissional:

Graduação em Economia Doméstica pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Mestre em Nutrição e Doutora em Serviço Social pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

 

Títulos Acadêmicos:

Graduação em Economia Doméstica;

Mestre em Nutrição;

Doutora em Serviço Social.

 

Cargo e Instituição a qual está vinculado:

Professora Associada da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) ”“ Departamento de Ciências do Consumo.

 

Endereço Profissional Completo:

Universidade Federal Rural de Pernambuco - Departamento de Ciências do Consumo ”“ na Dom Manoel de Medeiros s/n° Dois Irmãos 52171030 - Recife, PE ”“ Brasil.

 

Telefone: 81 ”“ 99142-5427

E-mail: joseanasaraiva@yahoo.com.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/2009197399132834

Evandro Barbosa-Filho, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

Formação Profissional:

Graduação em Serviço Social pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Mestre e Doutor em Serviço Social também pela Universidade Federal de Pernambuco, com Estágio Doutoral no Exterior realizado No Programa de Pós-Graduação em Sociologia da University of Cape Town ”“ UCT, África do Sul. Atualmente é pós-doutorando, com bolsa PNPD ”“ CAPES/FACEPE, atuando como docente colaborador e pesquisador do Programa de Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da UFPE.

 

Títulos Acadêmicos:

Graduação em Serviço Social;

Mestrado em Serviço Social;

Doutorado em Serviço Social.

 

Cargo e Instituição a qual está vinculado:

Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (Mestrado e Doutorado) - Departamento de Serviço Social ”“ Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da UFPE.

 

Endereço Profissional Completo:

Universidade Federal de Pernambuco - Departamento de Serviço Social - Avenida dos Economistas s/n. Cidade Universitária. CEP 50740-590

 

Telefone: 81 ”“ 99635-8133

E-mail: evealves85@yahoo.com.br

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0732419257681948

Emanoel Feitosa, Universidade Federal do Ceará - UFC

Formação Profissional:

Graduando em Medicina

 

Títulos Acadêmicos: ---

 

Cargo e Instituição a qual está vinculado:

Estudante de Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC)

 

Endereço Profissional Completo:---

 

Telefone: 85 - 98219-0006

E-mail: emanuelscfeitosa@gmail.com

Lattes: http://lattes.cnpq.br/8598542944758082

Referências

ARNTZ, M. et al. The German Social Long-Term Care Insurance: Structure and Reform Options. IZA Discussion Paper, Germany, n. 2625, p. 1-29, feb. 2007.

BENEVIDES, C. do V. Um estado de bem-estar social no Brasil? 2011. Dissertação (Mestrado em Economia). Rio de Janeiro: Universidade Federal Fluminense, 2011.

BORN, T.; BOECHAT, N. S. A qualidade dos cuidados ao idoso institucionalizado. In:

FREITAS, E. V. de; PY, L. (Orgs.). Tratado de Geriatria e Gerontologia. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006, p. 2062-2070.

BURRIEZA, A. F. La protección constitucional de las personas mayores. JORNADAS LOS MAYORES ANTE EL DERECHO, 2003, Universidade de Salamanca. Disponível em: <https://www.icasal.com/23355/activos/texto/wicas_test2_pdf_23355-amztZBif8KOBqcyf.pdf>. Acesso em: 12/03/2020.

CARVALHO, M. I. L. de. Modelo de Política de cuidados na velhice em Portugal. In: BERZINS, M. V.; BORGES M. C. (Orgs.). Políticas Públicas para um país que envelhece. São Paulo: Martinari, 2012, p. 271-300.

CENTRO INTERNACIONAL SOBRE O ENVELHECIMENTO. Um em cada seis idosos está em risco de pobreza em Espanha. Espanha: CENIE, 2019. Disponível em: <https://cenie.eu/pt/noticias/um-em-cada-seis-idosos-esta-em-risco-de-pobreza-em-espanha>. Acesso em: 9/01/2020.

ESPING-ANDERSEN, G. The three worlds of welfare capitalism. Grã-Bretanha: Polity Press, 1990.

EUROPEAN COMMISSION. Families, Work and Social Care in Europe: A qualitative study of care arrangements in Finland, France, Italy, Portugal and the UK. Luxembourg. Brussels, 2004. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/283541538_Families_Work_and_Social_Care_in_Europe/link/563ddcf608ae45b5d28be852/download>. Acesso em: 29/01/2020.

HERRERA, L. E.; GÓMEZ, J. Á. R. Situaciones de dependencia en personas mayores en las residencias de ancianos en España. ENE Revista de Enfermería, Santa Cruz de La Palma, v. 9, n. 2, 2015. Disponível em: <http://ene-enfermeria.org/ojs/index.php/ENE/article/view/546>. Acesso em: 20/03/2020.

KERSTENETZKY, C. L. Políticas Sociais: focalização ou universalização? Revista de Economia Política, v. 26, n. 4, p. 564-574, out/dez. 2006.

KERSTENETZKY, C. L.; GUEDES, G. P. O Welfare State resiste? Desenvolvimentos recentes do estado social nos países da OCDE. Ciência e Saúde Coletiva, v. 23, n. 7, p. 2095-2106, jul./2018.

PASINATO, M. T. de M.; KORNIS, G. E. M. A inserção dos cuidados de longa duração para idosos no âmbito dos sistemas de seguridade social: experiência internacional. In: CAMARANO, A. A. (Org.). Cuidados de longa duração para a população idosa: um novo risco social a ser assumido? Rio de Janeiro: Ipea, 2010, p. 39-67.

POLLO, S. H. L.; ASSIS, M. de. Instituições de longa permanência para idosos (Ilpis): desafios e alternativas no município do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 11, n. 1, p. 29-43, jan/abr. 2008.

SANCHES, M. Políticas de atenção às pessoas idosas na Espanha – A Lei de Dependência. In: BERZINS, M. V.; BORGES, M. C. Políticas Públicas para um país que envelhece. São Paulo: Martinari, 2012, p. 253-270.

SANTOS, Á. da S.; KARSCH, Ú. M.; MONTAÑÉS, C. M. A rede de serviços de atenção à saúde do idoso na cidade de Barcelona (Espanha) e na cidade de São Paulo (Brasil). Serviço Social & Sociedade, n. 102, p. 365-386, abr/jun. 2010.

STATISTA. Population of germany as of december 31, 2018, by age group. Nova York, 2019. Disponível em: <https://www.statista.com/statistics/454349/population-by-age-group-germany/ Acesso em: 9/01/2020.

UNITED STATES CENSUS BAREAU. A changing nation: population projections under alternative immigration scenarios. Population estimates and projections. United States of America, 2020. Disponível em: <https://www.census.gov/content/dam/Census/library/publications/2020/demo/p251146.pdf>. Acesso em: 13/02/2020.

WILMOTH, J. Arranjos de vida de idosos nos Estados Unidos. Sociologias, v. 4, n. 7, p. 136-155, jan/jun. 2002.

Downloads

Publicado

07/30/2021

Como Citar

CORRÊA, Luana; SARAIVA, Joseana; BARBOSA-FILHO, Evandro; FEITOSA, Emanoel. Modelos de cuidados de longa duração para idosos em países capitalistas centrais. SER Social, [S. l.], v. 23, n. 49, p. 451–472, 2021. DOI: 10.26512/sersocial.v23i49.31344. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/SER_Social/article/view/31344. Acesso em: 24 fev. 2024.