Resistências e Concepções para a Gestão e Promoção de Qualidade de Vida e Saúde no Trabalho

Palavras-chave: Resistências à inovação; Concepções vividas; Qualidade de Vida no Trabalho; Servidor público; Análise qualitativa interpretativa

Resumo

No contexto organizacional do mundo atual percebem-se consequências negativas advindas das transformações aceleradas presentes na produção de bens e serviços, precarizando o trabalho. Para propiciar a Qualidade de Vida Trabalho- QVT e estimular bem-estar no ambiente laboral são elaboradas ações pelas áreas de gestão de pessoas e de saúde ocupacional que nem sempre são bem-sucedidas. Esse insucesso parece estar vinculado ao fenômeno da resistência dos usuários a novos programas ou serviços ofertados em uma instituição. Por ser recente a promoção de QVT no Serviço Público Federal, as ações condizentes a uma política de promoção e proteção à saúde do trabalhador significam uma inovação na instituição pesquisada. Visto que tal promoção a QVT constitui um novo tipo de serviço a ser ofertado, para efetivá-la cabe romper resistências ou barreiras surgidas seja em variáveis situacionais ou individuais da organização. Para tanto, se evidenciar concepções sobre QVT decorrentes da vivência quotidiana dos servidores e, identificar as resistências por eles percebidas na adoção desses programas, serve como ponto de partida para subsidiar a formulação de estratégias de rompimento dessas barreiras. Foram reveladas quatro concepções e quatro resistências que se recomenda considerar para uma efetiva implantação das ações de promoção da QVT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Quiroz Villardi, UFRRJ

Formação Profissional: Bacharel em Administração de Empresas Públicas e Privadas (Universidade Federal Rural de Rio de Janeiro).Títulos Acadêmicos: Doutora em Administração de Empresas, com Estágio Pós Doutoral realizado sob o Edital Capes ColCiencias (Universidade Simón Bolívar, Colômbia); Mestre em Administração na Área de Concentração Planejamento e Organizações (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro); Cargo e Instituição a qual está vinculado: Professora Doutora Associado II no Departamento de Administração Pública da Universidade Federal Rural Do Rio de Janeiro no qual atua como Membro do Núcleo Docente Estruturante. Professora docente permanente do Mestrado em Gestão e Estratégia – MPGE da UFRRJ. Endereço Profissional Completo: Rodovia BR 465, Km 07, s/n Zona Rural, Seropédica - RJ, 23890-000, Telefone: (21) 2681-4600

E-mail: rbvillardi@hotmail.com.

Publicado
2019-09-30
Como Citar
1.
Di PalmaVADPA, Villardi BQ. Resistências e Concepções para a Gestão e Promoção de Qualidade de Vida e Saúde no Trabalho. Rev. G&S [Internet]. 30º de setembro de 2019 [citado 15º de outubro de 2019];10(3):343 -361. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/26356
Seção
Artigos Originais